O que é midorexia?

· setembro 11, 2018

A idade e a concepção que temos dela – se nos sentimos mais velhos ou mais jovens – influencia nossa maneira de pensar e de agir, assim como a maneira como nos vemos. Diante disso, a midorexia é um “problema” segundo o qual algumas pessoas sofrem uma crise de autoestima que as leva a tentar preservar sua juventude.

Segundo Daniela Carrasco, professora da Universidade Diego Portales, no Chile, a midorexia não surge isoladamente, mas em um contexto que a promove. Assim, provavelmente devido aos preconceitos da sociedade ocidental, esse transtorno afeta mais (ou de uma maneira mais impressionante) as mulheres entre 40 e 50 anos que tentam viver uma segunda juventude focando em sua aparência física.

A midorexia e o lazer

A midorexia faz com que uma pessoa tente conservar sua juventude o máximo possível. Essa atitude faz com que, em muitos casos, as mudanças que ela tenta implantar ao longo de sua vida vão além da sua aparência física.

Portanto, essas pessoas podem se dedicar a fazer planos associados a pessoas mais jovens, como a escolha de bares e restaurantes com um público de outra faixa etária, alterações na forma como se relacionam com seus amigos, ou a organização de uma viagem com muitas atividades ou improviso.

Mulher feliz após a menopausa

Os aspectos positivos da midorexia

Embora, a princípio, a midorexia possa parecer algo negativo, como um distúrbio de uma pessoa que não aceita sua própria idade e que resiste ao envelhecimento, ela também tem alguns efeitos colaterais mais favoráveis.

Nesse sentido, a midorexia pode fazer com que uma pessoa viva uma segunda juventude, ao não deixar a idade servir como desculpa para deixar de aproveitar o seu dia a dia. Portanto, o esforço para manter um estilo de vida mais jovem pode nos ajudar a não ficar presos a um estilo de vida que seja estável demais e, talvez, entediante.

É assim que a midorexia pode nos ajudar a superar algumas barreiras psicológicas associadas ao envelhecimento, nos fazendo embarcar em experiências que muitas pessoas não se atreveriam a tentar por se considerarem muito velhas.

Nesse sentido, podemos, por exemplo, fazer viagens a lugares exóticos ou praticar esportes arriscados, independentemente de termos ou não a “idade certa” para isso.

Por outro lado, outro benefício interessante da midorexia é a possibilidade de construir amizades entre gerações. A prática de hábitos de pessoas mais jovens pode nos ajudar a descobrir as coisas que temos em comum com indivíduos pertencentes a gerações diferentes da nossa.

Isso também nos permitirá conhecer melhor essas pessoas, podendo entender os membros mais jovens de nossa família, como nossos filhos, sobrinhos, e até mesmo netos.

Os benefícios da midorexia na terceira idade

Finalmente, há alguns benefícios interessantes relacionados à midorexia nas pessoas mais velhas. Quando uma pessoa mais velha quer se sentir mais jovem, uma prática comum é começar a praticar um esporte.

Isso, é claro, pode trazer grandes benefícios para a saúde, uma vez que muitas pessoas mais velhas caem no estilo de vida sedentário, o que pode aumentar suas limitações físicas reais, além de torná-las mais vulneráveis ​​a algumas doenças.

Mulher meditando na terceira idade

Por outro lado, muitos idosos decidem passar por uma transformação digital e integrar em seu dia a dia as novas tecnologias. Isso os leva a usar as redes sociais ou ter a Internet como uma ferramenta regular de consulta.

Portanto, embora seja importante estarmos cientes da idade que temos, também é importante saber que, na verdade, a idade não deixa de ter um ponto de relatividade. Exceto pelas possíveis limitações que podem ser decorrentes da deterioração física, ter 50 ou 60 anos não deve ser uma barreira para aproveitar a vida, independentemente do que diz a nossa certidão de nascimento.

Além disso, devemos considerar que a expectativa de vida aumentou consideravelmente nos últimos anos, por isso devemos tentar manter um espírito jovem pelo maior tempo possível. A midorexia, portanto, pode nos trazer mais benefícios do que aspectos negativos, nos permitindo desfrutar das atrações da juventude e evitar as barreiras da idade.