O mundo passa por uma nuvem negra

· novembro 11, 2016

Estamos sendo dominados por uma massa injusta, fútil e barata no mundo em que vivemos. Por isso ando sem paciência para interações forçadas, papo furado e gente vazia.

Com tanto para nos preocuparmos, o que predomina é uma batalha triste de egos. Quem pode mais, quem tem mais, quem ”é” mais do que o outro. Exibicionismo, narcisismo, futilidade aguda, são alguns dos pontos marcantes de uma geração que não aceita a possibilidade de imperfeição.

pessoas egocêntricas no mundo

‘Filtramos’ nossa alma, nossa essência, a cada foto modificada para satisfazer uma audiência de amigos virtuais, críticos hipócritas, e mentes alienadas.

Nosso valor, nossa popularidade, beleza e inteligência são julgados por quantas curtidas, comentários e compartilhamentos recebemos em nossas redes sociais. Eu não sei você, mas eu acho isso triste e decadente.

Devemos nos aceitar como somos, tentar ser melhores do que ontem e competir apenas com nossas limitações. Não se compare a ninguém porque você é único, não tente agradar para ser aceito, porque isso é missão impossível.

Preocupe-se mais em ter conteúdo do que ser um produto. Ter um corpo bonito é bacana e está na moda, mas não há nada mais sexy do que a inteligência e a sabedoria. A simplicidade de uma alma verdadeira é a mais pura forma de elegância.

pessoas que só pensam em si

O homem comum fala, o sábio escuta, o tolo discute

Não se afogue nessa onda de banalidades, seja você, seja original, seja verdadeiro, some na vida das pessoas, faça a diferença no mundo e lembre-se: suas crenças não o definem. O que você fala que é ou não é também não, mas o seu comportamento, a sua postura, a energia que você dissemina, esses sim dizem muito a seu respeito.

Seja uma influência positiva na vida daqueles que o cercam, entre na corrente do bem e espalhe a luz por onde for.

Eu, você, eles, nós, só precisamos de um pouco mais de amor.