'No Meu Coração Pequenino': uma história sobre as emoções infantis

‘No Meu Coração Pequenino’: uma história sobre as emoções infantis

novembro 1, 2017 em Livros 4 Compartilhados
No Meu Coração Pequenino - Um livro que vale a pena conhecer

‘No Meu Coração Pequenino’ é um livro de Jo Witek que dá voz às emoções e aos sentimentos das crianças. A suas belas ilustrações e a simplicidade das suas palavras formam um belo coquetel para que as crianças reconheçam os seus sentimentos de várias formas e com muitas cores.

A alegria, a tristeza, a calma, a raiva, o medo… Todas as emoções que as crianças a partir de 3 anos já reconhecem e podem expressar estão incluídas nesta bela obra. Aproveitando a profundidade da mensagem, a história fica ainda mais terna e emocionante quando contada pelas crianças da casa.

Entender o que acontece ‘no meu coração pequenino’

Neste livro  podemos perceber o quanto o mundo infantil é colorido e intenso. Podemos ler frases como: “Meu coração é como uma pequena casa. Dentro dela acontecem muitas coisas… e estão todas bagunçadas. Há risos barulhentos e dias com chuva, muitos aborrecimentos e desejo de saltar com um pé só. Hoje vou abrir a porta do meu coração para convidá-lo a entrar. Quando estou contente meu coração parece uma grande estrela brilhante que não para de sorrir”.

Como vemos, é uma linguagem muito próxima que, juntamente com a maravilhosa ideia de que são as crianças que dizem isso, é uma ótima ferramenta para ensinarmos os nossos filhos a comunicarem as suas emoções e sentimentos.

Educação emocional para as crianças

Deixar que as crianças brinquem com a expressão e a verbalização das suas emoções e sentimentos é a primeira e mais importante tarefa para desenvolver as suas habilidades intra e interpessoais. Embora à primeira vista pareça muito complicado, talvez porque não tenhamos habilidade em gerenciar as nossas próprias emoções, o fato é que trabalhando com as crianças também teremos a oportunidade de melhorar.

O primeiro passo é tomar consciência das emoções. Por exemplo, podemos pegar as fotos de várias crianças, mostrar e perguntar aos nossos filhos sobre o eles acham que as crianças da foto estão sentindo. Também podemos pedir que desenhem rostos que representem uma pessoa que está sentindo uma determinada emoção ou que contem histórias relacionadas às diferentes emoções.

Uma vez que as crianças tomam consciência de quando e como elas e as outras pessoas expressam as suas emoções, podemos ajudá-las a encontrar diferentes formas de expressá-las corretamente para evitar conflitos mais graves. Podemos ajudá-las a manter um diário de emoções, a se identificarem com um balão quando ficam com raiva, a relaxar através da respiração, a pensar positivamente, a deter os seus pensamentos negativos, etc.

Desenho de mãe com sua filha pequena

Existem outras habilidades indispensáveis que lhes permitem relacionar-se com os outros e fortalecer a sua autoestima. As crianças precisam saber que elas têm o direito de dizer ‘não’ quando não gostam de algo, que não é bom espalhar boatos, que devem sempre tentar se colocar no lugar do outro e tentar mostrar aos outros a necessidade de se colocarem no nosso lugar, etc.

Em consonância com isso, não podemos esquecer as habilidades de autonomia pessoal, pois são elas que lhes permitirão administrar sua vida. Uma criança precisa saber quem é, como destacar o seu lado bom e identificar o que precisa melhorar. Além disso, ela precisa saber cuidar de si mesma e se amar.

É por isso que os diários, os álbuns de recordações, as brincadeiras saudáveis e livros como ‘No Meu Coração Pequenino’ são de vital importância. Dessa forma, elas podem se retratar com respeito e entender que a amizade é uma flor que deve ser cuidada por ambas as partes.

Isso permitirá que elas cresçam plenas de autocompreensão, com uma atitude proativa em relação às tarefas, com uma lista de eventos agradáveis guardados na sua memória, com a garantia de viverem cercadas por pessoas maravilhosas que a ajudarão a aproveitar a vida. E tudo isso começa quando elas compreenderem o que acontece em seu coração.

Recomendados para você