O otimismo é uma qualidade inata ou aprendida? – A mente é maravilhosa

O otimismo é uma qualidade inata ou aprendida?

Fevereiro 20, 2015 em Emoções 1 Compartilhados

Ser una pessoa otimista vai muito além de ter uma personalidade alegre ou divertida. O otimismo é um hábito de pensamento que nos permite ver o lado positivo de tudo aquilo que nos rodeia ou das situações pelas quais temos que passar.

O que NÃO é otimismo

O verdadeiro otimista não é aquela pessoa sonhadora que vive fantasiando. Não significa ver absolutamente tudo “cor de rosa”, sem se importar com as consequências e sem razão alguma, ou sem aceitar a realidade como ela é.

Uma pessoa otimista pode ver e reconhecer perfeitamente as dificuldades, mas não se afoga nelas, e as considera uma oportunidade para mudar, melhorar e crescer. Uma pessoa otimista é confiante e está convencida de que cada problema representa novas possibilidades.

Mesmo que o otimismo esteja muito relacionado ao bom humor, as duas coisas não são exatamente o mesmo. O otimismo é um hábito de pensamento positivo. Etimologicamente, o otimismo está definido como a tendência a esperar e ver o lado positivo das coisas.

Aonde conduz o pessimismo

Uma pessoa pessimista não está aberta às mudanças, diminui a autoestima, sepulta as possibilidades de transformação e não sabe valorizar os sucessos adquiridos em quaisquer áreas da existência. O pessimista tem problemas para desfrutar, pois sempre estará pendente daquilo que falta, a “metade vazia do copo”.

Vantagens do otimismo

Conforme o estudo realizado pelo psicólogo Martin Seligman, tanto com adultos quanto com crianças, as pessoas otimistas são menos propensas a sofrer de depressão, geralmente têm mais sucesso nos âmbitos educativos e laborais e apresentam um melhor estado de saúde.

Pode-se aprender a ser otimista?

O otimismo representa uma verdadeira qualidade da inteligência emocionalEste hábito de pensamento positivo pode-se aprender, ou não, desde criança no núcleo familiar, quando incentivado pelo entorno do lar. Aliás, é muito comum que os filhos tenham a mesma visão da vida que seus pais ou familiares, seja com uma tendência maior ao pessimismo ou ao otimismo.

Ser otimista significa manifestar uma atitude positiva frente à realidade; é um estado de ânimo que, sem dúvidas, devemos e podemos cultivar. O otimismo permite valorizar as nossas melhores qualidades e as dos outros, sem exageros nem julgamentos extremos. Trata-se simplesmente de ver as coisas como elas são, colocando cada erro e inconveniente em seu lugar, somente isso.

E a sua tendência, qual é?

É muito importante para cada um de nós descobrirmos qual é a nossa tendência quanto à forma de pensar e de ver a realidade. No caso de percebermos uma tendência ao derrotismo e ao pessimismo, devemos nos reeducar para pôr em prática o pensamento positivo.

Quando alguém já apresenta um hábito de pensamento muito arraigado, é lógico que mudá-lo não será fácil, mas também não será impossível. Sempre temos tempo de mudar, melhorar e alcançar uma maior plenitude na vida.

Imagem por cortesia de D. Sharon Pruitt

Recomendados para você