Onde há lágrimas, há esperança

· setembro 22, 2017

Onde há lágrimas, há esperança. Tudo o que nos machuca, que nos muda, também nos faz crescer e lutar. Tudo o que nos aflige nos ensina o valor dos sorrisos, das carícias e dos bons momentos. Os maus momentos nos ensinam a buscar a força necessária para mudá-los.

Se houver lágrimas, pode haver motivação para a mudança e para procurar algo melhor. Não há melhor combustível do que aquele que emana da tristeza mais profunda, que penetra até os ossos e nos faz perder o fôlego. Porque na vida, os momentos mais tristes precedem as melhores mudanças; nos empurram para saltos no vazio carregados de medo e incerteza, mas que nos trarão grandes benefícios.

Onde há lágrimas, há esperança, há força, há caráter e sentimento com o coração. Esse é o motivo do seu surto. Cada lágrima serve como um impulso e é uma forma de tocar o fundo do poço para nos apoiarmos na força que nos empurra de volta para construirmos algo melhor.

Dizem que só aquele que conheceu a tristeza e chorou com todas as suas forças conhece a grandeza do ser humano.

Onde há lágrimas, há esperança, há vida

Onde há lágrimas, há vida brotando do nosso interior e, portanto, esperança para continuar lutando por algo melhor. Lembre-se de que, assim como a água nos dá a vida, as lágrimas nos ajudam a conhecer os pontos fortes do nosso coração.

Olho chorando lágrimas congeladas

Por isso a tristeza é necessária para conhecermos o nosso próprio valor. Porque as lágrimas não agem como a chuva sobre a rocha, elas não corroem o nosso interior, mas nos dão a coragem necessária para que possamos ver o sol depois da tempestade.

O arco-íris só aparece depois de uma tempestade e se não permitirmos que a chuva nos impeça de ver além da nossa tristeza. As coisas mais bonitas da vida, que mais nos lembramos, são justamente aquelas que pareciam impossíveis, mas conseguimos porque não nos rendemos à nossa tempestade interior.

Posso sobreviver aos furacões das reprovações, aos relâmpagos do medo e aos trovões da dor, mas somente se depois da chuva eu conseguir encontrar forças para ver o sol.

Vamos aprender a usar o guarda-chuva, soltar, chorar, gritar e expressar o que estamos sentindo quando for necessário. Aprenda a tirar forças das suas emoções e liberte a sua realidade interior. Porque não há nada de errado em ser humano, não há nada de errado em expressar uma emoção.

Onde há lágrimas, há uma oportunidade de aprender

Então, como não há nada de errado em expressar uma emoção, por que não a aproveitamos para aprendermos e nos tornarmos uma pessoa melhor? Assim como nos surpreendemos com o que podemos fazer quando nos conhecemos e ouvimos a nossa dor.

Nada é o que parece e, assim como um sorriso pode esconder a tristeza mais profunda, atrás das lágrimas podem se esconder oportunidades, sonhos e alegrias. Não se deixe levar pelas aparências, não abaixe a cabeça na tristeza.

Mulher chorando lágrimas azuis

É preciso aprender a ouvir as nossas lágrimas para unir forças com elas e buscar a mudança que desejamos. Vamos decifrar o seu significado para percebermos o que nos incomoda, eliminar das nossas vidas o motivo dessas lágrimas e, se não for possível dizer adeus, construir uma ponte para todo o aprendizado que elas nos trazem.

Não se esqueça de que quando expressamos os nossos sentimentos, sempre haverá um ombro amigo para nos apoiar e um abraço que nos abriga e nos dá amor. Depois das fortes tempestades, sempre há momentos de calma, tranquilidade e tempo para pensar. Quando há lágrimas, há esperança, porque por trás de cada motivo para chorar, há uma porta aberta para que tudo possa mudar.