Palavras perdidas – A mente é maravilhosa

Palavras perdidas

junho 17, 2015 em Emoções 0 Compartilhados

Quando a vi, me dei conta de que sempre a procurei,

Sem querer, uma busca inconsciente

Tirei suas roupas com um olhar e tornei a vesti-la

Três ou quatro vezes, meu amor.

E esse pôr e tirar deixou um vazio na minha pele

Imaginando-a deitada na cama, as palavras sumiram da minha mente

Como acontece com quem transcende a vida e se torna maior.

E nesse momento, decidi que seria um explorador.

E eu me transformei para lhe conquistar

Um outro eu, para sempre

Inocente, queria pecar contigo, para ganhar o fogo eterno.

Eu não tinha ideia como ia lhe dizer

Assim imaginei mil maneiras

Conhecidas e desconhecidas

E no final fiquei confuso.

Eu comprei um pincel e recortei uma cartolina,

E pensei dar-lhe a forma de um coração

Mas deixaria de ser eu, para ser outro

E temi que me descobrisse.

Pelo interesse

Interessado em seu amor

Juntei você, destino e coração.

E lhe entreguei envergonhado,

Valente, porém, sem saber se podia convencê-la de que havia nascido para mim

E a sua voz suave; eu tinha que ser delicado

Me diriam palavras perdidas.

Lhe entreguei e você me olhou sem compreender,

Só percebeu o significado,quando viu o medo no meu rosto

Minhas mãos tremiam diante da dúvida do sim

Na tristeza de ouvir um não.

E agora?

Tudo ou nada, algo tão simples e absoluto,

Ser a pessoa mais feliz ou a mais estúpida,

Sentir-me inadequado e oprimido.

Estou apaixonado, você sabe.

Não pude esperar pela resposta, um vento frio e estranho me invadiu,

Previsível, mas desconhecido

Como o vento que sopra à beira do abismo.

Não haviam mais margaridas para desfolhar,

Nem olhares de soslaio, furtivos

Nenhum sonho, e agora?

Eu teria cometido o suicídio?

Por que colocar a realidade à prova, se o que existe por dentro

É um laço indestrutível, que quer impedir que se vá

…Caminhar com ele.

Abri a gaveta e coloquei a foto do nosso grupo

Mas eu só via você

E lhe dizia que a amava, porém, seu rosto não se movia

E era eu quem tinha que interpretar sua resposta.

No entanto, agora já tenho outra solução,

Aquela que antes de partir não tinha conseguido decifrar

Mas agora, na intimidade, será meu único passatempo

Até que você me dê uma resposta… e palavras.

Recomendados para você