Como identificar uma pessoa com inteligência emocional?

O que você deve procurar para saber se uma pessoa tem inteligência emocional? Algumas pistas podem ajudá-lo nesse sentido.
Como identificar uma pessoa com inteligência emocional?

Última atualização: 03 Setembro, 2021

Costuma-se dizer que 7 minutos são suficientes para perceber se estamos lidando com alguém muito inteligente. Agora, além do aspecto cognitivo ou do conhecimento armazenado, há outro aspecto de valor ao fazer esse julgamento. Como identificar uma pessoa com inteligência emocional? Como saber se estamos diante de uma mente hábil e eficaz quando se trata de lidar com esse universo psicológico tão relevante?

Salovey e Mayer (1990) já diziam em sua época que essa competência define quem tem a capacidade de expressar as emoções de forma adequada. Também envolve aqueles que adaptam seus pensamentos e comportamentos de forma eficaz, regulando primeiro seus universos psicofísicos.

Daniel Goleman indica que é mais fácil identificar uma pessoa com baixa inteligência emocional do que o contrário. Elas fazem mais barulho. São homens e mulheres com o comportamento de uma criança de 3 anos. Personalidades que se frustram rapidamente, que se deixam levar por impulsos e que têm sérios problemas para estabelecer relações sociais de qualidade.

De alguma forma, no nosso dia a dia encontraremos figuras com habilidades melhores ou piores. Vamos, portanto, analisar quais fatores devemos observar.

“Se você não consegue sentir suas emoções, se está desconectado delas, você as experimentará em um nível puramente físico, como um problema ou doença.”
-Eckart Tolle-

Amigos conversando animadamente

Aspectos importantes para identificar uma pessoa com inteligência emocional

Atualmente, temos várias ferramentas psicométricas para avaliar a inteligência emocional. Trabalhos de pesquisa, como os realizados na University of Queensland, destacam que entre o final dos anos 1990 e 2000 esse tipo de evidência começou a se proliferar. Todo mundo quer avaliar esse conjunto de características, tanto academicamente quanto no trabalho.

Agora, além desses instrumentos de avaliação, temos as nossas reais necessidades. Muitos de nós gostaríamos de ter em nosso meio pessoas hábeis nessa competência emocional. Seria ótimo perceber rapidamente se a pessoa por quem nos sentimos atraídos é competente no gerenciamento de emoções e habilidades sociais. Adoraríamos que nosso chefe fosse um grande líder nessa questão, por exemplo.

Vamos ver quais dimensões são importantes.

Comunicação eficiente: ouvir, ter empatia, compreender e responder

Existem grandes comunicadores com uma inteligência emocional terrível. Referimo-nos àqueles que são viciados em falar sobre si mesmos, em apresentar seus argumentos sem deixar espaço para comentários e outras opiniões. Em geral, eles podem nos deslumbrar no início com seus conhecimentos, mas tome cuidado. Um QI alto não importará se você não tiver um bom controle emocional.

Portanto, para identificar uma pessoa com inteligência emocional, as seguintes dimensões devem ser abordadas:

  • Trata-se de alguém que pratica a escuta ativa.
  • Argumenta suas idéias de maneira confiante e assertiva, mas respeitosa.
  • Leva nossas reações em consideração e nunca perde o contato visual.
  • É uma pessoa empática.
  • Entende o que estamos dizendo e oferece um feedback positivo e enriquecedor.

Nada nessas pessoas é imposto. Elas demonstram uma conexão empática em todos os momentos. A comunicação é dinâmica, fluida, respeitosa e caracterizada por uma grande harmonia e reciprocidade… Nos sentimos compreendidos em todos os momentos.

Eles experimentam raiva, tristeza, decepção, etc., mas sabem como regular suas emoções sem nos contagiar

É mais fácil identificar uma pessoa com inteligência emocional se testemunharmos como ela lida com uma situação complicada. Um problema no trabalho, uma discordância específica, uma decepção, um erro cometido… Algo que se supõe erroneamente é que as pessoas com essa habilidade são como “budas” de equilíbrio. Isso não é verdade.

A pessoa habilitada nesta capacidade experimenta e sofre o impacto das emoções de valência negativa. Porém, há algo que também iremos descobrir: eles não se deixam levar pelo que sentem. Eles raciocinam, trabalham e, acima de tudo, nunca sobrecarregarão os outros com esses estados mais complicados.

Como identificar uma pessoa com inteligência emocional: suas boas habilidades sociais

Boas habilidades sociais vão além de uma excelente capacidade de comunicação. Assim, para identificar uma pessoa com inteligência emocional, vale a pena prestar atenção a esses detalhes cruciais:

  • Eles sabem receber críticas e expressá-las sem ferir ninguém.
  • Eles lidam com a hostilidade de forma eficaz.
  • Eles são bons na resolução de problemas.
  • Eles lidam bem com a negatividade do ambiente.
  • Eles transmitem boas doses de positividade aos outros, independentemente de como se sentem.
  • Eles são bons negociadores.
  • Eles sabem se desculpar e cometer erros.
  • Eles são muito habilidosos e assertivos na defesa de seus próprios direitos e dos direitos dos outros.
Colegas de trabalho conversando

Eles fazem você se sentir confortável em todos os momentos

Existe uma chave simples para identificar uma pessoa com inteligência emocional: pergunte a si mesmo como ela te faz sentir. Se você percebe que é você mesmo o tempo todo, que se sente confortável e é livre para se expressar sem medo de ser julgado, você está com alguém especial.

A inteligência emocional tem o encanto sutil de criar ambientes altamente nutritivos nos quais todos nós crescemos. Crescemos em autoestima, em conectividade social, em respeito, em segurança. Nada é tão importante para um ser humano quanto encontrar alguém em quem confiar.

Isso não só permite que você regule suas próprias emoções para pensar e agir melhor, mas, acima de tudo, ajuda a harmonizar as relações sociais. Proporciona aquele material excepcional que é a confiança, saber estar sempre em sintonia com o que os outros sentem.

Pode interessar a você...
Inteligência emocional para o seu dia a dia
A mente é maravilhosaLeia em A mente é maravilhosa
Inteligência emocional para o seu dia a dia

A inteligência emocional é a capacidade de entender as próprias emoções e as dos outros de forma equilibrada, e de resolver os próprios problemas d...



  • Abe K, Evans P, Austin EJ, et al. Expressing one’s feelings and listening to others increases emotional intelligence: a pilot study of Asian medical students. BMC Med Educ. 2013;13:82. doi:10.1186/1472-6920-13-82
  • Gilar-Corbi R, Pozo-Rico T, Sánchez B, Castejón JL. Can emotional intelligence be improved? A randomized experimental study of a business-oriented EI training program for senior managers. PLoS One. 2019;14(10):e0224254. doi:10.1371/journal.pone.0224254
  • Hogeveen J, Salvi C, Grafman J. ‘Emotional Intelligence’: Lessons from Lesions. Trends Neurosci. 2016 Oct;39(10):694-705. doi: 10.1016/j.tins.2016.08.007. Epub 2016 Sep 17. PMID: 27647325; PMCID: PMC5807001.
  • Muyia HM. Approaches to and Instruments for Measuring Emotional Intelligence: A Review of Selected Literature. Advances in Developing Human Resources. 2009;11(6):690-702. doi:10.1177/1523422309360843
  • O’Connor, P. J., Hill, A., Kaya, M., & Martin, B. (2019). The Measurement of Emotional Intelligence: A Critical Review of the Literature and Recommendations for Researchers and Practitioners. Frontiers in psychology10, 1116. https://doi.org/10.3389/fpsyg.2019.01116