Pessoas que deixam pegadas, não cicatrizes

· setembro 16, 2015

Há pessoas que entram em nossas vidas e mudam tudo, pessoas pelas quais vale a pena parar, respirar e valorizar. Valorizar o que realmente importa. Os detalhes, as pequenas coisas, como a água do mar, as nuvens, um olhar daqueles que dizem tudo, a forma como eles sorriem, um abraço infinito misturado com o sal, com as mãos, despertando ao seu lado…

Há pessoas que são feitas de “aço inesquecível”, as pessoas que fazem com que tudo faça sentido, mesmo as coisas com as quais não nos importávamos antes de as conhecermos. São pessoas reais que marcam um “antes e depois” em nossas vidas e deixam sua marca em nossas memórias.

Há uma grande diferença entre deixar pegadas e cicatrizes

Há uma enorme diferença entre deixar pegadas e deixar uma cicatriz. As cicatrizes são sinais de danos, dores, feridas abertas, de emoções que precisam de limpeza e tratamento. As cicatrizes são marcas que não gostaríamos de ter, e que nos lembram que a dor poderia ter sido evitada.

As pegadas, por outro lado, são marcas e lembranças que sentimos na pele e na memória. As pegadas são benéficas, pois nos fazem reviver momentos de amor, de aprendizado e de crescimento.

mulher

Portanto, não importa a quantidade, mas sim a qualidade das pessoas que estão ao nosso redor. Se alguém nos fere sistematicamente, devemos considerar a limpeza do nosso entorno; focar melhor e deixar permanecer apenas os relacionamentos que resultam em contribuições e crescimento mútuo.

São pessoas que nos reconstroem com seus abraços

“A maneira de dar vale mais do que o que é dado.”

Pierre Corneille

Os pequenos detalhes dão sentido à vida, mudam tudo, fazem do trivial importante. Assim, não é tão necessário o que se dá, mas a forma como tal presente é oferecido.

Há abraços que tentam consertar nossas partes quebradas, nos ensinam a viver e a reviver o nosso interior. Pessoas especiais não esperam que as coisas aconteçam; buscam o que querem até que elas o recebem.

alegria

Não se trata de dar passos, mas sim de deixar pegadas

“Cada pessoa que passa por nossa vida é única.
Sempre deixa um pouco de si e leva um pouco de nós.

Haverá aqueles que levam muito, mas não haverá quem não deixe nada

Esta é a prova de que duas almas não se encontram por acaso.”

Jorge Luis Borges

Há pessoas que deixam uma marca permanente em nossos corações, pois houve um tempo em seguimos o mesmo caminho junto a elas. E, embora elas não estejam mais conosco, nunca iremos esquecê-las.

Não se esforce para deixar essa pegada; ela aparece sem que você perceba. São essas as pessoas que oferecem uma outra visão do nosso mundo, que nos ajudam a questionar o passado, o presente e o futuro.

amor

Há pessoas que nos marcam para sempre

“As pessoas pensam que uma alma gêmea é a pessoa com quem você se encaixa perfeitamente, que é o que todo mundo quer. Mas uma verdadeira alma gêmea é um espelho, é a pessoa que trás à tona tudo o que temos reprimido, que faz você olhar para dentro reconhecendo que pode mudar a sua vida. Uma verdadeira alma gêmea é, certamente, a pessoa mais importante que você já conheceu em sua vida. Mas devemos viver com uma alma gêmea para sempre? De jeito nenhum. Viveremos muito mal. A alma gêmea entra em sua vida, tira o véu dos seus olhos e vai embora”.

Elizabeth Gilbert

Portanto, uma alma gêmea é uma espécie de salva-vidas. Almas gêmeas surgem por acaso, ou talvez intencionalmente, e nos transformam para sempre. Elas nos permitem abrir os olhos, enxergar o que nos fere, o que pode nos machucar.

Ao lado delas, nada dói tanto, pois as pessoas que deixam pegadas não causam danos permanentes, não se dedicam a marcar propositalmente. Elas podem até virar nossas vidas de cabeça para baixo e causar um certo incômodo, mas encontrá-las é uma sorte de valor inestimável.

Foto principal de AJCass