O poder do carinho

O poder do carinho

novembro 11, 2015 em Emoções 4722 Compartilhados
O poder do carinho

“Não me venha com comprimidos para a ansiedade e depressão…Não me receite o melhor antidepressivo do mercado. Trate-me com carinho e você será o médico da minha alma. Dê-me um abraço, um beijo, uma palavra amiga, mas somente se for de coração; não valem as mentiras. Você diz que é meu amigo, mas não consigo perceber isso; nem em suas palavras e nem mesmo nos seus olhos”.

O carinho é o melhor remédio

Sem dúvida, o carinho é um dos melhores remédios.

Você já percebeu que muitas vezes saímos de uma consulta médica pior do que quando entramos? Ou pelo contrário, saímos como se já estivéssemos curados? Tudo depende da atitude do médico durante a consulta.

Quando estamos doentes nos sentimos muito vulneráveis, e o carinho e a atenção do médico são muito importantes. Sem dúvida, a cura da doença não depende só dos comprimidos e tratamentos; o afeto é primordial.

Todos nós podemos exercer essa função de “médicos da alma” uns com os outros. Há muitas evidências de que as emoções positivas relaxam, produzem bem-estar, normalizam a pressão arterial, mantêm o estômago e o sistema imunológico funcionando perfeitamente, e tudo isso se reflete em nossa saúde.

O carinho é o melhor remédio

Em contrapartida, as emoções negativas resultam em dor abdominal, enxaqueca, ansiedade, insônia e um sistema imunológico enfraquecido. Então, sem dúvida, um dos melhores medicamentos é o carinho acompanhado de emoções positivas.

Um abraço apertado, um elogio agradável, um “conte comigo”, dito com sinceridade, fazem bem ao corpo e à alma. Os romanos já diziam “mente sã em um corpo são”. Podemos fazer desta declaração uma realidade se recebermos apoio dos demais e se nos esforçarmos para melhorar.

Onde posso encontrar esse carinho?

O carinho e o afeto não podem ser comprados ou vendidos. Não podemos exigir que os outros nos deem o afeto que não sentem e nem retribuir se não sentimos amor dentro de nós. Mas, todos nós temos a capacidade de amar e cultivar a empatia e o altruísmo.

Além disso, podemos receber carinho e afeto, muitas vezes da maneira mais inesperada e de pessoas que nem imaginávamos.

A sua intuição é uma ferramenta poderosa que o ajudará a encontrar mil soluções e perceber onde encontrar o amor.

Aqui damos algumas dicas para encontrar carinho onde quer que vá.

1- Envolva-se com pessoas conhecidas e que gostam de você de verdade. Essas pessoas sabem ouvi-lo e o entendem perfeitamente. Riam juntos; o riso é um poderoso remédio que consegue nos unir em momentos difíceis.

2- Seja amigo das crianças. Elas nos oferecem um amor puro, sincero e altruísta. Muitas vezes, os laços invisíveis que são estabelecidos com as crianças nos trazem grandes doses de carinho e empatia.

shutterstock_1353576651-420x281

3- Aproxime-se dos idosos; eles são uma fonte de sabedoria. Nos falam com experiência e, se você observar, perceberá que dentro deles existe um avô carinhoso e nos sentimos bem-vindos como se fôssemos um dos seus netos.

Converse com os idosos que vivem próximos a você e que estão dispostos a ajudá-lo. Faça-os entender que se sente bem em sua companhia; eles se sentirão úteis, e você acolhido.

4- Interaja com os bons vizinhos e com os amigos. Conversar com pessoas boas, um cumprimento, um sorriso, uma palavra gentil, sair com os amigos, tudo isso o ajudará muito. Não é bom ficar isolado por muito tempo.

E o mais importante acontece no seu dia a dia; dê amor para receber amor. Porque muitas vezes o que nos faz falta realmente é não oferecer amor e carinho.

Recomendados para você