O poder das profecias autorrealizáveis

O poder das profecias autorrealizáveis

setembro 26, 2015 em Psicologia 2 Compartilhados
O poder das profecias autorrealizáveis

Desde antes do nascimento, nós estamos envolvidos com o discurso de nossos pais, tios e avós. De que cor serão seus olhos? Como será a sua personalidade? Eles pensam e falam sobre nós, sobre se vamos ser isto ou aquilo, para que time de futebol torceremos e até as profissões que seguiremos. Então, ao longo de nossa infância e de nossa vida, essas expectativas são, além de uma marca própria, determinantes do nosso caminho.

Mas como tudo isso afeta nossas decisões e escolhas na vida? Neste artigo iremos mostrar o que são profecias autorrealizáveis e qual o efeito delas sobre as nossas vidas.

O Efeito Pigmaleão

Consideramos profecias autorrealizáveis os pensamentos preditivos que as pessoas têm e que, uma vez emitidos, transformam-se na causa que os realizará. Assim, é gerada uma expectativa que acaba sendo cumprida.

O Efeito Pigmaleão está diretamente relacionado ao conceito da profecia autorrealizável, uma vez que envolve ter uma crença sobre alguém que, pelo simples fato de existir, molda e facilita um comportamento que faz com que a mesma acabe se concretizando.

Profecias autorrealizáveis e expectativas sobre o comportamento de alguém podem ser positivas ou negativas. Se acreditamos que vamos falhar em uma prova ou em alguma atividade, é provável que isso altere o nosso comportamento para que isso ocorra, e essa crença vai condicionar as nossas respostas e nosso modo de leitura da realidade.

Robert K. Merton pesquisou o assunto, dando uma estrutura para o conceito e suas consequências. Ele descobriu que essa crença é crítica no comportamento, mesmo que ela venha a começar sem nenhum fundamento. Houve muitas experiências sobre o Efeito Pigmaleão em crianças. Assim, descobriu-se que se um professor tinha baixas expectativas em relação aos seus alunos, estes renderiam menos e, por outro lado, se as expectativas permanecessem elevadas, as crianças teriam resultados surpreendentes.

O peso das profecias autorrealizáveis ​​em crianças

Modificar algumas das profecias que foram feitas em sua própria vida é difícil, mas não é impossível, já que o nosso aparelho psíquico é forte e tem muitos recursos. No entanto, no caso das crianças, as crenças e expectativas dos pais e adultos ao redor delas são cruciais e podem mudar o curso do comportamento futuro.

Com estas expectativas limitantes ou incentivadoras, as crianças saem ao mundo para lidar com diversas situações. Se uma criança é rotulada como “rebelde”, “preguiçosa” ou “estúpida”, provavelmente, o seu desenvolvimento será pobre, difícil e complicado. É extremamente importante prestar atenção a estas questões, porque as crianças absorvem todo o ambiente ao seu redor.

O desenvolvimento da autoconfiança e da autoestima está diretamente ligado às expectativas e crenças de nossos pais em relação a nós. Basta olhar dentro de uma família para ver como cada membro ocupa um lugar. Assim, temos a irmã inteligente, bonita, bondosa, o irmão atleta, etc. É preciso ter muito cuidado com esses rótulos, eles são marcas para a vida.

O que podemos fazer?

Você pode se lembrar de algumas situações pessoais nas quais foi afetado pelo Efeito Pigmaleão e suas próprias profecias autorrealizáveis? Você precisa aprender a se desligar desses pensamentos, tanto sobre si mesmo quanto em relação aos outros. O que você pode fazer com eles? Considere os seguintes pontos:

– Detecte estes pensamentos. Se você estiver em situações que indiquem um final negativo, tente pensar que o futuro é incerto, e que você poderá se sair bem; você tem potencial para resolver tudo.

Preste atenção na linguagem que você usa e no que diz perto de seus filhos. Lembre-se de que eles estão ansiosos para absorver o que vem das pessoas importantes; neste caso, você.

Analise as crenças limitantes por trás dessas profecias. Certamente a próxima vez que isso ocorrer será mais fácil perceber o mecanismo que você está utilizando.

Busque as experiências preciosas que permitam a você verificar a profecia contrária.

Como pudemos ver, não é apenas possível reconhecer o Efeito Pigmaleão em nós mesmos, mas também podemos, a partir de uma reflexão consciente e madura, perceber como somos e neutralizar o impacto negativo dele em nossas vidas. O que iríamos conseguir com isso? Nada mais e nada menos do que uma vida plena, livre de laços e conceitos negativos que limitam o potencial infinito que os seres humanos possuem.

Imagem cortesia de Alba Soler Photography

Recomendados para você