Pote da felicidade: você sabe no que consiste esta técnica?

Você sabe o que é a técnica do pote da felicidade?

setembro 18, 2017 em Psicologia 499 Compartilhados
Você sabe o que é a técnica do pote da felicidade?

Curiosamente, uma das frases mais bonitas e recorrentes da genial rainha do suspense Agatha Christie não tem nada a ver com mistério. A escritora considerava que “uma das coisas mais sortudas que pode acontecer na sua vida é ter uma infância feliz”. Por isso hoje vamos ver como a técnica do pote da felicidade pode ajudar os pequenos, e os adultos também, a alcançar esse objetivo.

Nem sempre é fácil pensar positivo, especialmente para os adultos. Nesse sentido, parece que as crianças pensam positivo de uma maneira mais natural, embora inocente, com vontade de brincar, rir, se divertir… Então, qualquer técnica que lhes traga e também nos traga um pouco mais de diversão, facilitando o crescimento pleno, vale a pena.

A técnica do pote da felicidade

Pesquisadores demonstraram mais de uma vez que uma atitude positiva é uma arma poderosa para superar qualquer tipo de obstáculo. Por isso, reforçar a ideia de proporcionar às crianças formas de desenvolver uma atitude positiva é tão importante. É essencial para o seu presente e promissor para seu futuro.

“As crianças são o recurso mais importante do mundo e a melhor esperança para o futuro.”
-John Fitzgerald Kennedy-

Ter um pote da felicidade em família

Assim, a técnica do pote da felicidade pode ser descrita como “uma brincadeira” que tenta ajudar os tutores a reforçar essa atitude positiva que muitas crianças apresentam de maneira natural e produzi-la caso isso não ocorra naturalmente. Porque nem todas as crianças sempre são tão desinibidas quanto o estereótipo que a maioria das pessoas têm em mente, o que não impossibilita essas crianças de encarar os conflitos ou os problemas com uma disposição positiva.

Assim, essa técnica tenta mostrar como enfrentar problemas de um ponto de vista otimista. E foi assim que a famosa filósofa Elsa Punset idealizou esse pequena brincadeira:

  • Uma brincadeira para ser feita em família ou em grupo. Para iniciar a brincadeira, os membros precisam escolher um pote de vidro de bom tamanho, que vai ser o pote da felicidade. Para isso, devemos escrever “pote da felicidade” em um papel, colar, como se fosse uma etiqueta, e deixá-lo em um lugar visível da casa.
  • Assim, todos os dias, pais, filhos, professores, ou melhor, os participantes precisam escrever em um papel qual foi a melhor coisa que aconteceu nas suas vidas nas últimas 24 horas. Falamos sobre coisas simples, como uma boa nota em uma prova, uma comida gostosa, alguma coisa que saiu melhor que o esperado, conhecer alguém legal, etc. Em seguida, esse papel deve ser dobrado e colocado dentro do pote. Embora pareça surpreendente, essas pequenas frases ficam gravadas no cérebro quase sem querer.
  • A cada seis meses o pote, que estará bem cheio, é aberto e todas as mensagens positivas são lidas. Nesse momento é possível ver quantas coisas boas aconteceram no grupo ou na família nos últimos tempos.

O objetivo da técnica do pote da felicidade

Mas… para que serve a técnica do pote da felicidade? Na realidade, não é um capricho. Foi demonstrado que o cérebro humano aprende muito bem por meio do clássico método de tentativa e erro. Essa talvez seja uma técnica muito básica, mas que nos acompanha a vida toda, desde que nos sentam em uma cadeira quando somos pequenos e começamos a deixar cair os objetos no chão.

Também é de conhecimento geral que uma atitude positiva serve para transformar situações adversas em favoráveis. Isso não quer dizer que seja simples, mas oferece a possibilidade de transformar problemas em oportunidades. Por isso, essa técnica permite:

  • Que as crianças aprendam a refletir sobre as coisas boas que acontecem ao longo do dia. Às vezes elas podem ser muito impulsivas e impacientes e acreditam que tudo deu errado, por isso essa técnica demonstra que essa sensação não é real.
  • Aprendem a apreciar os pequenos detalhes. Um beijo, um carinho, um comentário agradável. Coisas boas acontecem com todo mundo a todo instante, mas nem sempre temos a atitude e a predisposição para identificar, sentir e aproveitar esses momentos. Mas ao fixar esses acontecimentos bons no cérebro quando escrevemos, nossa atitude vai mudar quase sem nos darmos conta.
  • Todos os membros aprenderão a diferenciar os grandes problemas das coisas sem importância, especialmente as crianças.
  • É uma técnica muito útil também para que todos os membros do grupo, especialmente as crianças, aprendam a ser gratas.
  • Também é um modelo fantástico para melhorar a comunicação familiar e do grupo.

Pote da felicidade

Assim, não pense duas vezes e coloque em prática a técnica do pote da felicidade com os grupos dos quais você faz parte. São pequenos passos para cada um, mas um grande passo para todos, pois ao implementar essa técnica estaremos criando um mundo mais positivo.

“A melhor forma de fazer bem às crianças é deixá-las felizes.”
-Oscar Wilde-

Recomendados para você