Relógio biológico: sincronize-se com ele e melhore sua qualidade de vida

Melhore sua qualidade de vida ao se sincronizar com seu relógio biológico

20, abril 2017 em Psicologia 346 Compartilhados
Relógio biológico: sincronize-se com ele e melhore sua qualidade de vida

É comum escutar que cada pessoa tem o seu próprio relógio biológico e que, enquanto uns funcionam melhor de dia, outros são mais ativos e dinâmicos à noite. Embora isso seja verdade na prática, o certo é que várias pesquisas realizadas recentemente indicam que essas formas de organizar os horários correspondem a fatores socioemocionais, e não a determinações biológicas.

Segundo os especialistas, os seres humanos estão projetados para funcionar mais ativamente nas horas de luz e para descansar nas horas em que não há sol. Embora haja pessoas que façam exatamente o contrário (estão despertas durante e noite e dormem durante o dia) e que parecem viver sem problemas, na verdade elas sofrem alterações que reduzem a sua qualidade de vida.

Quando o relógio biológico é modificado, a principal consequência é que se alteram os ciclos do sonoAs pessoas que dormem de dia geralmente fazem isso por menos horas. Elas também se expõem menos ao sol, e por isso podem ter problemas com a fixação do cálcio e com a vitalidade em geral.

O Center for Sleep and Circadian Biology nos Estados Unidos também descobriu que as mulheres que dormem de dia se tornam menos férteis. E tanto homens como mulheres sofrem uma alteração da “melatonina”, um hormônio que define quanto tempo se deve dormir para alcançar um descanso pleno. Com base em vários estudos, foram definidas as horas ótimas para realizar diferentes atividades. A seguir iremos contar qual é o relógio biológico ideal para melhorar a sua qualidade de vida.

O relógio biológico nas primeiras horas do dia

Segundo os estudos realizados por especialistas no tema, o ideal é começar o dia fazendo sexo. Entre as 6 e as 9 da manhã, os homens alcançam seus maiores níveis de testosterona e as mulheres têm um nível de relaxamento mais elevado. Isto faz com que o sexo seja mais prazeroso.

mulher-tomando-cha-flutuando

O famoso “sexo matinal” provou ser o mais saudável e intenso. Ele também ajuda a liberar as tensões e o estresse, para começar o dia com a melhor atitude. Da mesma forma, foi provado que ele fortalece o sistema imunológico e melhora o estado de ânimo.

A hora pico do rendimento intelectual

Em um relógio biológico ideal, as atividades mais complexas deveriam ser realizadas entre as 10 da manhã e o meio-dia. Os estudos indicam que é o momento do dia onde o cérebro alcança seu ponto de maior rendimento intelectual.

Este momento seria o ideal para tomar decisões, realizar reuniões de trabalho que envolvem grande pressão, resolver problemas difíceis ou criar novas soluções. A essa hora, o “cortisol”, o hormônio do estresse, alcança sua produção máxima. Isso se reflete em uma maior capacidade de concentração, mais perspicácia e melhor memória de curto prazo.

A tarde é ideal para a atividade física

Segundo Michael Smolensky, especialista em rendimento físico e autor do livro “The Body Clock Guide to Better Health” (O guia do relógio biológico para uma saúde melhor, em tradução livre), as melhores horas para fazer exercício físico eficaz são entre as 4 da tarde e as 7 da noite.

pes-descalcos-penas

Segundo suas pesquisas, a essas horas, o desempenho físico é muito mais elevado e existe um menor risco de sofrer lesões. Ele indica que a resistência cardiovascular aumenta, assim como a flexibilidade muscular e a força.

A hora do relógio biológico para deixar de comer

A prática de jantar muito tarde pode ser bastante prejudicial. Isso influencia não só a capacidade de pegar no sono, mas também foi comprovado que constitui um fator de risco para desenvolver obesidade e/ou diabetes.

Os estudos indicam que a última refeição do dia deve ser leve e deve ser realizada entre as 7 da noite e as 8 da noite. Isso ajuda com que o organismo processe a glicose de uma forma mais eficaz e regule a produção de insulina. Depois das 8 da noite, ninguém deveria consumir nenhum alimento.

A hora de dormir

Os estudos estabeleceram que entre as 9 e as 11 da noite, a glândula pineal do cérebro libera o hormônio “melatonina”, do qual falamos anteriormente. Essa substância foi chamada de “hormônio do sono”, pois regula o descanso.

mundo-dos-sonhos

Quando este hormônio é liberado, a temperatura do corpo se reduz e este é o sinal de que o corpo precisa para começar a descansar. Desta forma, a hora ideal para ir dormir seria entre as 9 e as 11 da noite.

Michael Howell, neurologista da Universidade de Minnesota nos Estados Unidos, disse que sincronizar as atividades com o relógio biológico natural do corpo é uma excelente forma de aumentar a qualidade de vida. Vale a pena tentarmos fazer isso, você não acha?

Imagens cortesia de “Three Sisters Art Surreal”