Quando ele chega traz cheiro de flor e olhos de saudade

Quando ele chega traz cheiro de flor e olhos de saudade

Carolina Diamond junho 1, 2016 em Psicologia 680 Compartilhados
Quando ele chega traz cheiro de flor e olhos de saudade

Eu amo quando você chega com cheiro de flor e olhos de saudade. É linda cada partida porque eu sei que depois dela você volta. Hoje você está livre, mas uma liberdade diferente, uma liberdade que nos prende por sermos cúmplices, amantes e donos de nada. Você chega e eu fico boba, gosto da sua voz que me acalma, que toca a alma sem dizer muito, você consegue me definir com o olhar, entender minha dor ou alegria, sem raio x ou muita enrolação, você entende meus quadrados nada perfeitos, meus círculos completamente sem nexo.

Sorte a minha ter encontrado você, ter entendido suas partidas e ser surpreendida com suas chegadas, seu sorriso diferente em cada uma delas, seu olhar doce que apaga minha tristeza e me renova a esperança.

É difícil pensar em mim sem você, já disseram que parecemos um, não porque nos completamos, mas é que somamos tanto, que chegamos em números iguais.

Eu deixo você ir, você me deixa aqui e, sem nos perdermos, vamos seguindo juntos na cumplicidade, compreensão, no amor, na liberdade consentida na saudade.
Compartilhar

Eu penso que todo amor deveria ser assim, pretensão a minha achar que o nosso amor é o jeito certo de amar, mas eu acho. Acho que eu e você somos a fórmula perfeita da união de dois círculos diferentes que se tornaram um e multiplicam, multiplicam.

Hoje está de sol, tem criança falando na rua, tem música na rádio, tem amor na novela e Ave Maria às seis da tarde e você não vem, já me avisou. Eu já sinto saudade, tomo um copo de vinho, escuto a música da vitrola, um cheiro vem na memória daquele dia que nós corremos na chuva e você ria do meu jeito desengonçado de correr. Eu sinto sua falta. Hoje era seu dia de chegar e não chegou, não sorriu pela fresta da porta, não teve cheiro de flor, nem teve sorriso no olhos, hoje sou eu, apenas. E mesmo que eu ame tanto estar comigo, eu gostaria que você estivesse aqui ouvindo essa música e sorrindo de lado por causa do meu gosto estranho para Mbp, depois você ia me contar uma história de alguma constelação ou de algum personagem real da 2ª Guerra, eu me canso de ouvir, você revira os olhos com a minha impaciência e o resto vem.

matar a saudade

E se você partir, já sinto a dor da saudade. Agora eu só penso que você não pode ir, nós somos lindos juntos e eu te amo demais. Eu prometi não interferir na sua vontade, assim como você também não interferiria na minha, mas hoje eu gostaria de uma intervenção que fizesse você ficar pra sempre, sem partida e sem liberdade, só você e eu aqui, com tudo que eu quero. Talvez eu e você não seriamos mais nós, é como querer arrancar um flor do jardim ou cortar as asas de um canarinho, então eu respiro fundo e concordo com essa ideia absurda de deixar a vida decidir, será?

O medo me acovarda e me faz querer fugir, me impele uma briga sem sentido e quando o telefone toca eu já atendo com raiva. Do outro lado você diz que vem amanhã, eu retomo a calma e para não ser mais impulsiva digo para você não vir, preciso me entender um pouco mais, preciso recobrar o equilíbrio, e mesmo contrariando cada célula do meu corpo que sonhava com a sua chegada, a minha voz soa firme e forte dizendo que eu preciso ficar sozinha!

amor que deixa saudade

Sorte a minha ter você, que não entende nada dos meus sinais ou entende tão perfeitamente que prefere contrariar minhas vontades. Então, hoje você chegou, me olhou pela fresta da porta, seu sorriso tinha nome e seu olhar leveza, me deu sua mão de joelhos e me pediu um para sempre, assim meio sem jeito, um para sempre livre ao seu lado.

Carolina Diamond

Carol Daimond Instagram: @questaodesersite Fanpage: Questão de Ser http://www.questaodesersite.wordpress.com

Ver perfil »
Recomendados para você