Quando chegarmos a esse rio, cruzaremos essa ponte

Quando chegarmos a esse rio, cruzaremos essa ponte

11, maio 2015 em Emoções 0 Compartilhados
ponte

Essa frase do Imperador Julio Cesar exemplifica de maneira simples a necessidade que temos de aprender a viver o momento presente.

Quantas vezes, diante de uma situação de conflito, tendemos a adiantar acontecimentos sem levar em consideração que existem outras possibilidades? O pior de tudo é que ficamos com a história em nossas cabeças como se fosse tão verdadeira, que acreditamos na opção mais negativa jurando de pés juntos que é verdade! Sofremos, assim, toda a carga emocional que isso acarreta, mesmo sem que nada tenha realmente acontecido.

Por tudo isso, seria recomendável que nos déssemos conta dos momentos nos quais estamos “colocando a carroça na frente dos bois” e nos questionássemos se determinada situação vai acontecer realmente ou se há outras opções. Se fizermos isso, não ficaremos paralisados em uma única possibilidade, geralmente com probabilidades muito pequenas de ocorrer tal e como pensamos.

E mais, diante de qualquer acontecimento da nossa vida, teremos duas alternativas: 50% positiva e 50% negativa. Então, qual a nossa necessidade de escolher a opção que nos causa mais danos psicológicos?

Pela minha própria experiência, aprendi a me agarrar nessa frase para frear a tendência a adiantar acontecimentos e a esperar “os bois para montar a carroça”. Espero que isso também possa ser útil a vocês!

Recomendados para você