7 regras para se comunicar com um manipulador

Muitas pessoas precisam lidar com uma pessoa manipuladora, pelo menos uma vez na vida. Se este for o seu caso, a seguir, vamos mostrar algumas dicas que vão te ajudar a lidar com elas sem sair prejudicado.
7 regras para se comunicar com um manipulador

Última atualização: 18 maio, 2022

É verdade que cada um de nós é único e diferente. Mas, quando se trata de desfrutar de um entorno e de relacionações saudáveis em nível emocional, é importante saber se temos um manipulador por perto, alguém que nos causa danos gratuitos. Esses tipos de pessoas podem ser muito variados.

Hoje, vou compartilhar com você 7 regras para se comunicar com um manipulador, uma pessoa com a capacidade de fazer você se sentir culpado, de mentir para você ou de te manipular para construir o relacionamento.

“Se não tens liberdade interior, que outra liberdade esperas ter?”

-Arturo Graf-

A forma de agir de uma pessoa manipuladora pode te levar a fazer o que ela quer e não enxergar além, tornando-nos vítimas de nossas próprias vidas, sem nos sentirmos livres. Às vezes, esses tipos de relacionamento duram anos, mas você pode evitá-los por meio dessas dicas e leis de segurança criadas pelo especialista em estratégia de comunicação Preston Ni.

Homem manipulador falando com outro

1. Não esqueça seus direitos inalienáveis

Você tem o direito de:

  • Ser respeitado por outras pessoas.
  • Expressar suas emoções, opiniões e desejos.
  • Definir suas prioridades.
  • Dizer “não” sem se sentir culpado.
  • Receber pelo que você pagou.
  • Expressar suas opiniões, ainda que sejam diferentes das dos outros.
  • Proteger-se de ameaças físicas, morais e emocionais.
  • Construir sua vida de acordo com o seu próprio conceito de felicidade.

É aconselhável sempre lembrar os seus limites de espaço pessoal, pois um manipulador não respeita os seus direitos e viola nossos limites continuamente. Não se esqueça de que é você mesmo o responsável pela sua própria vida.

2. Mantenha distância dele/dela

Enquanto se mantém a comunicação com um manipulador, ele tentará trocar de máscara continuamente, podendo ser excessivamente cortês e, por outro lado, até mesmo rude e agressivo. A distância emocional e até mesmo física vai te ajudar a saber em quais momentos ele está fingindo bondade para receber algo em troca. Por outro lado, sua astúcia também permite que ele saiba que você pode suspeitar que ele esteja tentando te manipular. Dessa forma, a simpatia pode se tornar sua arma para que você pare de pensar mal sobre a sua maneira de agir.

Eles também podem manter uma atitude de vitimismo e insegurança. Se você perceber que uma pessoa ao seu redor demonstra ter um caráter que reflete extremos, é aconselhável manter distância e ter cuidado ao interagir com ela. Essa pessoa pode fazer você acreditar que você é o culpado pelo seu estado, caso se faça de vítima. Dessa forma, ao fazer você se sentir culpado, ela pode fazer você se sentir em dívida com ela e obter algum favor seu.

A personalidade manipuladora possivelmente tem sua origem na infância. Não é um problema seu, em que você possa resolver o que acontece com ele(a) ou tenha que educá-lo(a) e corrigir seu comportamento.

Mulher colocando distância com a mão na frente do manipulador

3. Faça perguntas de teste

Faça algumas perguntas de teste e, dessa forma, você poderá descobrir se essa pessoa tem alguma autocrítica e/ou vergonha, características que uma pessoa manipuladora não possui:

  • Você acha que isso que você está me pedindo é justo?
  • Você acha que isso é justo comigo?
  • Posso ter minha própria opinião a respeito?
  • Você está me perguntando ou está afirmando?
  • O que eu recebo em troca?
  • Você realmente acha que eu…

4. Não corra

Mulher correndo na floresta

Uma característica importante de um manipulador é fazer você responder e reagir instantaneamente a uma determinada situação. Com pouco tempo de reação da sua parte, ele pode te manipular com mais facilidade. É por isso que é importante que você não caia no seu jogo. Eles podem querer que você reaja rapidamente, mas você está no seu direito de levar o seu tempo. Portanto, não acredite que, porque estão te pressionando, você deva responder imediatamente.

Quando você se sentir pressionado, recomendo que respire fundo e não se apresse em tomar uma decisão. Dizer “vou pensar sobre isso” permite que você mantenha o controle da situação. Além disso, você também se faz respeitar, estabelecendo os seus próprios limites diante da pessoa com quem está conversando. Deixar que a outra pessoa assuma o controle da situação faz de você uma vítima em potencial. Portanto, deixe um espaço entre o pedido e a sua resposta. Assim, você estará mostrando que ele(a) não será capaz de obter tudo o que quer de você.

“Este não é o caminho para fazer isso. É um dos caminhos para fazer isso.”

-Gary Craig-

5. Aprenda a dizer “não” ao manipulador

Saber dizer “não” permite que você estabeleça seus limites e se respeite e, como consequência, que aqueles ao seu redor também te respeitem. Quando você diz “não”, você está deixando claro que nem sempre vão conseguir o que querem de você. No entanto, não se trata de adotar uma atitude negativa, mas sim de evitar que se aproveitem de você. Afinal, quantas vezes já dissemos “sim” quando queríamos dizer “não”?

Um “não” claro, na hora certa, permitirá que você mantenha um bom relacionamento com o seu interlocutor. Lembre-se de que você tem o direito e merece escolher o seu próprio caminho para a felicidade. Portanto, não se sinta culpado por dizer não.

6. Compartilhe com ele/ela as possíveis consequências

Mulher manipuladora com máscara

Diante de uma situação em que você se sentir atacado de forma verbal e emocional, informe o manipulador sobre as consequências de suas ações.

A capacidade de se antecipar e de apresentar resultados possíveis de forma convincente é um dos métodos mais eficientes para a comunicação eficaz com um manipulador. Assim, você vai forçá-lo a mudar a sua atitude em relação a você, tornando o seu plano óbvio e, dessa forma, tirando o seu poder.

7. Defenda-se das suas provocações

Às vezes, um manipulador procura assustar a sua vítima e causar sofrimento por meio de provocações e insultos. Nestes casos, é bom que você tenha em mente que eles geralmente se apegam ao que acreditam ser uma das suas fraquezas. Nada mais.

Se você permanecer passivo e seguir com o jogo, ele continuará se aproveitando de você. No momento em que você enfrentar e revidar, essas pessoas naturalmente covardes começarão a recuar. Por outro lado, o uso do humor também é uma boa técnica para se defender. Quando o manipulador tenta te atacar, mas as suas palavras se transformam em humor da sua parte, você está neutralizando a mensagem e fazendo com que ela perca todo o seu poder.

Existem muitas pesquisas que mostram que esse tipo de personalidade foi vítima de abuso durante a infância ou na maturidade. Isso não justifica as suas ações, mas é importante lembrar disso ao responder às suas ações de forma plena e saudável.

Pode interessar a você...
O silêncio em doses: uma forma de manipulação
A mente é maravilhosa
Leia em A mente é maravilhosa
O silêncio em doses: uma forma de manipulação

O silêncio em doses pode ser uma forma, como muitas outras, de agressão passiva. Ela se define como um controle calculado da comunicação.