Respeito por si mesmo, pelos outros e pelo planeta: uma fonte de riqueza

Às vezes, temos uma ideia muito estranha do que significa respeito. Esta é uma palavra que devemos valorizar se quisermos deixar nosso próprio impacto no mundo em que vivemos.
Respeito por si mesmo, pelos outros e pelo planeta: uma fonte de riqueza

Última atualização: 29 Julho, 2021

Pensar que o mundo em que vivemos pode ser melhorado é uma crença que move muitas pessoas por dentro. Todos nós queremos deixar um mundo melhor para as novas gerações, mas a verdade é que muitas das mudanças e melhorias começam com o respeito por si mesmo.

Quando uma pessoa se respeita, ela conhece o valor do respeito em primeira mão. Você sabe como ele é importante e valioso para sua vida e seu ambiente. Portanto, quando você se respeita, também respeita os outros e o mundo como um todo.

Entrar na cadeia do respeito é uma atitude positiva que acaba englobando tudo. Em muitas ocasiões, as pessoas se sentem impotentes diante do que está acontecendo ao seu redor. Mas todos nós temos um grande impacto sobre isso, para o bem e para o mal, mesmo que na maioria das vezes não tenhamos consciência desse fato.

A natureza

Respeito por si mesmo

Esta é uma forma de amor em que se começa valorizando a própria abordagem pessoal, única e irrepetível. Tem muito a ver com autoestima, com compreensão e valorização dos seus próprios traços de caráter. Na verdade, poucas oportunidades para obter o respeito dos outros serão encontradas se isso não começar por nós mesmos.

Ora, o respeito próprio não deve ser confundido com o ego, uma máscara que se mostra ao mundo apenas com alguns bons traços, que nem sempre são verdadeiros. O respeito que uma pessoa deve exigir e professar por si mesma contempla a autenticidadePor isso, desenvolver e praticar comportamentos assertivos ajuda muito a melhorar esse aspecto.

Além disso, as decisões que a vida exige que tomemos acontecem por meio do cultivo de uma boa dose de respeito próprio para termos o maior sucesso possível. Definir limites em todos os aspectos da vida é uma forma de cultivá-lo.

Aprender a dizer ‘não’ é um exercício muito saudável de respeito próprio.

Respeitar os outros

O respeito pelos outros, pelos seus direitos, pelas suas ideias, pelos seus modos de vida e pelas suas crenças é quase utópico hoje em dia. Globalizar o mundo em termos econômicos está se mostrando muito mais fácil do que globalizar o respeito entre sociedades e culturas que pouco têm a ver umas com as outras.

Muitas pessoas acham extremamente difícil respeitar o que não entendem ou o que está no outro extremo de seus valores. Isso é complicado quando o respeito próprio não foi cultivado em primeiro lugar. Portanto, fazer um exercício para respeitar as ideias e valores das outras pessoas é iniciar a jornada já na metade.

Acredite ou não, o respeito pelos outros começa com a prática da gratidão e das boas maneiras nas situações mais básicas da vida. A bondade é algo que, em certos ambientes sociais, está se perdendo.

Falar respeitosamente, agradecer aos outros e pedir permissão são costumes maravilhosos que dizem muito sobre nós mesmos.

Encarar o mundo todos os dias com um sorriso não é sinal de falsa felicidade. É uma prova de respeito pelos outros, que podem não ter o mesmo estado mental que nós. Este e outros costumes são a base do comportamento cívico. A cidadania se baseia no respeito por si mesmo e pelos outros. Alguns chamam isso de nobreza, e é isso mesmo.

As palavras podem se tornar mágicas quando contêm respeito. Ser e agir de maneira grata e generosa melhora muito nosso relacionamento com as outras pessoas. A cortesia nos torna pessoas melhores em relação a nós mesmos e aos outros, e é a melhor maneira de inspirar o respeito também em nossos filhos.

Respeito pelo planeta

Respeitar o planeta

A boa notícia é que o respeito é altamente contagioso. Quando você conhece seu valor, pode espalhá-lo por aí. Nosso mundo é muito mais do que os seres humanos que o habitam. Entender que somos apenas uma pequena parte das maravilhas que nosso planeta contém é dar o primeiro passo para viver em harmonia com o que nos rodeia e com o que nutrimos em todos os sentidos.

De todas as habilidades que a psicologia nos oferece para melhorar nossas vidas, o respeito por si mesmo, pelos outros e pelo planeta é, talvez, uma das mais importantes.

Respeito é um termo que deve ser contextualizado para ser totalmente compreendido, e nossa vida diária nos oferece oportunidades contínuas de praticá-lo.



  • Du H, King RB, Chi P (2017) Self-esteem and subjective well-being revisited: The roles of personal, relational, and collective self-esteem. PLoS ONE 12(8): e0183958. https://doi.org/10.1371/journal.pone.0183958
  • Williams, Debie (2017) Respect for Others: The Foundation of Every Relationship. Bizlibrary. Recuperado de https://www.bizlibrary.com/article/respect-others/
  • Martin Jean-Louis; Maris, Virginie; Simberloff, Daniel S. (2016) The need to respect nature and its limits challenges society and conservation science. PNAS May 31, 2016 113 (22) 6105-6112