Sem você eu não existo - A Mente é Maravilhosa

Sem você eu não existo

setembro 24, 2016 em Emoções 0 Compartilhados
Sem você eu não existo

É tudo para ele(a), você não consegue viver sem essa pessoa, com ela você se sente uma pessoa completa, mas sem ela você não é nada… pelo menos é nisso que você acredita. Seu pensamento constante é “sem você eu não existo”. Talvez você já tenha sentido isso alguma vez, talvez já tenha vivido ou esteja vivendo isso agora.

Quando toda a sua vida gira em torno de uma pessoa que você ama, seu mundo desmorona se essa pessoa vai embora. De repente tudo começa a precisar fazer sentido. Você se sente abandonada(o), vulnerável, só... Não sabe o que fazer nem como fazer. Essa pessoa era tudo, e agora… você não tem nada.

“Depender da pessoa amada é uma maneira de se enterrar na vida, um ato de automutilação psicológica, onde o amor próprio, o respeito por si mesmo e a essência pessoal são ofertadas e presenteadas de forma irracional.”
-Walter Riso-

É normal sentir-se assim, pois se você compartilhou tempo com essa pessoa talvez possa se sentir vazio por um tempo. Mas… sua vida e sua existência dependem dele(a)? O que é isso de “sem você eu não existo”? Se for assim, já devemos estar falando de dependência emocional.

Minha alegria depende de você

sereia olhando barco

O vazio do qual falamos anteriormente pode acontecer quando morre um ser que amamos. Pode ser uma mãe, um pai, um irmão, um cônjuge, entre outros. É algo que não podemos evitar. Por circunstâncias da vida, essas pessoas que eram tudo para nós se foram, assim, levaremos algum tempo para assimilarmos e aceitarmos o vazio que agora sentimos.

Mas o que ocorre quando uma pessoa se vai do nosso lado? O que acontece quando se rompe nosso relacionamento, por exemplo?

Não podemos manter ninguém ao nosso lado, da mesma maneira que não podemos garantir que toda relação dê certo. Mas o que não podemos fazer é deixar de existir, de cuidar de nós mesmos, de pensar em nós quando essa pessoa se foi.  Você deve pensar sempre em você. Ainda que você esteja com alguém, não permita que sua vida, sua felicidade, seu bem-estar dependam totalmente da outra pessoa.

Você esta realmente equivocado se pensa que essa é a verdadeira felicidade. Você deve ser livre, estar bem consigo mesmo. Com isso, pode compartilhar sua vida com a outra pessoa, mas nunca dando a ela o poder de decidir sobre sua vida. Porque, de repente, dou as rédeas da minha vida a essa pessoa que amo?

Talvez você sofra de uma baixa autoestima, talvez você esteja dando tudo a essa pessoa… Talvez você tenha medo do abandono e precise apegar-se o máximo que puder, buscando essa segurança que tanto carece.

Ainda que não esteja mais, não me renderei

leão com borboleta

Para você se libertar dessa dependência, deve levar em consideração algumas atitudes que o impedem de avançar e bloqueiam suas ações, caso você não tenha essa pessoa que é o centro de sua existência ao seu lado. Para começar, deve cuidar de sua autoestima. Ame-se e dê a si mesmo o valor que merece. Não ponha sua vida nas mãos de ninguém, pois só você tem o poder de decidir seu rumo. Assim, o que mais você deve levar em consideração?

  • Não permita que sua felicidade centre-se em uma só pessoa.
  • Não sobreponha os desejos dos outros acima dos seus.
  • Se você só se sente bem quando se sente querido, mude! Há algo que não está funcionando como deveria.
  • Não aceite estar com alguém se você está sofrendo.
  • Não permita que essa pessoa seja o centro de sua vida.

Estas e muitas outras circunstâncias são as que fazem com que nossa felicidade dependa de outras pessoas e não de nós mesmos, como deveria ser. Em alguns casos confundimos o amor e o carinho com a necessidade. Isso nem sempre nos traz coisas boas e a relação poderá não ser saudável. Você precisa estar em paz consigo mesmo sem ter que precisar de alguém. Aprenda a estar só, aprenda a não depender de ninguém.

“Aprenda a amar sem ir contra a sua liberdade.”
Compartilhar

É possível que você tenha medo da solidão, mas adianta estar com alguém apenas por medo de caminhar só? Talvez esta pessoa lhe dê confiança e segurança, mas as relações que você construiu serão destrutivas.

mulher desenhando pássaro

Não se dê ao luxo de ser infeliz em sua vida, porque em suas mãos está a chance de ser feliz por si mesmo. Liberte-se de qualquer amarra e reencontre-se com seu eu interior. Ele nunca vai abandoná-lo e sempre estará com você. Sem você… posso existir. Sem você, sigo sendo eu.

Recomendados para você