A síndrome de Alice no País das Maravilhas

A síndrome de Alice no País das Maravilhas

agosto 24, 2016 em Psicologia 0 Compartilhados
A síndrome de Alice no País das Maravilhas

A síndrome de Alice no País das Maravilhas é um transtorno neurológico que costuma se manifestar nas crianças, geralmente à noite, e descreve um conjunto de sintomas onde ficam alteradas a percepção visual e a imagem corporal, percebendo incorretamente o tamanho das partes do corpo e dos objetos externos, causando desorientação e deformação dos sentidos.

Normalmente esta síndrome é diagnosticada na infância, quando a criança pode se sentir como a personagem na historia, um pouco perdida nos seus sonhos; embora em geral muitas pessoas deixem de sentir os sintomas na adolescência, algumas poucas os sentem pelo resto da vida, especialmente no início do período de sono.

A síndrome de Alice no País das Maravilhas pode ocorrer por uma quantidade anormal de eletricidade no corpo, o que causa uma mudança no fluxo sanguíneo do cérebro. Assim, os sinais enviados do cérebro aos olhos ficam perturbados, dando lugar a alucinações, desorientação e uma autoimagem alterada em certas partes do corpo.

Outra causa possível é a epilepsia do lóbulo temporal onde aparecem convulsões nos lóbulos temporais, podendo provocar reações de euforia, ou um medo e paranóia intensos.

Também pode acontecer por dores de cabeça, enxaquecas, tumores cerebrais ou por causa do vírus Epstein-Barr, onde os sintomas podem surgir em etapas iniciais.

Sintomas da síndrome de Alice no País das Maravilhas

– O principal sintoma da síndrome de Alice no País das Maravilhas é uma imagem corporal alterada, onde a pessoa afetada observa partes do corpo de tamanho equivocado, sendo desproporcionais em relação à cabeça e às mãos.

– Outro sintoma significativo desta síndrome é que o paciente percebe o tamanho de outros objetos incorretamente.

– O indivíduo perde o sentido do tempo, já que pode passar de forma lenta ou muito rápido.

– Algumas pessoas podem experimentar fortes alucinações, podendo ver coisas que não estão no entorno e também podem ter impressões equivocadas de certas situações.

– Sofrem alteração da percepção visual, mas também da percepção auditiva e tátil.

Tratamento comprovado

Esta síndrome possui um tratamento comprovado e eficaz quando a causa é a enxaqueca, embora os casos crônicos sejam pouco tratáveis; as manifestações dos sintomas não são prejudiciais ou perigosas, e provavelmente irão desaparecer com o passar do tempo, sendo o descanso o melhor tratamento.

Imagem cortesia de Brandon Christopher Warren.

Recomendados para você