Me sinto, me cuido e me vivo - A Mente é Maravilhosa

Me sinto, me cuido e me vivo

31, outubro 2016 em Emoções 2061 Compartilhados

Quando foi a última vez que você perguntou a si mesmo “Como eu me sinto?”. Quando foi a última vez que você se permitiu respirar fundo e desfrutar de tudo aquilo que o rodeia? Quando foi a última vez que o seu bem-estar não foi uma opção, e sim uma prioridade?

Nos tempos atuais, onde o estresse é uma forma de vida, vivemos tão preocupados com o que vai acontecer no futuro que deixamos de lado o desfrutar do presente. Mas não nos damos conta de que o presente é a única coisa que realmente temos, porque o futuro ainda não é real.
Compartilhar

Atualmente, os “me cuido” se transformaram em “se tiver tempo eu tiro uma folga”, os “me sinto” em “não é nada, só estou um pouco cansada” e os “me vivo” em “sobrevivo ao dia a dia”. Isto faz com que a nossa saúde mental e física sejam afetadas por muitos fatores de estresse prejudiciais que nos causam muito dano.

Para se sentir bem você tem que se cuidar, e o ritmo da vida moderna faz com que se cuidar seja algo muito difícil. Mas para isso surgiu o mindfulness, como uma ferramenta para poder acabar com o estresse enquanto continuamos com as atividades da nossa vida cotidiana.

Me sinto, me cuido e me vivo em cada momento

Mindfulness para a vida cotidiana

Para começar a praticar o mindfulness, você só tem que ter vontade de se cuidar e começar a seguir os seguintes passos, primeiro em um lugar silencioso, e assim que estiverem dominados, você pode utilizá-los na sua vida cotidiana para melhorar a sua saúde:

  • Concentre-se na sua respiração: quando estamos ansiosos ou entediados, o nosso ritmo respiratório é acelerado, o que faz com que o nosso coração bata mais rápido para salientar que não estamos bem. Não temos que tratar de dominar ou de mudar a nossa respiração: só de prestar mos atenção e tomarmos consciência dela, seu ritmo já muda.
  • Explore seu corpo: pergunte-se “como eu me sinto?”, “o que o meu corpo disse?”. Tornar-se consciente do seu próprio corpo faz com que essas sensações incômodas que podem aparecer durante a meditação comecem a fazer parte deste momento único. Desta forma, esta dor ou incômodo pode entrar no campo da nossa consciência e ser aceito sem ser julgado como algo indesejado.
  • Sinta o mundo que o rodeia: escute o seu mundo, as folhas das árvores ou os carros, o silêncio ou o barulho das pessoas. Não é passar longe, é fazer parte de algo, viver. Sinta o momento presente, sinta, mas sem a necessidade de se mover, porque se a mente está inquieta e o corpo a segue, ambos estão conectados.
  • Você não é os seus pensamentos: quando começamos a meditação, rios de pensamentos costumam irromper na nossa mente. Uns são causam mais ansiedade do que outros, mas todos são igualmente importantes, não se deve levar em conta o conteúdo. Neste caso, não se trata de nos proibirmos de pensar, mas sim de nos concentrarmos de novo na respiração. Observamos os pensamentos e os deixamos passar, nos concentrando na nossa forma de respirar.

Me sinto, me cuido e me vivo

Estes passos são uma exposição preliminar do que é iniciar a arte da mindfulness, a arte de se sentir, se viver e se cuidar. Ao princípio será difícil, mas se você começar aos poucos em um lugar confortável, sentado de maneira firme e sem cruzar as pernas, o domínio da técnica chegará com a prática e você terá tanto controle sobre ela que poderá aplicá-la em qualquer momento e em qualquer lugar.

Me sinto bem se busco tempo para ser, não para fazer

Me sinto bem se busco tempo para ser, não para fazer. Me sinto bem se me cuido, se me vivo com toda intensidade, não se me limito a ver a vida passar sobrecarregado pelas tarefas que definem um futuro que ainda está por chegar.

Cuidar-se e ser consciente de si mesmo e do seu bem-estar fará com que a sua saúde melhore, que o seu sistema imunológico seja mais forte e que a sua mente esteja mais limpa. Isso fará com que você descanse melhor e com que o seu rendimento seja consequentemente maior. Cuidar-se com o mindfulness fará com que você tenha tempo para ser e desfrutar de si mesmo. O que está esperando?!

Recomendados para você