Que tipo de estresse você sofre?

Que tipo de estresse você sofre?

dezembro 5, 2015 em Psicologia 0 Compartilhados
Os tipos de estresse

O estresse é uma alteração, um estado de nervosismo em que se está quando uma determinada situação exige demais de nós. Quando a pessoa tem que render muito mais do que o normal, seja no trabalho ou nos estuodos, aparece o estresse.

O estresse pode ser bom, sempre que for para ajudar para “dar um gás” e se concentrar. Mas também pode ser ruim e bloquear a ação na hora de realizar as tarefas. Vejamos os tipos de estresse pelos quais podemos passar.

Quando você identificar o seu tipo de estresse, poderá enfrentá-lo da melhor maneira possível. Qual é o seu tipo?

Estresse positivo

Existe um estresse positivo, chamado em inglês de “eustress”. É um estresse estimulante e motivador, que favorece que a pessoa que passa por ele renda de forma mais positiva. O eustress é dotado de vitalidade, de uma energia que, até o momento, estava apagada ou ausente.

Que tipo de estresse você sofre?

Em que situações o eustress é benéfico? Um exemplo seria na época de provas, quando sabemos que é preciso estudar, mas não conseguimos fazê-lo. Muitas pessoas precisam esperar que cheguem os dias que antecedem para sentir o eustress. Com ele, surge a motivação para se concentrar e render o que não rendíamos nos dias anteriores.

Este estresse também aumenta a capacidade criativa. Imagine que há um novo projeto na sua empresa e você precisa contribuir com algo novo e original. Você precisa de ideias!

O eustress pode potencializar o surgimento de ideias que você antes não tinha. O problema do eustress? Não se manifesta até o último momento, e biologicamente também não é possível manter esse estado durante muito tempo.

Estresse aflitivo

Ao contrário do eustress, a aflição é muito negativa. É um tipo de estresse desagradável que surge sempre frente a uma ameaça. A ansiedade, o pânico e o medo são alguns dos sintomas que acompanham a pessoa que passa por esta aflição.

A aflição pode surgir diante da perda de um emprego, de uma doença que sofre um familiar, de um acidente… É uma situação que provoca mudanças repentinas, algo que não era esperado e que de repente surpreende. Em resumo, podemos dizer que uma mudança na rotina, na vida, pode vir acompanhada do estresse aflitivo.

“As pressões são boas, as preocupações são boas;

mas quando são excessivas, são um veneno que mata”

– Bernardo Stamateas –

Mas isto não é o mais grave. Libertar-se desse tipo de estresse é muito difícil. É preciso lutar muito, ser muito forte para enfrentá-lo e não ser vencido por ele. Principalmente, porque o estresse aflitivo pode chegar a causar doenças.

Em geral, começa-se com um resfriado, alergias ou eczemas que se tornam mais frequentes e comuns. Mas isto pode acabar em doenças mais graves. Portanto, cuidado com o estresse aflitivo! Não se deixe vencer por ele.

Hiperestresse

O hiperestresse surge quando somos sobrecarregados de sensações emocionais desmedidas. Não somos capazes de processar estas emoções e por isso ficamos saturados.

Que tipo de estresse você sofre?

Quando surge o hiperestresse? Quando estamos fazendo uma atividade que está nos exigindo um superesforço, acima do que podemos fazer. Pense de novo no trabalho, que muitas vezes exige um verdadeiro sobre-esforço. Estamos dando mais do que podemos dar, nos vemos sobrecarregados e podemos explodir por nada.

A ira é algo que pode entrar em cena a qualquer momento. Assim que surge uma exigência a mais, começa uma explosão emocional impossível de conter.

Hipo-estresse

O hipo-estresse surge com o tédio e a desmotivação. É um estresse muito diferente dos que abordamos anteriormente. É um estresse cujo motivo não é a pressão, e sim o oposto.

Este tipo de estresse afeta aquelas pessoas inquietas, muito criativas, que são submetidas a realizar trabalhos repetitivos. Inclusive, podem se sentir bloqueadas ou sem poder realizar o que desejam por diversos motivos. Neste estado, este tipo de pessoas se estressa. Tem a necessidade de viver experiências, de ter ocupações que exijam um aprendizado contínuo e experimentar coisas novas.

Que tipo de estresse você sofre?

Você se sentiria identificado com este tipo de estresse se, durante as férias, chegar um momento em você precisar voltar a trabalhar, ter metas novamente, pressões… É este o seu tipo de estresse?

Estes quatro tipos de estresse podem vir combinados ou aparecer em diferentes situações da vida. Mas sempre há algum que predomina sobre dos outros. Você sofre de eustress, mas também de hipo-estresse? Compartilhe conosco qual é o seu tipo de estresse.

Recomendados para você