Quando voltar para casa depois de viver em outro país se torna um desafio

· maio 16, 2017

Se você já viveu em outro país com uma cultura muito diferente da sua, percebeu que há algumas adaptações que são um desafio: choques culturais, um idioma e pessoas muito diferentes…  Mas este é apenas o começo de um período de adaptação. No entanto, o que não é muito comentado é a readaptação quando voltamos o nosso país de origem, que pode ser igualmente difícil se o período que passamos fora foi longo.

Quando você está longe do seu país, é normal sentir saudades de casa. No entanto, com certeza você nunca pensou que, se um dia voltasse, teria que se readaptar ao seu próprio país. É uma sensação muito estranha. Sentir-se estrangeiro em seu próprio país? É uma adaptação cultural inversa: reaprender a viver no seu país. Este sentimento é mais comum do que você pensa.

Foi muito difícil me adaptar a um novo país, mas a parte mais difícil foi voltar para casa e perceber que eu já não se encaixava ali.

É preciso tempo e esforço para se adaptar a outro país

Quando chegamos em um novo país precisamos nos adaptar a tudo: novos costumes, paisagens, lugares e pessoas. Para isso, paciência e esforço serão fundamentais. Você terá que criar novos vínculos com esse lugar onde passará um tempo determinado e mudar a sua forma de agir.

No entanto, isso é algo que você já sabe. No entanto, o que você não percebeu é que tudo isso que você está fazendo agora para se adaptar, deverá fazer novamente quando voltar para casa. É complicado, mas não há sentimento pior do que se sentir estranho em um lugar conhecido, onde você nasceu e cresceu, que agora lhe parece desconhecido.

imagem-menina-com-galhos-de-arvore

Não se estresse demais se você se sentir confuso ou se as dúvidas sobre a sua identidade passarem pela sua cabeça. É algo totalmente natural e tem a ver com esse choque cultural inverso que você está enfrentando. Você se sentirá desajeitado, um pouco estranho, cercado por todas aquelas pessoas que são da sua família, mas de quem, com a distância e o pouco contato, perdeu a intimidade.

Não devemos perceber o choque cultural inverso como algo antinatural. Alguns sentem mais, outros menos, mas isso acontece com todos que já viajaram e viveram em outro país. 

Você começa a pensar no quanto se afastou dos seus amigos e daqueles lugares que você gostava de frequentar. Onde estão? Eles se mudaram, mudaram de nome ou fecharam. Muitas coisas mudam com o passar tempo, e se você está passando por esse choque cultural reverso, observará como tudo está “fora de lugar”, e isso significa uma dose dupla de estresse.

Aprendendo a viver novamente em seu próprio país

A frustração será sentida devido aos novos costumes adquiridos no país que um dia você considerou estranho, mas que agora está muito mais próximo do que nos primeiros anos. Você notará que os supermercados têm produtos diferentes, que o horário das refeições é diferente, e poderá sentir um certo desconforto.

menino-por-do-sol

Mas este revés não vai durar muito. Pense em quanto tempo demorou para aprender a viver no país que você morou. Qual foi a primeira coisa que você fez? Com certeza… quebrar o isolamento. Saia de casa, pois conhecer pessoas e lugares será essencial para se livrar dessa barreira que está limitando você.

Encontre uma nova maneira de se reconciliar com o seu local de origem e aproveite para conhecer lugares que não conhece. Não rejeite a nova identidade que você adquiriu no país onde foi viver, não tente eliminá-la. Isso seria ruim para a sua autoestima, pois você ampliou a sua visão de mundo e isso é muito positivo.

Voltar para casa pode ser uma experiência muito gratificante se você rejeitar todos os sentimentos negativos que estão tomando conta de você. Agora você vê o mundo a partir de duas perspectivas diferentes, e é um especialista em superar os choques culturais. Não tente evitá-los, porque eles são naturais. Certamente você terá que recuperar a fluência com a língua, e gradualmente, deixará de pensar no que você estava acostumado.

Voltar para casa e sentir que você não se encaixa nesse lugar não tem que ser algo negativo, mas uma nova experiência que lhe trará muitas coisas positivas.

menina-em-seu-quarto

A maioria das pessoas que, como você, passaram um longo período de tempo fora do seu país de origem, têm que reaprender a viver nele quando retornam. Isso é algo natural que não deve lhe causar tristeza, apenas saudade de tudo o que viveu.

Claro que há muitos amigos com quem você pode entrar em contato novamente e, se não for possível, sempre poderá fazer novos amigos. Aja como se você estivesse chegando em um novo lugar e aprecie essa experiência que está vivendo. Sem dúvida alguma, será muito gratificante.

Imagens cortesia de Brandon Kidwell.