Ter vontade não é necessário para dar o primeiro passo

Ter vontade não é necessário para dar o primeiro passo

27, junho 2016 em Emoções 685 Compartilhados
Ter vontade não é necessário para dar o primeiro passo

Ter vontade de fazer as coisas significa estar motivado, ter um propósito vital, uma meta. Ter vontade nos impulsiona a entrar em movimento, na direção do que queremos alcançar ou realizar.

É verdade que a vontade é uma força que nos move, nos impulsiona a viver com expectativa e esperança, e é muito mais fácil realizar projetos ou planos com ela do que sem ela. No entanto, isso não significa que o movimento seja totalmente impossível se não estamos com vontade de nos mover.

Quando a vontade está nublada

Às vezes, nossas emoções de tristeza ou de depressão são tão intensas que não podemos ver um porquê, um sentido para a vida. A realidade é que todo mundo, em todas as circunstâncias, pode encontrar essa razão. Em vez disso, muitas vezes a emoção deixa nossa visão nublada e nos obriga a ver o mundo tingido de preto, quando a verdade é que existem todas as cores nesse mundo.

Quando a emoção deixa nossa visão nublada, os pensamentos negativos começam a nos bombardear. Ideias que acreditamos como se fossem a verdadeira realidade, quando a verdade é que elas são inimigos criados pela nossa mente irracional, que naquele momento não está pensando de maneira realista.

Mulher-triste-deitada-no-chão-sem-vontade-de-avançar

Com essa maneira de filtrar informação externa, é de se esperar que a gente se sinta arrependido e que esse estado emocional nos leve a agir por inércia, como um fantoche ou um prisioneiro das nossas emoções. Nós não temos vontade de sair, nem de fazer as atividades que amávamos, e colocamos a culpa de tudo no “não tenho vontade”, e é verdade, os desejos brilham pela sua ausência.

Diga NÃO a sua emoção

Quando essa falta de vontade ou de motivação estiver ganhando a batalha, é necessário dar um soco na mesa e dizer: basta! Parece que é muito fácil falar, mas difícil fazer. É verdade, mas ninguém disse que seria fácil. O que é certo é que vale a pena tentar e perseverar: a longo prazo, você irá começar a ver as outras cores que a vida tem.

O segredo é manter a sua ação, seus trabalhos, seus projetos, apesar de se encontrar sem forças. Para fazer isso você deve preparar-se mentalmente e entender que sua tristeza é apenas uma reação a nível fisiológico. Não podemos negar que ela pode se tornar muito desagradável. No entanto, apesar dela, e acima dela, podemos continuar nossos planos da maneira como eles já haviam sido previstos, sem hesitação.

Ser hedonista a longo prazo

O que é isso de ser hedonista a longo prazo? Isso significa que devemos estar conscientes de que muitas vezes temos que sacrificar o curto prazo para obtermos um prazer muito maior dentro de um certo tempo. Quando estamos mal e deixamos de agir, nós não enfrentamos o esforço de ter que se vestir sem vontade, sair para fazer compras sem forças ou estudar com motivação zero.

Homem-escalando-uma-montanha-com-muita-vontade

Além disso, os nossos pensamentos negativos sobre nós mesmos, o mundo e o futuro, são confirmados. Isto é assim porque, ao não nos darmos a oportunidade de agir, é impossível que sejamos capazes de ver os incentivos, pois estamos isolados em nosso próprio mundo interior. Nós nos vemos como incapazes, vemos o mundo como um lugar hostil e o futuro totalmente sem esperança.

Portanto, é necessário colocar sobre a mesa a nossa força de vontade, continuar caminhando mesmo que os pés pesem uma tonelada e traçar um caminho, pouco a pouco, até que vamos começar a ver as coisas de uma forma diferente. Até encontrarmos tudo de bom que está e sempre esteve lá fora, esperando por nós.

Recomendados para você