3 exercícios de treinamento mental que lhe farão mais feliz

· agosto 17, 2018

Podemos ser mais felizes fazendo exercícios de treinamento mental? Boas notícias: sim! As duas últimas décadas de pesquisas no campo da psicologia positiva revelaram que treinar nosso cérebro não é apenas possível, mas pode realmente mudar a sua funcionalidade para melhorar a plasticidade neuronal, aumentar a massa cinzenta e fortalecer as redes neurais.

Assim, da mesma forma que existem diferentes tipos de exercícios para estimular diferentes grupos musculares e qualidades físicas, você também pode desenvolver intencionalmente diferentes conjuntos de habilidades que melhoram sua sensação geral de bem-estar e felicidade.

Mas, por que é necessário treinar o cérebro para a felicidade? A resposta é simples. As imagens do córtex cerebral demonstram que o cérebro produz mais atividade elétrica após os estímulos negativos. As tendências cerebrais nos levam a nos concentrarmos no negativo, na nossa resposta de luta ou fuga.

Para cancelar a resposta de negatividade nos momentos em que ela não é adaptativa, podemos treinar nossas habilidades mentais. Uma das melhores maneiras de fazer isso é através de exercícios de pensamento positivo. Se fizermos da prática do pensamento positivo algo habitual, experimentaremos transformações positivas em quase todas as áreas da vida.

Neste artigo, vamos ver diferentes exercícios que ajudarão a treinar o cérebro para a felicidade e o sucesso.

Exercícios de treinamento mental que vale a pena praticar

Treinamento mental para ser mais feliz

1. Pratique a gratidão

É da natureza humana pensar na próxima coisa que vai acontecer, no próximo desafio. Essa expectativa nos impulsiona, nos dá forças para seguir em frente. No entanto, tudo isso perde um pouco de seu poder para nos fazer felizes quando nos esquecemos de agradecer por isso.

Praticar a gratidão tem um efeito poderoso porque é um lembrete das coisas que já temos. Além disso, você pode sublinhar uma mensagem: não precisamos de muitas das coisas que acreditamos ser necessárias.

A gratidão tem sido relacionada a diferentes benefícios físicos e psicológicos, incluindo a felicidade. Então, seja mencionando as coisas pelas quais você é grato durante o café da manhã, escrevendo um diário de gratidão antes de ir para a cama, não se esqueça de agradecer diariamente. Isso permite que seu cérebro se concentre no positivo: fica mais difícil ignorá-lo. Poderia ser a forma mais simples, mas também mais eficaz, de aumentar o seu bem-estar.

2. Respire conscientemente

A respiração tem um efeito incrível quando assumimos o controle. Em muitos casos, não conhecemos o potencial da nossa respiração como um calmante ou agente liberador de tensão. A raiva, a ansiedade, o medo, o estresse e a tensão contribuem quase automaticamente para uma respiração superficial.

Tudo que você precisa é de cinco minutos para respirar prestando atenção. Seja porque você está ansioso, triste, confuso, dedique cinco minutos várias vezes por dia para se concentrar em sua respiração. Esse, por si só, é o ponto de partida para um exercício de meditação.

“A vida não está te esperando em nenhum lugar, está acontecendo. Não está no futuro como uma meta que você tem que alcançar, é aqui e agora, neste exato momento, na sua respiração, na circulação do seu sangue, na batida do seu coração. Seja como for, é a sua vida, e se você começar a procurar significados em outro lugar, irá perdê-la”.
-Osho-

Os benefícios da meditação

3. Antes de tudo, sorria

Muitos estudos mostram que sorrir, seja naturalmente ou replicando o gesto de maneira consciente, produz “felicidade” no cérebro e no corpo. Isso ocorre porque quando você sorri, independentemente de como, envia ao seu cérebro a mensagem associada a um sorriso.

A esse respeito, cabe destacar os resultados de um estudo longitudinal de 30 anos realizado na Universidade da Califórnia-Berkeley, no qual os pesquisadores examinaram os sorrisos dos estudantes de um antigo anuário e mediram seu bem-estar e sucesso.

Os pesquisadores avaliaram até que ponto seus casamentos foram satisfatórios e duradouros, revisaram sua pontuação em um teste de bem-estar padronizado e analisaram até que ponto eram inspiradores para os outros. Aqueles que sorriram mais em sua foto do anuário obtiveram uma pontuação maior em todos os parâmetros mencionados.

Na verdade, o exercício de sorrir é muito simples. Por um lado, dê a si mesmo a oportunidade de rir e sorrir todos os dias vendo coisas que lhe agradam, visitando pessoas que você fique feliz em ver, lendo coisas divertidas, etc. Por outro lado, lembre-se de “colocar” seu sorriso e tirá-lo para passear. Sorria ao cumprimentar, agradeça sorrindo, sorria como a primeira forma de contato com qualquer pessoa… É fácil, é divertido e gratificante, e faz você feliz.