Desenvolva estas 3 habilidades para prevenir a depressão

· julho 27, 2017

Muito já se falou sobre esta doença e suas manifestações. Também sobre o jeito de encarar os seus sintomas. Contudo, acredito que não se enfatizou suficientemente algo que é crucial: é possível prevenir a depressão. No entanto, para conseguir isso, é preciso desenvolver certas habilidades.

Não é segredo para ninguém que a depressão vem aumentando no mundo todo. Existem várias pesquisas que confirmam isso. De fato, até se transformou em um estado do qual muitos falam como se fosse perfeitamente normal. As pessoas dizem: “Acordei deprimido” e pronto. Como se fosse alguma coisa que nem merecesse atenção.

“Quão maravilhosa tem sido a minha vida. Quem dera eu tivesse percebido isso antes”.
-Colette-

Embora muito se insista nisso, para muitas pessoas a diferença entre tristeza e depressão ainda não é clara. Esta última não é uma condição normal, e sim um estado sustentado no tempo que requer medidas pontuais para ser erradicado. A tristeza é uma emoção, a depressão uma doença. E como em toda doença, se forem adotadas medidas a tempo, é possível prevenir seu desenvolvimento.

Reconheça suas próprias emoções para prevenir a depressão

É comum que as pessoas descrevam suas emoções de forma imprecisa. Isso não é um problema de linguagem, mas sim de pensamento. Muitas vezes não fazemos esforço suficiente para captar e definir o que realmente sentimos.

É possível prevenir a depressão?

A verdade é que batizar e delimitar as emoções não é nada fácil. Só se consegue com um esforço constante. Ajuda se você tentar descrever cada emoção por escrito para entender a sua natureza. Você sente raiva ou se sente frustrado? Você está feliz ou eufórico?… Às vezes as diferenças são sutis, mas relevantes.

Se você aprender a reconhecer suas próprias emoções terá dado um passo gigantesco para prevenir a depressão. Tal reconhecimento ajuda a colocar a mente em ordem. Em função disso, os problemas são melhor compreendidos e fica mais fácil visualizar os caminhos para solucioná-los.

Aumente a empatia

Um fator chave para prevenir a depressão é o desenvolvimento da empatia. É uma habilidade que permite compreender os sentimentos do outro e se colocar no seu lugar. Contribui para entender a realidade do ponto de vista de alguém diferente: em diferentes circunstâncias, com interesses diferentes e sob a influência de pensamentos diferentes.

Como prevenir a depressão

Por que a empatia contribui para prevenir a depressão? Sem perceber, o exercício de compreender o outro aumenta a compreensão que você tem de si mesmo. Também permite que você saia da sua ilha mental e veja o mundo a partir de outro ponto de vista. E, obviamente, facilita o seu relacionamento com os outros.

As pessoas empáticas sempre são menos solitárias e mais flexíveis. Isto implica que também sejam mais tolerantes e, portanto, menos conflitantes. Uma pessoa com a empatia bem desenvolvida dificilmente cai nas garras da depressão.

Aprenda a se comunicar de forma assertiva

A forma como você se comunica com o mundo determina a forma como você se relaciona com o mundo. Não existe outra maneira de saber o que uma pessoa pensa ou sente, senão através da forma como ela se comunica. Pode ser com um gesto, com as palavras, inclusive com os silêncios. Também através das suas manifestações artísticas. No fundo, o ser humano está sempre comunicando.

Comunicação para prevenir a depressão

A comunicação, querendo ou não, depende da qualidade dos vínculos que você estabelecer. Se você mantém silêncio, tendo alguma coisa a dizer, o que vem não é a compreensão, mas sim a confusão. Se você diz que tem algo a dizer, mas faz isso sem considerar a forma, o resultado não é a compreensão da sua mensagem, mas sim uma reação à sua franqueza ou agressividade.

A comunicação assertiva tem a ver com conseguir expressar o que você sente e pensa de forma que possa ser verdadeiramente compreendido pelos outros. Conseguir isso requer um treinamento constante. Além disso, nem sempre você é dono do que os outros entendem. Mesmo assim, a sua parte é falar de forma clara, serena e adequada. Assim, você terá uma maior chance de ser entendido.

O reconhecimento das emoções, a empatia e a comunicação assertiva estão intimamente ligados entre si. Estas três habilidades contribuem de forma decisiva para prevenir a depressão. Não surgem de forma espontânea, mas são habilidades que precisam ser cultivadas. Certamente não é fácil, mas vale a pena porque tudo isto irá se refletir em mais saúde mental e em uma melhor qualidade de vida.