3 lendas curtas para crianças

maio 30, 2019
Essas três lendas curtas, repletas de tradição, representam um cenário fascinante para conversar com os mais jovens sobre valores que merecem ser emblemas da própria vida.

As histórias costumam ser exemplos fantásticos para ensinar valores aos nossos filhos. As lendas curtas para crianças podem se tornar ferramentas maravilhosas para que, enquanto sonham e se imaginam protagonizando suas próprias histórias, elas se tornem pessoas melhores: mais responsáveis, independentes e empáticas.

Ao longo da história, a tradição da lenda oral passou de pais para filhos sem que as histórias contadas variem muito. É claro que algumas se adaptaram aos tempos, outras se suavizaram, como aconteceu com aquelas usadas ​​pela Disney em seus filmes, e muitas foram transformadas.

No entanto, todas elas guardam uma boa parte de seus elementos culturais e de sua finalidade pedagógica, que é a aprendizagem de valores, ideais, interesses, etc.

As melhores lendas curtas para crianças

Não devemos confundir a lenda com o mito ou a fábula. Em geral, a lenda é extraída de uma suposta realidade ancestral enraizada na história, mas misturada com o fantástico, o sobrenatural e o imaginário.

A fábula costuma ter como protagonista um animal. Além disso, oferece um ensinamento, uma moral. Uma lenda pode conter elementos da fábula e também do mito: embora contenha elementos sobrenaturais, narra eventos sociais que podem ter alguma verdade na origem, mas que tenham sido distorcidos ao longo dos anos, das gerações e pelo boca a boca.

O melhor exemplo é sempre ver a realidade. Por essa razão, a seguir, vamos conhecer uma série de lendas curtas que podem ser muito úteis para os pequeninos.

O holandês voador: lendas curtas para crianças

O holandês voador

Dentro do mundo das lendas curtas, a do holandês voador chama a atenção. Ela remonta ao século XVII e conta a história do capitão Hendrik Van Der Decken, cujo navio com destino à Índia é atingido por uma tempestade superada graças à determinação do marinheiro, que foi capaz de desafiar a autoridade de Deus.

Por isso, a divindade o condenou a vagar sem destino pelo seu navio através dos oceanos do mundo. Desde então, o fantasma de seu barco aparece à noite com outras almas penadas, sendo sua visualização um mau presságio.

Muito além das interpretações religiosas, essa lenda é usada com crianças para aprender a respeitar a autoridade. Ou seja, é interessante que sejam elas mesmas, tenham personalidade e afirmem suas convicções, mas sempre respeitando seus pais, cuidadores, professores, tutores, colegas, etc.

Krampus

Um detalhe curioso que encontramos em algumas lendas é um singular toque sórdido, às vezes quase aterrorizante. Esse poderia ser o caso de Krampus, um ser europeu popular que é metade demônio e metade bode, com chifres gigantes e corpo peludo.

Krampus é o personagem típico que aparece todo Natal para punir as crianças que não se comportaram bem, e sua origem é anterior ao cristianismo. Lembre-se de que no passado era costume fazer esse reforço negativo com os pequenos com personagens como Krampus ou o famoso homem do saco.

No entanto, a lenda de Krampus pode ser amenizada usando personagens da tradição natalina, como Papai Noel ou São Nicolau ou os próprios Reis Magos, que recompensam as crianças por sua boa atitude.

Robin Hood

Vamos terminar com uma lenda que fala de justiça e igualdade. Sem dúvida, o personagem medieval inglês de Robin Hood, dezenas de vezes adaptado para filmes, livros, quadrinhos, etc., dá forma a uma das mais belas histórias infantis.

Baseado em certos personagens reais e suas aventuras, como Ghino di Tacco, Hood era um príncipe entre ladrões. Um nobre caído em desgraça que compartilhava a justiça entre os pobres roubando dos ricos, sobretudo de João Sem-Terra, que se apropriou do trono inglês na ausência de seu irmão, o amado Ricardo Coração de Leão.

Contos de fadas e heróis

A popularidade de Robin Hood nasceu no século XV, embora os eventos históricos estivessem localizados no século XIII. Seja como for, pode ser um bom exemplo de justiça social, de lutar contra a tirania que pode ser exercida por certos setores com poder e de pessoas que relegam parte de seus interesses mais egoístas para ajudar os mais necessitados.

Qualquer uma dessas lendas curtas para crianças, adaptadas aos tempos atuais, podem ser bonitos cenários para a educação, o debate e, por que não, para diversão.

“A tirania só leva ao fracasso”.
-Robin Hood-