35 perguntas que fazem alguém se apaixonar

· agosto 14, 2016

Segundo um estudo, duas pessoas podem se apaixonar uma pela outra após terem respondido a 35 perguntas de forma sincera e autêntica.

O encontro deve ser íntimo, tranquilo, com apenas um requisito final: que os dois se olhem nos olhos após terem respondido ao questionário. Assim, o amor germinará.

“Não se esqueça nunca de que o primeiro beijo não se dá com a boca, e sim com os olhos.”
-O. K. Bernhardt-

Um experimento para se apaixonar

Faz 20 anos que Arthur Aron, psicólogo e professor da Universidade de Nova Iorque, nos Estados Unidos, realizou um experimento que consistia em propor que duas pessoas que não se conheciam, homens e mulheres, respondessem a 35 perguntas. Depois de respondê-las ambos deviam se olhar nos olhos durante 4 minutos, e em silêncio.

Apaixonar-se

Surpreendentemente, depois de 6 meses os participantes deste experimento realmente haviam se apaixonado.

A colunista do jornal New York Times, Mandy Len Catron, quis comprovar o experimento do Dr. Aron em si mesma e em sua vida. O resultado obtido foi que seus participantes também se apaixonaram.

O segredo destas perguntas é que suas respostas fazem com que você se abra e exponha suas áreas vulneráveis, permitindo a proximidade entre as duas pessoas.

Quais são as 35 perguntas que fazem alguém se apaixonar?

  • Se você pudesse escolher qualquer pessoa no mundo, quem convidaria para jantar?
  • Você gostaria de ser reconhecido pelos demais? Em que âmbito?
  • Antes de fazer uma ligação você prepara o que vai dizer? Para quê?
  • Como seria seu dia perfeito?
  • Quando foi a última vez em que você cantou estando sozinho? Quando cantou para alguém pela última vez?
  • Se você pudesse viver até os 90 anos e guardar a sua mente ou corpo de 30 anos durante os últimos 60 anos de sua vida, qual dos dois escolheria?
  • Você pressente a forma como morrerá?
  • Cite três traços que você e seu companheiro possam ter em comum.
  • Por que coisa/situação na sua vida você se sente mais grato?
  • Se pudesse mudar algo na forma como você foi criado, o que mudaria?
  • Em apenas quatro minutos conte a seu companheiro a história da sua vida com todos os detalhes possíveis.
  • Se amanhã você pudesse acordar com um novo talento ou capacidade, qual seria?
  • Se tivesse uma bola de cristal que contasse a verdade sobre a sua pessoa, sobre a sua vida e o futuro, o que gostaria de saber?
  • Há algo que você quer fazer há muito tempo? O que o impede de fazê-lo?
  • Qual foi a conquista mais importante da sua vida?
  • O que você mais valoriza em seus amigos e pessoas que ama?
  • Qual é a sua melhor lembrança?
  • Qual é a lembrança mais dolorosa que você já viveu?
  • Se você soubesse que poderia morrer a qualquer momento, mudaria algo na sua vida atual? Por quê?
  • O que os amigos significam para você?
  • Que papel o amor e o afeto possuem na sua vida?

coração-arvore-apaixonar-se

  • Mencione, em ordem, as cinco qualidades mais importantes do seu companheiro.
  • Quão próxima é a sua relação com a sua família? Você acredita que teve uma infância feliz?
  • O que você pensa da sua relação com a sua mãe?
  • Comece três frases verdadeiras com a palavra “nós”
  • Complete a seguinte frase: “Eu gostaria de compartilhar….. com alguém.”
  • Se quisesse ser um amigo próximo do seu parceiro, o que ele deveria saber sobre você?
  • Diga ao seu companheiro o que você gosta nele. Seja muito sincero e diga o que não seria capaz de dizer a um desconhecido.
  • Conte ao seu companheiro sobre um momento desagradável da sua vida.
  • Quando você chorou pela última vez e por quê?
  • Sobre o que você nunca brinca?
  • Se você fosse morrer esta noite e não pudesse falar com ninguém, o que você se arrependeria de não ter dito a alguém? Por que ainda não disse?
  • A morte de quem o afetaria mais? Por quê?
  • Compartilhe um problema pessoal com o seu companheiro e peça um conselho a respeito de como solucioná-lo. Em seguida pergunta ao seu companheiro o que ele pensa a respeito de você ter sido tão honesto e sincero ao contar a situação.

Pode ser que aconteça e pode ser que não, mas a verdade é que teremos ganhado mais cumplicidade com a outra pessoa, pois com estas perguntas revelamos parte da nossa alma.

Você tem coragem de experimentar e se apaixonar?

“E para estar total, completa e absolutamente apaixonado, é preciso ter plena consciência de que também somos amados, de que também inspiramos amor.”
-Mario Benedetti-