4 formas de aliviar as emoções dolorosas

4 formas de aliviar as emoções dolorosas

julho 22, 2016 em Emoções 437 Compartilhados
Mulher lidando com emoções dolorosas

A dor e as emoções dolorosas são coisas que não podemos evitar sentir. Embora as emoções sejam negativas e positivas, as primeiras podem nos causar uma dor emocional que, em algumas ocasiões, acaba conosco.

Esta desagradável dor emocional é, muitas vezes, pior do que a própria dor física. É por isso que algumas pessoas tentam aliviá-la socando algo, gritando em uma almofada e, em casos mais extremos, recorrem à autolesão.

“Nunca podemos julgar a vida dos demais, porque cada um sabe da sua própria dor e da sua própria renúncia.”
-Paulo Coelho-

Se você é uma pessoa otimista e positiva, conseguir superar esta dor poderá ser mais fácil do que para alguém que seja negativo e pessimista.

De qualquer maneira, esperamos que estas 4 formas de aliviar as emoções dolorosas possam ser realmente eficazes para todos que estejam sofrendo.

mulher-desesperada-emoções-dolorosas

1. Enfrente a situação

Uma das reações que temos inconscientemente costuma ser a negação da situação que estamos vivendo neste mesmo momento.

É uma atitude totalmente normal e aceitável, que ocorre devido à dor que causa e que, inevitavelmente, queremos evitar e superar.

No entanto, se você não quer que esta dor emocional se transforme em uma ferida profunda, deve reconhecer o que aconteceu, entender por que chegou a isso e como é possível solucionar a situação (se é que existe alguma solução).

Uma vez que você seja consciente da situação, tome um tempo para olhar as coisas sob outra perspectiva e aceitá-las. Isso o ajudará a ver a realidade.

“A arte de vencer as grandes dificuldades pode ser estudada e adquirida com o costume de enfrentar as pequenas.”
-Cristina Trivulzio di Belgioioso-

Além disso, você nunca deve tentar se distrair desta dor emocional. Cedo ou tarde as emoções dolorosas voltarão. Pense que é como uma ferida que, se não se cura, voltará a se infectar ou sangrar com o tempo.

2. Desabafar é necessário

Ainda que você não queira aceitar, será muito importante desabafar para se libertar de toda esta dor que o atormenta, persegue e não deixa de fazê-lo sofrer.

Para isso, você pode colocar em prática as seguintes técnicas que ajudarão a desabafar:

  • Fale com alguém que realmente o escute.
  • Faça rabiscos em um papel, ainda que eles não tenham sentido algum.
  • Grite em uma almofada.
  • Saia para fazer exercícios. Isso ajudará a descansar e preparar a mente para depois enfrentar a dor de uma forma melhor.
  • Ouça intensamente uma boa música.
  • Quebre ou amasse algo. Até amassar um papel pode ajudar.

Todas estas técnicas poderão ajudar a extravasar a dor. Você quer compartilhar a sua técnica conosco? Certamente há muitas variedades eficazes para fazer isso. O que funciona para você?

mulher-superando-emoções-dolorosas-pelo-esporte

3. Sempre há um lado positivo

Sempre é possível tirar algo positivo do negativo. Por exemplo, se uma amizade nos traiu isso nos ajudará a escolher melhor os amigos do futuro.

Além disso, tudo o que causar dor emocional pode ajudar a amadurecer. Aprender com uma relação amorosa falida e dolorosa, aprender com uma decepção, etc…

Todo este aprendizado nos tornará mais cautelosos, maduros e nos ajudará a descobrir realmente o que queremos em nossa vida e o que devemos eliminar.

“A derrota tem algo positivo: nunca é definitiva.”
-José Saramago-

As experiências negativas existem para que possamos aprender com elas e nos transformarmos no que realmente queremos. Graças a elas, podemos avançar positivamente em nossa vida sempre que aprendermos algo com os acontecimentos negativos.

4. Não deixe que as emoções dolorosas o definam

É somente uma etapa; todos passamos por isso e teremos mais dificuldades no futuro. Somos seres emocionais e teremos que suportar muitas outras situações dolorosas. Você vai se dar por vencido?

  • Você é forte e tem o poder de enfrentar esta dor aprendendo com ela, nutrindo-se de todo o positivo que ela pode oferecer.
  • Pense na dor como uma fonte de motivação, de força, que você deve sentir e assimilar para se tornar mais forte e amadurecer.
  • Nunca deixe que a dor o afunde. Você é muito melhor do que este momento de dificuldade que cedo ou tarde passará.

“A dor é inevitável. O sofrimento é opcional.”
-Buda Gautama-

Busque sempre alguém que esteja disposto a ouvi-lo, alguém em quem você confie. As coisas ficam mais claras e são mais fáceis de superar quando são compartilhadas.

Recomendados para você