Crenças erradas sobre a sexualidade - A Mente é Maravilhosa

5 crenças erradas sobre a sexualidade

dezembro 21, 2017 em Curiosidades 162 Compartilhados
Crenças erradas sobre a sexualidade

A famosa atriz americana Marilyn Monroe dizia, com um bom senso de humor, que “o sexo faz parte da natureza, e me dou maravilhosamente bem com a natureza”. É por isso que é especialmente curioso que algo tão natural possa causar tanto alvoroço e até rejeição. De fato, ao longo da história têm surgido muitas crenças erradas sobre a sexualidade.

Além disso, muitas dessas crenças em relação ao sexo foram rejeitadas pela própria ciência, que mostrou em diversos estudos sua falta de verdade. No entanto, elas permanecem instaladas na imaginação coletiva de muitas sociedades, causando inclusive disfunções, desconforto, ou mesmo problemas em casal.

“O sexo é sujo? Somente quando bem feito.”
-Woody Allen-

Crenças erradas sobre a sexualidade

Essas crenças erradas sobre a sexualidade em certos ambientes podem levar a piadas e chacotas, mas a verdade é que, longe de serem inócuas, podem acabar causando problemas pessoais. Infelizmente esses problemas não têm base científica ou real, apenas social, e vêm de idéias falsas. Então… conheceremos algumas das mais profundamente enraizadas e habituais.

A masturbação é coisa de homens solteiros

Curiosamente, este é um mito sexual ainda difundido. Acontece que, para algumas pessoas, a estimulação autônoma é apenas uma questão de homens, se possível, solteiros. Além disso, para muitos outros, se há pessoas com parceiros que se masturbam é um indicador de que elas não estão satisfeitas com a vida sexual compartilhada. No entanto, o que a ciência nos diz é que um fato não tem nada a ver com o outro.

De fato, pensar assim é um erro. A estimulação ou a auto-estimulação é importante e até mesmo saudável. É uma maneira fundamental de aprender, se conhecer e saber o que gostamos e o que não gostamos na hora de atingir um orgasmo. Assim, poderíamos dizer que a masturbação é agradável e útil tanto para homens quanto para mulheres, com ou sem um parceiro.

Mulher desfrutando sua sexualidade

A primeira penetração vaginal é sempre dolorosa e não leva à gravidez

Primeiro, não há nenhuma relação entre a primeira vez e a gravidez. É verdade que é um processo complexo no qual muitos fatores intervêm, mas não significa que a primeira relação esteja entre eles.

Em segundo lugar, referindo-se à dor, é verdade que alguns fatores podem influenciar. Embora a vagina seja elástica e seja projetada para o aproveitamento sexual e não para a dor, o nervosismo da primeira vez, e inclusive as altas expectativas, poderiam causar uma falta de lubrificação. Esse é um fator importante na aparição da dor, mas ela nem sempre ocorre, embora seja difícil não sentir certo nervoso devido a importância que é dada à “primeira vez” em nossa cultura.

“Em todo encontro erótico há um personagem invisível e sempre ativo: a imaginação.”
-Octavio Paz-

O orgasmo feminino sempre chega através da penetração

Aqui tempos outra falsa crença sobre o sexo. O clitóris é o ponto feminino onde há mais terminações nervosas, então as maiores possibilidades de prazer estão ali, e não na vagina.

No entanto, podemos distinguir entre dois tipos de orgasmos femininos, o vaginal e o clitoriano. De fato, o ideal, além da penetração, é que também haja estimulação do clitóris, de modo que a sensação de prazer seja muito mais completa. Mas um não é exclusivo do outro, e a penetração não precisa ser o único método para alcançar o orgasmo.

O tamanho do pênis importa?

Esta é uma das questões que podem causar mais problemas no homem. O tamanho do seu pênis realmente importa? A verdade é que não. Obviamente, qualquer pênis, dentro das medidas que são consideradas normais, pode causar e produzir um orgasmo prazeroso.

Como dissemos, a vagina é elástica e está pronta para se adaptar a qualquer tamanho. No entanto, se falamos de proporções mínimas ou exageradas, entramos em problemas físicos. Mas quando se trata de normalidade, nada tem a ver o volume com a proporção de prazer que pode causar.

Mulher durante o sexo

O coito interrompido é um anticoncepcional confiável

Outro dos grandes mitos que muitas vezes se torna moda entre os jovens, principalmente. Mas, na realidade, é totalmente falso. Quando o homem está excitado, ele libera fluido pré-seminal como resultado de sua condição.

Como você deve ter adivinhado, este líquido contém espermatozoides que poderiam fertilizar um óvulo. É verdade que as chances são mais baixas devido ao seu número, mas é perfeitamente possível engravidar uma garota e, é claro, transmitir qualquer doença sexualmente transmissível.

Ainda hoje, com todos os meios para nos informarmos que temos, essas 5 crenças erradas sobre a sexualidade seguem muito válidas, por incrível que pareça. É nossa função trabalhar para bani-las de uma vez por todas.

Recomendados para você