5 dicas para expressar a dor emocional

· dezembro 18, 2018

Expressar a dor emocional se transformou em algo impopular. Embora nenhum ser humano seja capaz de fugir do sofrimento, tornou-se comum rejeitá-lo. Os braços se abrem para quem é “positivo” e tem “boas energias”. Os olhos e os ouvidos se fecham para quem sofre, porque parece que a dor é um mal contagioso.

A verdade é que todos os seres humanos, cedo ou tarde, experimentam o sofrimento. Uns mais do que outros, mas todos nós o sentimos alguma vez na vida. Nessas circunstâncias, é indispensável ter a possibilidade de expressar a dor emocional. Reprimir a torna mais forte e impede que seja processada.

 “Se não está em suas mãos mudar uma situação que lhe provoca dor, você sempre poderá escolher a atitude com a qual encarar esse sofrimento”.
-Viktor Frankl-

O lado ruim é que muitas vezes não sabemos como expressar a dor emocional. Afinal, as palavras parecem insuficientes. Além disso, muitas vezes também não são suficientes para aliviar o sofrimento. Por isso, daremos algumas dicas que lhe permitirão manifestar o que você sente de uma maneira mais eficaz.

1. Falar em voz alta

Embora não pareça, há uma grande diferença entre pensar na dor e dizê-la em voz alta. O pensamento está envolto em palavras. Nós mantemos um diálogo interno constante, mas ele não nos exige muita ordem, nem precisão nas ideias.

Mulher gritando

Quando as coisas são faladas em voz alta, ocorre um processo interessante. As ideias devem ser ordenadas para que a mensagem seja coerente e compreensível. Os fatos também devem ser concretizados e definidos para serem compreendidos. Por isso, falar em voz alta ajuda a atingir uma catarse. Você não precisa nem falar para outra pessoa, basta dizer para si mesmo. Também pode se gravar e escutar o que diz.

2. Aprender a descarregar a tensão com atividades relaxantes

O sofrimento causa uma maior tensão emocional. Há uma sensação de desprazer e incômodo da qual é difícil se livrar. Também é possível entrar em estados extremos de alerta ou de entorpecimento incômodo.

Nada melhor do que o exercício para eliminar parte dessa sobrecarga emocional. A atividade física muda nosso foco de atenção. Também ativa processos neuronais que induzem a um maior sentimento de bem-estar.

3. Explicar, algo fundamental para expressar a dor emocional

As pessoas se tornaram muito intolerantes ao sofrimento alheio. Por isso, expressar a dor emocional aos outros às vezes é muito difícil. Não queremos incomodar os demais, nem sentir sua rejeição. No entanto, às vezes parece impossível, pelo menos momentaneamente, se livrar desse estado de ânimo sombrio.

Amigas conversando

O ideal nesses casos é explicar aos outros o processo pelo qual estamos passando. Devemos fazer as pessoas enxergarem que estamos passando por um momento difícil e que talvez seja possível que não consigamos sair automaticamente desse estado, porque ainda precisamos processar o que sentimos. Dessa forma, as outras pessoas terão mais elementos para interpretar o que está acontecendo conosco, sem que isso leve a um conflito.

4. Evitar o conflito em relação ao que se sente

É comum que o sofrimento também nos leve a ficar mais irritáveis e, às vezes, intolerantes com o mundo. Às vezes caímos na tentação de canalizar nossas frustrações e desconfortos criando conflitos com os outros.

É importante evitar que isso aconteça, pois só vai acrescentar mais peso à situação que você já está enfrentando. Por isso, o indicado é simplesmente não entrar em discussões com ninguém, sobre coisa alguma. Se você fizer isso, é possível que acabe envolvido em um conflito que não vai trazer nada de positivo. É melhor evitar os confrontos.

5. Manter um diário

O diário é uma ferramenta usada há muito tempo para diferentes fins. Um deles é expressar a dor emocional. Assim como ocorre uma reorganização das ideias ao passá-las do pensamento para a linguagem ao falar em voz alta, também é produzida uma nova reorganização mais profunda e precisa na linguagem escrita.

Pessoa escrevendo em diário

O ato de escrever constitui uma via de catarse. Além disso, proporciona uma nova perspectiva. Ao ler o que você escreveu, você se vê a partir de uma perspectiva externa. Isso ajuda a processar melhor as emoções e colocar tudo em uma perspectiva racional. Às vezes, também ajuda a encontrar uma saída criativa para o sofrimento.

Todos esses meios para expressar a dor emocional são muito valiosos. Qualquer opção é melhor do que ficar calado, se reprimir ou se manter passivo perante a dor. É preciso colocar para fora, se livrar da dor através de todos os meios que estiverem ao seu alcance. Expressar a dor é a única maneira de processá-la e superá-la.