Dicas para ser mais criativo - A Mente é Maravilhosa

5 dicas para ser mais criativo

Maio 18, 2018 em Curiosidades 0 Compartilhados
Dicas para ser mais criativo

O grande pintor Vincent van Gogh disse que “se você ouvir uma voz dentro de si que diz ‘você não pode pintar’, então pinte, aconteça o que acontecer, e a voz será silenciada”. Infelizmente, à medida que envelhecemos, parece que nos esquecemos disso, mas é possível combater esta situação com estas dicas para ser mais criativo.

Muitas pessoas confundem a criatividade com a capacidade de se expressar de maneira artística. No entanto, o pensamento criativo é muito mais complexo, completo e positivo do que a mera pintura ou arquitetura, para falar apenas de dois tipos de arte muito comuns.

“Não tenha medo da perfeição, você nunca a alcançará.”
-Salvador Dalí-

O que é criatividade?

A criatividade é a capacidade de produzir algo do nada. Também a definem como a base ou estabelecimento de algo pela primeira vez. Da mesma forma, podemos nos referir a ela como o fato de dar vida ou fazer algo nascer em um sentido figurado.

Criatividade

No entanto, essa definição pode ser um pouco escassa para o que entendemos hoje como criatividade. Um pensamento criativo é capaz de encontrar diferentes soluções para qualquer tipo de problema.

Muitas pessoas consideram que não são criativas. Algumas não acreditam que podem contribuir com ideias que inclusive poderiam transformar o mundo. No entanto, a verdade é que a criatividade não apenas é um talento, mas também pode ser considerada uma capacidade treinável, melhorável e potencializável.

Dicas para ser mais criativo

Para entender bem as dicas para ser mais criativo e saber que é algo que todos podemos alcançar, o melhor é conversar com especialistas. Neste caso, vamos saber o que pensam duas pessoas que mostraram que essa habilidade é sua grande arma. Elas são Juliana García e Germán Ferruncho, da famosa agência de publicidade Ogilvy & Mather. O que eles propõem para evitar o medo de criar?

Entender a criatividade

Este exemplo é uma uma maneira fantástica de compreender a criatividade: compará-la com uma corrente elétrica. Se tivermos corrente, teremos luz, caso contrário não. Com a criatividade, acontece o mesmo. Se ela existe, tudo flui e evolui, se não, tudo permanece como é.

Imagine que o ser humano não teria pensado em usar uma roda para facilitar o transporte. Você pode pensar em como o mundo seria hoje sem essa invenção? Pois essa é a verdadeira criatividade.

A criatividade não tem exclusividade

Outro ponto importante é a exclusividade. Como mencionamos no começo, a criatividade não pode ser aplicada apenas a artistas. Mesmo nos trabalhos domésticos, se formos criativos, poderemos encontrar fórmulas para torná-los mais confortáveis, breves e até divertidos.

Um exemplo muito simples que nossos especialistas fornecem neste artigo é a saudação matinal. Você pode imaginar o que aconteceria se você mudasse algo todas as manhãs? Sem dúvida, um gesto tão simples pode mudar o dia todo.

Assim acontece com tudo o que você fizer. Se você mudar o penteado, as pessoas vão olhar para você de maneira diferente. Se escolher roupas chamativas, acontece o mesmo. Em outras palavras, o simples fato de mudar a sua rotina diária já estará fazendo de você uma pessoa mais criativa. Simples assim.

Deixe suas ideias fluírem

Popularmente chamada de chuva de ideias ou brainstorming, esta é uma ferramenta fundamental das pessoas criativas. Deixar seus pensamentos fluírem e transformá-los em ideias é uma maneira espetacular de encontrar espaços inspiradores.

“A curiosidade sobre a vida em todos os seus aspectos continua sendo o segredo das pessoas mais criativas”.
-Leo Burnett-

Aumentar a criatividade

A criatividade pode ser treinada

Obviamente algumas pessoas nascem mais criativas que outras, assim como existem aquelas que possuem maior capacidade intelectual ou possuem um grande pensamento matemático ou espacial. Mas isso não significa que não podemos treinar e melhorar em qualquer campo artístico, científico, etc.

Temos que pensar na imaginação como um músculo que precisa de uma ginástica diária. Se saírmos dos esquemas habituais e rotineiros, nosso mundo não apenas será mais divertido, mas também se tornará um espaço mais inspirador.

Evite pensamentos acomodados

Em geral, crescemos e nos desenvolvemos em um ambiente cultural específico. As tradições, a religião, os costumes, a ideologia… Tudo isso pode nos levar a nos acomodar e nos impedir de sair da nossa zona de conforto.

Se pensarmos em nosso mundo como uma estrutura rígida, dificilmente pensaremos de forma criativa. Devemos ter cuidado com os pensamentos que nos “amarram” em excesso, pois eles nos impedem de deixar o conforto repetitivo dos padrões.

Você não deveria dizer que não pode. Se você não tentar, não será capaz. Com estas dicas para ser mais criativo, todos nós podemos encontrar novas formas de pensar que nos ajudarão a encontrar soluções para qualquer problema que até hoje nunca imaginamos que poderiam ser válidas. Vamos tentar?

Recomendados para você