5 estratégias para manter uma boa conversa

· setembro 13, 2018

O diálogo é um dos pilares dos nossos relacionamentos. É através da palavra que entramos em contato com a nossa sociedade e a nossa cultura. Por isso, saber manter uma boa conversa é decisivo para construir, preservar e enriquecer o nosso círculo de apoio.

Nesse sentido, a boa notícia é que todas essas habilidades sociais podem ser melhoradas com as técnicas e práticas corretas. Nós falamos de uma “arte” que é aprendida através da prática.

Para manter uma boa conversa, o mais importante é ter uma atitude de abertura em relação ao outro. Podemos aprender e ter uma troca agradável com todas as pessoas. Dito isso, há também algumas diretrizes que contribuem para tornar o diálogo mais proveitoso. São as seguintes.

“Uma boa conversa deve esgotar o assunto, não os interlocutores”.
-Winston Churchill-

1. Escuta ativa

Manter uma boa conversa é algo que depende diretamente da capacidade de ouvir. Saber ouvir o outro não é aumentar a quantidade de sons que o ouvido é capaz de perceber. A boa escuta é ativa, isto é, participativa.

A escuta ativa impede que o diálogo se torne um monólogo. Quando apenas um dos dois fala, não há conversa. Claro, sempre há uma certa assimetria. Alguém fala mais e alguém escuta mais. É muito difícil alcançar um equilíbrio absoluto, mas quanto mais nos aproximarmos disso, melhor será o diálogo.

As nuances da comunicação

2. Resgatar as pausas terminais

Há sempre um momento em que o silêncio aparece. Algumas pessoas ficam profundamente incomodadas com isso, mas não é para tanto. Pausas também são necessárias. No entanto, quando o silêncio é longo demais e você não quer terminar a conversa, é apropriado resgatar o diálogo desse vazio.

Como fazê-lo? A melhor maneira é introduzindo frases de transição. Estas são afirmações que permitem que o diálogo seja resgatado, levando-o ao tópico anterior ou a um novo tópico. São expressões como “Sobre o que você disse antes…”, “Mudando de assunto, eu gostaria de saber o que você pensa…”, “Eu não tinha comentado que…” São frases que o ajudam a encadear o diálogo e contribuem para manter uma boa conversa.

3. Liberar informações

Liberar informações tem a ver com responder às perguntas do nosso interlocutor com conteúdo de qualidade. Se respondermos laconicamente ou nos limitarmos aos monossílabos, frustraremos a vontade do outro de nutrir e manter uma boa conversa.

Quando respondemos às perguntas do outro dando informações adicionais, facilitamos o diálogo. É também uma demonstração de abertura e desejo de mostrar o que pensamos, sentimos ou acreditamos. Isso facilita a interação. Não é que devamos dar uma resposta extensa, mas fornecer informações adicionais a quem nos solicita.

Como manter uma boa conversa

4. Autorrevelação, uma das chaves para manter uma boa conversa

Os seres humanos são mais propensos a confiar nas pessoas que também demonstram confiança, assim como tendemos a ser mais abertos com aqueles que adotam a mesma atitude. Se você quiser que uma conversa avance para um nível mais pessoal, é aconselhável que comece a compartilhar conteúdo desse nível. Isto é, você deve revelar para o outro aspectos que tenham a ver com a sua vida privada.

Assim, se falarmos espontaneamente desses aspectos pessoais, a outra pessoa provavelmente também se sentirá motivada a fazê-lo. Tudo isso leva à transição bem-sucedida de uma conversa educada e formal para uma conversa mais pessoal.

5. As perguntas, o motor da conversa

As perguntas ajudam a conversa a avançar. Elas não somente nos permitem explorar e conhecer melhor o outro, mas também se revelam um condimento indispensável para manter uma boa conversa. Obviamente, você tem que ter critério suficiente para escolher as perguntas que fará. O objetivo é fazer com que o outro não se sinta interrogado ou invadido.

Se você não conhece bem uma pessoa, é melhor fazer perguntas que vão desde o mais superficial até assuntos que podem ser mais particulares.  Dessa maneira, você dará tempo para que a confiança aumente de maneira natural e não gerará momentos de desconforto.

Vale a pena cultivar a arte da boa conversa. Ela não nos leva somente a situações de entretenimento, mas também é terapêutico. Uma boa conversa lhe permite se expressar, ouvir e aprender com os outros. Também enriquece a sua vida e dá mais colorido aos relacionamentos.