Frases de Michel Foucault - A Mente é Maravilhosa

5 impressionantes frases de Michel Foucault

fevereiro 13, 2018 em Psicologia 0 Compartilhados
Frases de Michel Foucault

A maioria das frases de Michel Foucault são profundas e desconcertantes. Ele foi um dos grandes filósofos franceses da era contemporânea e seu pensamento marcou um antes e um depois.

Michel Foucault nasceu em Poitiers (França), em 1926. Ele se tornou filósofo em Paris e morou nessa cidade até a sua morte, em 1984. Ele encontrou a principal inspiração para as suas reflexões em Martin Heidegger e Friedrich Nietzsche. Também estudou com avidez as teorias de Sigmund Freud.

“Eu não sou um profeta, o meu trabalho é construir janelas onde antes havia somente paredes”.
– Michel Foucault –

Foucault se tornou conhecido mundialmente com a sua obra “As palavras e as coisas”. No entanto, outras obras posteriores, como “Vigiar e punir”, “História da loucura” e “História da sexualidade” foram muito impactantes. Reunimos cinco de suas melhores frases a seguir:

1. Uma das frases de Michel Foucault sobre conhecimento e poder

A relação entre o conhecimento e o poder é um tema que aparece em muitas frases de Michel Foucault. Esta é uma das mais emblemáticas: “A história das lutas pelo poder e, consequentemente, as condições reais do seu exercício e sustento permanecem quase totalmente escondidas. O conhecimento não faz parte dele: isso não devemos conhecer”.

Mão segurando planeta Terra

Com essa reflexão Foucault quer dizer que o conhecimento serve o poder. O principal serviço que o conhecimento presta é esconder a forma como o poder é exercido, obtido e sustentado. Por isso ele diz: “isso não devemos conhecer”. Sempre falamos sobre as grandes figuras do poder e as suas obras, mas pouco se fala sobre o conjunto de ações, manipulações e, muitas vezes, abusos que estão por trás disso.

2. O sistema educacional, de acordo com Foucault

Em várias frases de Michel Foucault aparecem comentários sobre o sistema educacional. Para este filósofo francês, esta é uma área que está intimamente relacionada com o poder. Por essa razão, afirma: “Todo sistema educacional é uma forma política de manter ou modificar a adequação dos discursos com os conhecimentos e os poderes que acarretam.”

Note que ele não fala de educação em geral, mas do sistema educacional. Há uma grande diferença entre um e outro. O sistema educacional visa subordinar o domínio da palavra e do conhecimento, enquanto o poder visa subordinar os sistemas de dominação. O seu papel, de acordo com Foucault, é, de uma forma ou de outra, “domesticar” o indivíduo para que ele sirva a esse sistema.

3. A moralidade: uma forma de poder

Foucault denuncia a moralidade como outro discurso de poder que busca perpetuar as relações de dominação. Na verdade, poderia ser considerado como uma forma de poder que é ainda mais feroz e implacável do que as outras. Através da moral podemos ser julgados e castigados com a rejeição ou a exclusão, tudo o que esteja de acordo ou se adapte aos seus parâmetros.

O conflito entre o bem e o mal

Por isso, Michel Foucault diz em uma das suas frases: É preciso ser um herói para enfrentar a moral da sua época”. A moralidade de uma época pode acabar com um indivíduo. Vemos muitos desses exemplos na história da humanidade: eles provam que Foucault tem razão. Na verdade, muitas vezes ao longo do tempo, a intolerância contra o que uma sociedade considera “imoral” foi levada ao extremo.

4. A prisão e as suas analogias

Para Foucault existe uma analogia evidente entre algumas áreas que parecem muito diferentes entre si. A este respeito, este impressionante filósofo faz uma pergunta interessante. Ele diz: Pode parecer estranho que a prisão seja semelhante às fábricas, escolas, quartéis, hospitais; todos eles se parecem com prisões?” Com isto, ele quer dizer que as escolas têm o mesmo funcionamento social que as prisões e instituições psiquiátricas: definir, controlar e regular as pessoas.

Não só nesta questão, mas em grande parte da sua obra, Foucault afirma que existem três áreas em que o poder é mostrado mais claramente do que nunca: a prisão, o hospital e o quartel. Nestes três espaços, o ser humano está completamente à mercê da dominação que exercem sobre ele. No entanto, o mesmo acontece em outras áreas, como as fábricas e as salas de aula. A única diferença é que nestas duas últimas a manifestação é mais sutil.

5. O poder e o seu exercício

Como vimos, muitas das frases de Michel Foucault procuram denunciar as coordenadas do poder contemporâneo. Essas reflexões mostram que a dominação agora é exercida principalmente a partir do nível ideológico, que inclui uma moral, uma educação e alguns valores ou antivalores. Isso não exclui o fato de que o poder também é exercido sobre o corpo, não tanto como punição física, mas como regras ideológicas.

Peças de xadrez

Uma das frases de Michel Foucault sintetiza a sua visão sobre poder: “Em suma, temos que admitir que esse poder se exerce mais do que se possui”. Com isso, ele quer dizer que o poder não é definido por um cargo ou simplesmente por uma condição. O que o torna poderoso é o seu exercício efetivo.

Michel Foucault é um daqueles grandes pensadores que revolucionaram a nossa forma de ver a realidade. Ele conseguiu compreender lógicas muito sutis que estão presentes em situações cotidianas. A filosofia de Foucault é um discurso de liberdade.

Recomendados para você