5 técnicas para aumentar sua força de vontade

5 técnicas para aumentar sua força de vontade

16, outubro 2015 em Psicologia 13 Compartilhados
Técnicas para aumentar sua força de vontade

“Esta semana eu começo”. Você certamente já falou isso mais de uma vez. Seja para perder peso, parar de fumar ou iniciar um projeto (relacionado aos estudos, a oportunidades de trabalho, a hobbies), a verdade é que é fácil decidir que vamos começar.

Começar pode ser fácil: o complicado é ter força de vontade suficiente para continuar.

A própria decisão de começar algo nos oferece suficiente força de vontade para começar. No entanto, essa motivação e essas boas intenções se dissipam com o passar do tempo.

A preguiça, a falta de convicção ou a falta de apoio podem ser alguns dos motivos que se escondem por trás da falta de vontade que precisamos para continuar.

força

O que você precisa saber sobre a força de vontade

Há duas coisas importantes que você precisa saber sobre a força de vontade.

  1. A força de vontade é um recurso finito. A força de vontade pode acabar. Quando exercemos nosso esforço em uma área, ficamos com menos força de vontade para focar em outra.
  2. A força de vontade é como um músculo. A força de vontade precisa ser exercitada e fortalecida e, se não for trabalhada, atrofia. Ainda que seja possível reativá-la, é muito difícil voltar a fazer com que ela funcione. Nesse sentido, podemos dizer que é possível treinar a força de vontade.

Por que a força de vontade é importante?

A força de vontade faz com que o que você alcance o que quiser,

A força de vontade nos ajuda a superar a inércia. Quando vemos a nós mesmos sem força de vontade, nossa autoestima desmorona e substituímos o “fazer” pelo “fantasiar”. Pensamos no que faremos no futuro quando conseguirmos isso que não somos capazes de fazer, como se pensando pudéssemos torná-lo realidade. Mas isso não acontece, nem acontecerá se não forem tomadas algumas medidas.

enfrentando

Como treinar a força da vontade

Para treinar a força de vontade e fazer com que ela aumente a cada dia, tenha em conta as seguintes técnicas:

1 – Preste atenção em como e onde você emprega sua força de vontade

Há situações frenéticas que nos fazem usar toda a força de vontade que temos em nós. E, nessa inércia, decidimos colocar as mãos à obra para fazer tudo o que queremos fazer: ir à academia, perder peso, deixar de fumar, ler um livro por semana, escrever um blog e publicar algo nele todos os dias – não, melhor dois blogs, um pessoal e outro profissional -, cozinhar todos os dias, dedicar mais tempo para a família, etc.

Foi esgotador ler a lista, não é mesmo? Imagine como seria colocar tudo para funcionar de uma só vez. Uma loucura!

Os projetos precisam ser iniciados um de cada vez. Você precisa deles e pensa neles há anos. Por mais energia que você tenha na hora, se é difícil mantê-la para uma coisa só, imagine com duas ou mais.

2 – Comece com algo pequeno

Até mesmo um único projeto pode ser muito para começar. Começar com uma parte pequena de um projeto ajudará a manter a energia inicial e a ir se acostumando. É como ir à academia e dar o seu melhor no primeiro dia. Um ou dois dias depois, você quase não poderá se mexer.

Quando conquistar uma parte do seu objetivo, passe para o seguinte nível. Pouco a pouco, você conseguirá integrar esse novo hábito em sua vida, fazendo pequenos esforços mais fáceis de manter.

3 – Remova de sua vida aqueles que “freiam” suas iniciativas

Muitos serão os que dirão que você não pode fazer isso ou que tal coisa não é para você. A inveja é poderosa. As pessoas não são capazes de assimilar que os demais podem fazer o que eles não podem ou não querem.

Tire esses sanguessugas de sua vida. Estas pessoas que se alimentam dos demais para justificar sua miserável existência. Você deve enfrentar as pessoas que tentam arrastá-lo para seus dramas, para suas neuroses, e esgotam sua força.

iniciativa

4 – Planeje

Qualquer tarefa que requeira uma grande força de vontade deve ser considerada em seu contexto. Tenha em conta que nem todas as situações de sua vida são propícias para a realização destas tarefas.

Para se preparar e ficar pronto antes de iniciar sua nova rotina, você deve inserir-se na situação. Para isso, a ideia de parar por um momento e planejar um pouco é boa para se inserir na situação e obter toda a energia mental da qual você precisa. A meditação, ou qualquer atividade que ajude a encontrar serenidade, ajudarão a recarregar as baterias e, além disso, preparam seu corpo e mente para enfrentar seu desafio.

5 – Encontre seus valores fundamentais

Quando tomamos um caminho, é fácil permanecer nele se soubermos que o que estamos fazendo se encaixa com nossos valores fundamentais. Ao determinar quais são nossos valores e ter segurança no que nós acreditamos, é muito menor a chance de agirmos por impulso. Quando fazemos as coisas impulsivamente, deixamos de pensar e começamos a agir emocionalmente.

Recomendados para você