7 chaves para aprender a discutir melhor - A Mente é Maravilhosa

7 chaves para aprender a discutir melhor

novembro 18, 2016 em Emoções 6 Compartilhados
7 chaves para aprender a discutir melhor

Você acha que discutir bem pode ser uma arte? Talvez não, mas uma discussão não precisa se tornar uma situação incômoda. É conveniente ter calma e bom senso, pois como dizia Noel Clarasó, “Muitos gritam e discutem até que o outro se cala. Pensam que convenceram o outro. E estão sempre errados”.

Lembre-se de que por mais que você deseje não discutir, às vezes é inevitável. Seja com um familiar, seu parceiro, um amigo, companheiro de trabalho, ou até mesmo o chefe, o importante é conseguir fazer com que a discussão não seja desagradável, mas sim apenas um intercâmbio educado de impressões.

Chaves para melhorar nossas discussões

Como seres humanos, em algum momento teremos que discutir já que, além de ser um exercício muito saudável, com o qual aprendemos a argumentar, também é inevitável em muitas das ocasiões nas quais precisamos ser assertivos. É aí que saber quais são as chaves pode ser aquilo que falta para que você não passe dias dando voltas em algo que, na realidade, não deveria ser tão importante:

  • Não se esqueça de manter a calma a todo momento. Saiba que não existem muitas pessoas no mundo que gostam de ouvir gritos. Então, por que gritar? É importante tentar não se alterar e manter a todo momento uma atitude relaxada em um ambiente propício. É preciso lembrar a todo momento que uma discussão não deixa de ser um contraste de pontos de vista.

casal-discutindo

  • Discutir bem é construir. De fato, inclusive pode-se aprender muito através de uma boa discussão, mesmo não estando de acordo com os pontos de vista da outra pessoa. Por que não tentar obter pontes de conhecimento e se concentrar no comum, em vez de se concentrar apenas nos argumentos que separam?

“É melhor debater uma questão sem resolvê-la do que resolver uma questão sem debatê-la”.
– Joseph Joubert-

  • Este artigo começou com uma citação de Noel Clarasó. Curiosamente, uma retirada a tempo, antes que a situação saia do controle, é uma clara vitória. Se não é possível chegar a um acordo, também não é necessário que a conversa gere insultos, gritos ou xingamentos. Melhor calar e se concentrar em algo mais positivo.
  • A imposição é totalmente contraditória a uma boa discussão. Uma pessoa que tente se fazer valer usando de seu cargo, tom de voz, hierarquia ou qualquer outra desculpa está isenta de tolerância. A discussão deve ser regida por entendimento e por um acordo mútuo.
  • Escutar ativamente é um detalhe necessário durante uma discussão. Os monólogos, por mais fundamentados que sejam, não têm por que serem verdade ou aceitos pelo interlocutor. É muito mais produtivo entender outros pontos de vista e poder contrastá-los com os próprios para localizar lugares comuns de entendimento mútuo.
  • O perdão e as desculpas são ferramentas perfeitas para discutir bem. Estas chaves são especialmente necessárias nas discussões com parceiros, amigos e parentes. De nada serve o foco em posturas que não agradam a ninguém. Portanto, é recomendável prestar atenção em onde cada um errou e ser capaz de retificar e recuar.

casal-se-abracando

  • Existem frases que nunca devem ser usadas em uma discussão. Dizer ao interlocutor: “Eu sabia”, “Eu te avisei”, “Você não tem capacidade de entender isso”, “Também não é para tanto”, “Se você tivesse feito o que eu falei…”, “Você é um ignorante” e qualquer outra frase que você sabe que pode ferir a outra pessoa é um grave erro que deve ser evitado caso você queira que a situação não acabe mal.

Discutir bem não é ganhar

Para poder discutir bem é preciso ter em conta que a situação é uma conversa, não uma competição. Não podemos nos esquecer da grande frase do escritor francês Joseph Joubert, “O objeto de toda discussão não deve ser o triunfo, mas sim o progresso”.

discussão-amigável

Em uma discussão, os participantes enriquecem mutuamente se a atitude for positiva e construtiva. Do contrário, as posturas serão cada vez mais distantes e o benefício mútuo se transformará em chateação, impotência ou, inclusive, raiva.

“Se você discute para provar sua sabedoria, logo provará sua ignorância”.
-Muslih-Ud-Din Saadi-

Sendo assim, nunca se esqueça de que discutir bem não tem por que ter aspectos negativos se a atitude com a qual você confronta as situações for adequada. Com paciência, compreensão e uma boa disposição para aprender com os demais e enriquecer seus pontos de vista, tudo será muito mais simples.

Recomendados para você