6 passos que o ajudarão a resolver conflitos com calma

· julho 24, 2015

Com frequência você se vê em meio a um conflito que não lhe interessa?  Cada vez que você está em meio a um conflito fica bloqueado e não sabe como lidar com a situação? Todos já passamos por isso. Se há algo que é constante na vida é a mudança, e esta sempre gera algum tipo de conflito.

Mas não se preocupe, aqui você irá conhecer algumas dicas para aprender a lidar com estas situações. Vamos ajudá-lo a evitar que as pessoas problemáticas o tirem do seu equilíbrio.

Por que surgem os conflitos?

A primeira coisa que você precisa ter em mente é que as pessoas que começam o conflito costumam estar insatisfeitas com algum aspecto da sua vida. São elas as que se sentem pouco ouvidas ou incompreendidas e procuram meios de se fazer ouvir. Para você pode parecer uma bobagem, mas você não deve subestimar as situações até conhecer todos os argumentos.

Os conflitos também podem surgir da necessidade de demonstrar poder. Um chefe com pouca autoestima ou um colega que vê como você se desenvolve com inteligência e elegância. Estas pessoas querem demonstrar que elas são as que valem, que têm o poder e acreditam ter autoridade sobre você. Tenha muita calma. Eles só querem que você lhes dê atenção.

Passos para resolver conflitos

Para solucionar esses conflitos é necessário que você tenha calma. Aprenda a ouvir, valorizar e entender o outro. Aqui vão as dicas das coisas importantes a fazer quando o conflito é inevitável.

1. Ouça com atenção

Mantenha sempre a calma e guarde silêncio. É importante que a outra pessoa seja ouvida, por isso ela está fazendo tanto alvoroço. Se você ouvi-la com calma e atenção, ela sozinha começará a baixar o seu tom de voz.  Fale somente quando houver um pouco de calma. Se ela lhe perguntar por que você não fala, apenas responda que a está escutando.

2. Não interrompa

Deixe que fale com liberdade e que expresse toda a sua justificativa do conflito e da sua raiva. Você deve preservar o benefício da dúvida; talvez ela tenha razão e você esteja falando antes da hora. O seu interlocutor quer ser ouvido, demonstrar o seu poder. Permita-o. Há pessoas que não encontram os canais para se fazer valer e se sentem ofuscadas, por isso gritam.

3. Coloque-se no seu lugar

Pense em por que está desse jeito. Talvez o seu trabalho seja muito estressante, ou sua vida não tenha o rumo que gostaria. Pense em como você se sentiria se estivesse assim. Compreender o seu interlocutor o ajudará a entender a situação e a resolvê-la melhor. Não perca a calma.

4. Reafirme o que seu interlocutor diz

Quando puder falar, diga o que você entendeu do que ele lhe explicou. “O que você está querendo dizer é…”  “Sim, entendo claramente o que você está querendo dizer…” desta forma, ele terá certeza de que você o está ouvindo e prestando toda a atenção. Muitas vezes é só disso que precisam. Você poderá expressar a sua opinião depois de chegarem a um acordo sobre o que o outro diz.

5. Admita que você não tem razão, se for o caso

Admitir que você errou frente aos outros demonstra o quão seguro de si você é. Poucos conseguem fazê-lo, mas você deve tentar. Se esta for a situação, você acabará com o conflito rapidamente e subirá o conceito que os outros têm sobre você. Se você não tem certeza de que se enganou, simplesmente diga isto. “Sabe, talvez você tenha razão.  Será que podemos revisar isto juntos?”. Se você não estiver totalmente seguro, não exponha os seus argumentos. Isso demonstrará que você é uma pessoa confiável.

6. Olhe o melhor lado da outra pessoa

Se você conhece algum detalhe da vida pessoal do seu interlocutor, algo que ele gosta de fazer ou algo bacana relacionado a ele, procure imaginá-lo fazendo isto. Cada vez que você pensar nele, relacione-o a essa atividade. Assim, você conseguirá falar com essa outra face, porque irá se dirigir a ele de forma harmoniosa e alegre. Procure não ter presente a sua face mais violenta, assim você poderá iniciar uma conversa sempre em bons termos.

Se você conseguir se lembrar destes passos quando estiver começando um conflito, com certeza irá resolvê-lo de forma eficiente. Você irá encerrá-los com elegância e poderá otimizar o seu tempo de maneira muito mais eficaz.

Imagem cortesia de pogonici