7 formas de aumentar a oxitocina no seu corpo naturalmente

7 formas de aumentar a oxitocina no seu corpo

19, março 2017 em Psicologia 2657 Compartilhados
7 formas de aumentar a oxitocina no seu corpo naturalmente

Normalmente conhecida como o “hormônio do amor”, a oxitocina é muito mais do que isso. Além de favorecer as interações sociais, a oxitocina é um hormônio que ajuda a reduzir a pressão arterial e os níveis de cortisol, aumenta o limiar da dor, reduz a ansiedade e estimula diversos tipos de interação social positiva. Além disso, promove o crescimento e a cura.

O efeito da oxitocina, assim como outras substâncias químicas de orientação cerebral, é mais vulnerável às mudanças do que seus níveis absolutos. A oxitocina ajuda a responder adequadamente às demandas do nosso entorno social e a situações críticas variando a sua concentração em diferentes zonas do cérebro.

Portanto, mais do que focar nos níveis de oxitocina em geral, o que é preciso se perguntar é como alcançar essas mudanças em momentos reais para se beneficiar dos seus efeitos. Em algumas situações, como nas relações sexuais ou o parto, a oxitocina é liberada de forma natural.

Contudo, existem muitas outras formas de conseguir um aumento dos níveis deste hormônio para reduzir o estresse e se sentir melhor. Além disso, as pesquisas mostram que quanto mais oxitocina é liberada, mais fácil será fazê-lo, o que significa que agindo das formas como veremos a seguir será cada vez mais fácil se sentir bem, inclusive quando a adversidade, a dor e o estresse atacarem de surpresa.

O contato físico para aumentar a oxitocina

A oxitocina desencadeia um sistema de recompensas que é ativado e desativado quando estamos em relacionamentos amorosos. É bem sabido que as relações sexuais aumentam os níveis de oxitocina. Contudo, nos homens ela somente é liberada quando têm um orgasmo com alguém com quem possuem um vínculo emocional.

casal-amor

Mas não apenas o contato físico derivado das relações sexuais aumenta os níveis de oxitocina. Em geral, os abraços, beijos e carícias ajudam a aumentar os níveis de oxitocina rapidamente. E para isto não é necessário manter relações sexuais, nem sequer um relacionamento amoroso. Abraçar, acariciar e beijar é uma coisa que você pode fazer com amigos, familiares e até mesmo animais de estimação.

As palavras de bom ânimo

Quando alguém nos faz um elogio, nos incentiva ou nos consola, nos sentimos bem com nós mesmos. Estas palavras de bom ânimo nos fazem sentir queridos e valorizados. Esta forma de se sentir bem também aumenta quando somos nós os que oferecemos essas palavras aos outros.

As palavras são uma arma poderosa para nos sentirmos bem e fazermos os outros se sentirem bem. Podem nos transmitir bondade, compaixão e amor. Além disso, nos conectam com os outros, fazendo os níveis de oxitocina aumentarem em ambas as partes.

Ouvir os outros

Ouvir é uma forma incrível de aumentar a oxitocina. Todo mundo gosta de se sentir reconhecido. Todos gostamos de ser ouvidos e aceitos. Quando você está presente em um lugar físico no qual se encontra e ouve ao outro, ocorre uma conexão entre ambos. Ouvir atentamente, evitando todo tipo de distração, oferece um sentido de recompensa sem igual.

Ouça com os olhos, sem estar atento ao celular ou qualquer outra coisa. Não pratique multitarefas quando alguém requisitar a sua atenção. Dê toda a sua atenção à pessoa que está lhe falando. Olhe nos seus olhos enquanto você ouve o que essa pessoa está lhe dizendo.

Meditação

A meditação relaxa o corpo e a mente, permitindo que a mente se livre do estresse. Está associada ao esquema cultural que lidamos como uma tradição com raízes profundas na tradição oriental, mas isto não significa que nós não possamos nos beneficiar do seu poder.

Na cultura ocidental a palavra meditação vem do latim meditatĭo, que originalmente significava um tipo de exercício intelectual. Neste sentido, a meditação é um instrumento valioso para o relaxamento, tanto do corpo quanto da mente. Portanto, não estando em uma situação de luta ou fuga, a oxitocina é liberada. Este equilíbrio diminui a pressão arterial e desbloqueia os sentidos.

“A meditação e a oração alimentam a alma.”
-Og Mandino-

meditar

Exercício físico

O exercício não apenas serve para manter o corpo são. Com o exercício e a atividade física aumentam as endorfinas e também a oxitocina, além de favorecer a chegada de oxigênio ao cérebro e outras partes do corpo. A quantidade de hormônios liberados no cérebro também é benéfica.

Para fazer exercício e obter todos estes benefícios não é necessário ir à academia, nem sair para correr ou andar de bicicleta se não é que se deseja ou é possível fazer. Sair para caminhar ou fazer exercício moderado em casa é suficiente para conseguir uma liberação de oxitocina e se sentir melhor rapidamente.

Chorar

As pesquisas mostram que o controle defensivo de nossas emoções diminui os níveis de oxitocina. A acumulação de energia que provoca o aprisionamento de nossos sofrimentos faz que o estresse se instaure em nossas vidas e que os problemas físicos comecem a aparecer.

O choro é justamente um ato de liberação desta energia. Lembre-se de como você se sentiu depois daquelas vezes em que não conseguia parar de chorar, tão relaxado como se tivesse feito uma hora de meditação ou de exercício moderado. Portanto, os efeitos que descrevemos sobre os níveis de oxitocina seriam semelhantes aos descritos nos parágrafos anteriores.

“As lágrimas desinfetam a dor.”
-Ramón Gómez de la Serna-

mulher-olhos-fechados

Ser generoso dando alguma coisa aos outros

Nos sentimos bem quando damos e quando nos doamos. Ser generoso e caridoso, assim como oferecer nosso tempo aos outros de forma desinteressada, faz florescer a gratidão e a conexão com os outros, liberando grandes doses de oxitocina.

Outro gesto generoso que libera oxitocina é dar um presente de coração para alguém. Um detalhe para o qual não é preciso contar com a desculpa de um grande feito ou a comemoração de um aniversário. O que realmente desata a liberação de oxitocina é o fato de pensar na outra pessoa com carinho e com vontade de agradá-la.