Mitos sobre a depressão que você ainda não conhecia

7 mitos sobre a depressão que você desconhecia

Março 25, 2017 em Psicologia 887 Compartilhados
7 mitos sobre a depressão que você desconhecia

Apesar de ser uma doença bastante “comum”, que afeta milhões de pessoas em todo o mundo, ainda existem alguns mitos sobre a depressão que devem ser desmascarados.

A depressão acaba com inúmeras vidas. As taxas de suicídio cresceram, sobretudo com a crise e a impossibilidade das famílias de fazerem frente a seus gastos ou a chance de se verem na rua.

Muitas vezes consideramos que a depressão é um estado de tristeza, mas não poderíamos estar mais equivocados. Hoje você descobrirá os 7 mitos sobre a depressão mais enraizados e que contemplam uma realidade que nós mesmos podemos não conhecer sobre essa doença.

Mitos sobre a depressão

1. A depressão é o mesmo que a tristeza

menina-depressao

O primeiro destes mitos sobre a depressão diz algo que todos conhecemos. Quando nos dizem que uma pessoa esta sofrendo de depressão, imediatamente pensamos que ela está muito triste. Nada mais longe da realidade.

Todo sentimos tristeza em certos momentos da vida, mas há um abismo entre a tristeza e a depressão. A tristeza é passageira e temporária. Cedo ou tarde ela se vai.

A depressão é o contrário. Não é algo passageiro, é algo que fica junto com muitas outras coisas: apatia, sentimento de vazio, dor… A depressão não vem sozinha, mas sim acompanhada de muitos outros sentimentos negativos que fazem com que toda a sua vida seja cinza.

2. Quem sofre de depressão é fraco

Sofrer de depressão não significa que você seja uma pessoa fraca. Quando alguém sofre com essa doença, as pessoas a veem como alguém incapaz de enfrentar as dificuldades, como alguém que não é suficientemente forte para encarar a vida. A depressão é um problema psicológico que vira a vida de cabeça para baixo, afetando-nos psicologicamente, biologicamente e socialmente.

Sofrer de depressão não é ser fraco. Você não escolheu ter depressão! Não tem uma mente fraca!  Esse mito faz com que as pessoas se isolem e sofram sua doença em completo silêncio, sofrendo ainda mais, se é que é possível.

3. A depressão não afeta crianças e adolescentes

crianca-com-depressao

Por que a depressão não iria afetar os pequenos? Pelo contrário. As crianças e os adolescentes parecem ter cada vez mais problemas, tanto dentro de suas casas quanto fora. Famílias desfeitas, bullying no colégio, problemas para serem aceitos, incompreensão…

Não sabemos o grau da depressão que pode chegar a afetar as crianças e os adolescentes, não sabemos se pode ser tão forte quanto o que sofrem os adultos. O que sabemos é que muitos adolescentes já tiraram suas vidas, e isso não acontece por um simples momento de tristeza, mas sim por causa de uma dura fase de depressão.

4. A depressão desaparece com o tempo

A depressão não é algo passageiro, não é algo que do dia para a noite desaparece. É algo que perdura, que resulta em algo tão doloroso e insuportável que, às vezes, chega a fazer com que a pessoa cometa suicídio.

A pessoa que sofre de depressão requer ajuda profissional, pois sem essa acaba sendo um pouco complicado sair dela. A menos que essa pessoa saiba lidar com a doença, a ajuda profissional será o caminho que vai ajudar a sair dela.

A depressão não é uma doença qualquer. É uma enfermidade que destrói, quebra as forcas, as esperanças, a vontade de viver. O tempo não cura tudo. O tempo não cura a depressão. Ignorar a doença não faz com que ela desapareça.

5. A doença está na sua mente

A depressão, longe do que podemos crer, não afeta apenas a mente, mas também o corpo de maneira geral.  A insônia, a fadiga, as dores musculares crônicas, as dores de cabeça, são alguns dos sintomas que podem aparecer. Se você acredita que é algo que existe apenas em nossa cabeça, quase como uma invenção, saiba que este é um erro grave. A depressão não é apenas mental, vai muito além.

As pessoas que nunca tiveram contato com alguém que já sofreu de depressão podem pensar dessa maneira um pouco superficial, mas ninguém quer inventar e desejar ter uma doença tão grave como é a depressão.

6. Os homens não têm depressão

Um dos mitos da depressão mais enraizados e que não tem fundamento algum. A depressão afeta por igual a homens e mulheres, não é uma doença apenas de mulheres. Pensamos nisso no momento em que acreditamos que é uma doença de pessoas fracas, como mencionamos anteriormente.

É verdade que a depressão afeta mais as mulheres do que os homens, mas isso não implica que os homens não sofram com ela. E ainda, é verdade que a depressão nos homens é mais perigosa. Os homens tendem a mascarar melhor a depressão. Mas, de uma maneira ou de outra, quando descobrimos que um homem sofria de depressão, em alguns casos já é um pouco tarde: o suicídio já se consolidou.

7. Falar da doença faz com que ela piore

enfrentar-a-depressao

Um dos mitos da depressão mais difundidos entre nossos conhecidos é o de que falar sobre a doença faz com que a pessoa piore. Um absurdo! Se o consideramos um tema tabu, é claro que evitaremos tocar nele, mas uma pessoa com depressão precisa falar.

Por isso vão a psicólogos, porque sua própria família evita tocar no tema. É visto como algo vergonhoso, algo que não deveria acontecer, algo que acreditamos que piore se falarmos nele. Nada mais longe da realidade. Interessar-se pela pessoa com depressão permitirá que você lhe dê apoio e fará com que entenda alguns de seus comportamentos.

Você conhece alguns outros mitos sobre a depressão que não foram apresentados nessa lista? Se sim, compartilhe conosco. É o momento de eliminar todas aquelas mentiras que acreditamos serem verdadeiras sobre essa tão conhecida, mas às vezes desconhecida, doença.

Imagens cortesia de Louise Robinson.

Recomendados para você