Aprender a dizer não – A mente é maravilhosa

Aprender a dizer não

13, março 2015 em Emoções 1432 Compartilhados

Em algumas ocasiões, não sabemos dizer não e acabamos cedendo diante de alguns pedidos. Negar é muito difícil, porque ao fazer isso, nos sentimos egoístas e temos medo de que as pessoas deixem de gostar de nós, que nos critiquem e que nos deixem de lado. Mas as vezes é preciso saber dizer não, para assim ganhar respeito sobre si mesmo e daqueles que nos cercam.

É importante entender que a capacidade de dizer não está estritamente relacionada com a autoestima. Por isso, as pessoas que têm uma baixa autoestima e pouca confiança em si mesmos, costumam sentir-se nervosos e tendem a aceitar todos os pedidos que lhes são feitos.

Talvez, seja por causa dos pais prepotentes que a pessoa teve, ou pela forma como foi educada, baseada na obediência e na cortesia. Assim, sua autoestima pode chegar a depender das coisas que faz para as outras pessoas; é um círculo vicioso, no qual as pessoas que te rodeiam esperam que seus desejos sejam sempre cumpridos.

Ser incapaz de dizer não pode fazer com que você se torne uma pessoa estressada, irritável e sem energia, por isso é preciso que você avalie a situação duas vezes antes de aceitá-la.

Conselhos para dizer não

– Utilize respostas simples de maneira firme e direta. Lembre-se de que não está pedindo permissão para dizer não. Não invente desculpas e dê suas razões para não aceitar.

– Pense em seu tempo livre e, depois de fazer isso, será capaz de dizer não com mais confiança.

– Não se comprometa, se não poderá fazê-lo. Só faça aquilo que estiver de acordo com o pedido, ou que se sinta capaz de fazer; você pode sugerir outras alternativas, mas em nenhum caso se comprometa, se realmente não pode.

– Lembre-se sempre que, a negação independe da rejeição. Se você nega um pedido, não quer dizer que está rejeitando a pessoa que fez o pedido. O direito existe tanto para quem diz não, como para quem pede o favor.

– Não se sinta culpado por dizer não a seus filhos. Isso porque eles devem ouvir essa resposta de vez em quando, para que desenvolvam um sentido de autocontrole e possam estabelecer limites.

– Seja fiel a você mesmo sobre o que realmente deseja.

Tenha em conta que a expressão de seus próprios desejos deve estar em primeiro lugar. Caso você realize o desejo de todos, deixará uma porta aberta para que as pessoas se aproveitem de você, mesmo que, as vezes, seja necessário deixar de fazer certas concessões e aceitar que não há mal nenhum nisso.

Créditos da imagem: Angelo González