A atração mental – A mente é maravilhosa

A atração mental

fevereiro 25, 2016 em Psicologia 0 Compartilhados
Mulher com olhos fechados representando a atração mental

Quando conhecemos uma pessoa, a primeira coisa que notamos é a sua aparência física. Com o passar do tempo, e se nos dermos a oportunidade de conhecer melhor essa pessoa, podemos sentir atração mental pelo seu modo de pensar, sua personalidade e maneira de ver o mundo.

A verdade é que a atração física inicial diminui com o tempo, dando lugar a outros sentimentos e sensações.

Esse desejo sexual inicial, essa loucura que sentimos quando conhecemos uma pessoa especial, se transforma em algo diferente, mais profundo. Se fecharmos os olhos não veremos essa pessoa que nos atrai tanto, mas sentiremos o poder da sua mente.

Casal apaixonado que sente atração mental

Operando a lei da atração

A lei da atração é uma lei natural, uma lei do universo e é a crença de que os pensamentos influenciam consciente ou inconscientemente a vida das pessoas.

Você atrai para sua vida tudo aquilo em que colocar sua energia. Para operar a lei da atração, podemos seguir alguns passos simples.

1- Pense a respeito do que você quer

O que eu quero? Essa é a primeira pergunta a fazer.

Tendemos a dizer que não sabemos o que queremos, mas na verdade não é bem assim. O que acontece é que não somos capazes de admitir o que realmente queremos por temermos as consequências e o que as pessoas vão dizer.

Portanto, coloque sua energia em pensar sobre o que você realmente quer, elabore um plano de ação e execute-o corretamente.

2- Aproveite e tome consciência das coisas boas que possui

Você já parou para pensar nas suas virtudes? É muito comum focar nos defeitos, no que fazemos de errado e nas coisas que nos fazem sentir desconfortáveis.

Pegue um papel e uma caneta e escreva dez coisas que você faz bem. Não pense muito e escreva. Quando terminar a lista, observe todas as suas qualidades, valorize-as e lembre-se delas todos os dias.

3- Deixe o medo para trás

O medo nos permite a sobrevivência, mas às vezes nos paralisa diante de situações em que tememos as consequências das nossas ações.

Aja com respeito, fale com sinceridade, diga o que quer e faça o que deseja. Enfrente o medo e siga adiante.

4- Seja otimista

A vida é um aprendizado contínuo. Se você perdeu um ente querido ou se o seu parceiro o deixou, mesmo assim a vida continua. Todas as coisas de que você gosta estão aqui e as pessoas que lhe amam e apreciam de verdade estão ao seu lado.

Aprenda a ver o lado positivo de qualquer situação; ele sempre existe.

Mulher com borboleta no olho

Liberte-se da atração mental

A atração mental não pode ser vista, tocada, mas é sentida com todo o coração. Preenche a nossa alma, nos emociona e tudo se move em um ritmo diferente.

Entretanto, às vezes ela impede o nosso raciocínio, não nos deixa ser quem queremos ser ou fazer o que queremos. É difícil se livrar da atração mental, mas não é impossível.

1- Seja realista

Deixe os sonhos de lado, as fantasias, as crenças e olhe atentamente para sua vida e seu relacionamento.

O que você vê? Você gosta do que vê? Não se engane nem por um momento. Veja a realidade como ela é.

2- Ouça a sua intuição

A intuição nos permite tomar decisões rápidas sem pensar. Tomamos decisões todos os dias sem pensar: escolher um caminho para chegar a algum lugar, chamar alguém no telefone, comer um alimento, etc.

O que a sua intuição lhe diz sobre a pessoa que o atrai mentalmente?

3- Ame-se

Damos prioridade a muitas situações e pessoas todos os dias, cobrimos as necessidades dos outros, mas e você?

Ame-se, cuide-se, tenha uma alimentação saudável, viaje, medite, escreva, fique com os amigos, alegre seu corpo e sua alma. Ninguém lhe amará mais do que você mesmo.

“O homem, sozinho, tem o poder de transformar seus pensamentos em realidade física; o homem pode sonhar e transformar seus sonhos em realidade”.

-Napoleon Hill-

Recomendados para você