Técnica do balão para favorecer o relaxamento das crianças

Técnica do balão para favorecer o relaxamento das crianças

Maio 26, 2018 em Emoções 0 Compartilhados
Técnica do balão para favorecer o relaxamento das crianças

A técnica do balão é uma estratégia muito eficaz para favorecer o relaxamento das crianças, regular suas emoções, e permitir que elas desenvolvam uma maior consciência corporal. É um recurso simples no qual as crianças podem começar aos 7 anos de idade, e com o qual melhorarão gradualmente sua inteligência emocional.

Nenhum de nós quer ver nossos filhos tomados por suas frustrações, por ataques de raiva onde se afundam nas birras mais escandalosas, nas crises mais desesperadas de gritos. No entanto, a partir dos dois anos, é bastante comum que seus universos emocionais, ainda desconhecidos para eles, sejam objeto de problemas e tensões familiares.

“A tensão emocional prolongada pode servir de obstáculo para as faculdades intelectuais da criança e, assim, dificultar sua capacidade de aprender”.
– Daniel Goleman.–

Agora, há um fato que não devemos perder de vista. Nosso objetivo como pais, mães ou educadores não é eliminar todo o foco de ansiedade na vida da criança. Não é lógico nem recomendado abrir completamente o caminho para que o seu dia a dia seja sempre recompensador e ajustado às suas expectativas; o mundo, como já sabemos, não funciona dessa maneira. A chave é fornecer-lhes ferramentas para que possam controlar sua ansiedade, raiva ou tristeza por si mesmos.

A técnica do balão para crianças é uma ferramenta original, divertida e incrivelmente útil que será de grande ajuda para este propósito. A seguir, vamos ver em que consiste.

Menino triste e chateado

Respeitar as emoções da criança sem promover a ansiedade

Muitas vezes, as crianças usam o choro, gritos e birras como o único recurso conhecido para lidar com o que elas não gostam ou lhes causa ansiedade. Longe de nos desesperamos, longe de intensificar ainda mais a situação com gritos, censuras ou punições, devemos nos colocar no lugar do pequeno, e mais especificamente, em seus cérebros.

O córtex cerebral tem uma maturação lenta, mas progressiva. Isso implica que geralmente comportamentos como controle de impulsos ou controle emocional não são concluídos até depois da adolescência. É um longo período em que existem muitas diferenças individuais. Haverá crianças capazes de gerenciar melhor seu mundo emocional e crianças mais exigentes, inquietas e sensíveis aos processos de ansiedade.

Sabendo disso, ter esses conceitos claros será muito útil. Portanto, trata-se principalmente de ser empático com eles, entender suas frustrações e raiva, mas também assumir que validar uma emoção não significa concordar com ela. É reconhecer a sua existência, mas saber oferecer ferramentas à criança para que ela a entenda, lide com ela e a gerencie. Portanto, a técnica do balão para crianças é um bom ponto de partida, uma ferramenta muito útil após os 7 anos.

Como funciona esta técnica para favorecer o relaxamento das crianças?

Esta é uma prática para ensinar as crianças a relaxar e controlar seus impulsos. Pode ser aplicada quando as crianças se sentem nervosas ou com raiva. Dessa forma, elas serão capazes de se controlar, manter a calma, estimular suas habilidades psicomotoras e desenvolver a consciência corporal, a postura e a lateralidade.

Menina enchendo balão

Do que precisamos?

Para poder iniciar a técnica do balão, em termos de condições e material, precisamos do seguinte:

  • Precisamos de um balão para a criança. Se fizermos essa dinâmica em uma sala de aula, tentaremos tornar o ambiente confortável, espaçoso e sem muitos estímulos.
  • Na sala de aula deve haver tapetes ou esteiras para que, em determinado momento, as crianças possam se deitar.
  • É importante lembrar que oferecer um balão a uma criança com menos de 7 anos pode ser perigoso.

No que consiste a técnica?

Para aplicá-la, os seguintes passos devem ser seguidos:

  • Nós não vamos oferecer o balão para a criança sem primeiro explicar o que é essa dinâmica, este jogo.
  • O que vamos fazer é explicar a eles de uma maneira simples, que nosso corpo reage de uma forma muito especial quando deixamos a tensão e as emoções como raiva, aborrecimento ou frustração nos controlarem.
  • Uma vez que tenhamos explicado isso, podemos entregar o balão. Depois, pediremos que eles o encham. Ao fazer isso, continuaremos dizendo que nossa mente, nosso corpo, é como aquele balão. Quanto mais irritados estamos, mais ar e emoções negativas se acumulam. Até chegar um momento em que explode (vamos deixar isso acontecer).
  • Então, nós lhe daremos outro balão. Nesta ocasião, vamos dizer para encher um pouco e depois deixar o ar escapar. O balão retornou à sua posição original sem explodir, agora está calmo e relaxado.
  • Finalmente, vamos pedir às crianças que se deitem no chão (no tapete ou no colchão).
  • Agora vamos imaginar que somos um balão. Um balão muito, muito zangado, que está acumulando muito ar: nosso intestino incha, nossos braços incham, nossas pernas incham … E estamos prestes a explodir porque as emoções negativas nos controlam.
  • O que fazemos a seguir? Vamos nos esvaziar para perceber esse grande alívio em todo o corpo. Agora nos sentimos mais leves, mais confortáveis ​​e felizes.

Menino deitado na grama

Por fim, lembraremos às crianças que sempre que se sentirem cheias de raiva, toda vez que a vida se complicar e lhes trouxer coisas que não lhes agradem, que não esperam ou que as deixem nervosas, lembrem-se do balão. Nunca devemos deixar-nos explodir, porque quando isso acontece, todos perdemos e ficamos com medo.

Quando nos sentimos nervosos, não há nada melhor do que respirar profundamente e deixar o ar escapar de nossos pulmões. Esvaziar a tensão nos ajudará a nos sentirmos mais leves para ter mais controle sobre nós mesmos.

Recomendados para você