Benefícios psicológicos de jogar xadrez

O xadrez é um dos jogos mais antigos do mundo. Por centenas de anos, ele foi conhecido como "o jogo dos reis". Jogar xadrez é uma prática que proporciona inúmeros benefícios psicológicos. Hoje, falaremos sobre eles.
Benefícios psicológicos de jogar xadrez

Última atualização: 22 Julho, 2021

Você sabia que o xadrez oferece diversos benefícios psicológicos para os jogadores? Existe uma área no cérebro ligada ao reconhecimento facial que é ativada nos especialistas em xadrez quando eles jogam. Na verdade, é a área que analisa as relações espaciais. Jogar xadrez ativa essas zonas porque o jogo requer uma compreensão das relações espaciais entre as peças.

Na verdade, não importa se você é um jogador experiente ou casual. As áreas do cérebro responsáveis ​​pelas relações espaciais são ativadas em ambos, embora tenha sido provado que, em jogadores experientes, elas são ativadas com uma única visão do tabuleiro e das peças dispostas na posição inicial.

Curiosidades à parte, os benefícios psicológicos de jogar xadrez são muitos e importantes. A seguir, falaremos sobre alguns deles, embora a ciência continue investigando e provavelmente existam muitos mais. Vamos ver mais detalhes sobre isso.

Os benefícios psicológicos proporcionados pelo xadrez

Crescimento dendrítico

Os dendritos são extensões ramificadas dos neurônios. Eles são encarregados de conduzir sinais neuronais de outros neurônios. O que acontece é que, ao estimular o seu crescimento, a captação e o envio dos sinais se torna maior.

Aprender a jogar xadrez e fazê-lo regularmente estimula o crescimento dos dendritos. Isso, por sua vez, aumenta a velocidade da comunicação neural. Ou seja, aumenta o nível de processamento e desempenho.

Neurônios

Exercita os dois hemisférios do cérebro

O hemisfério esquerdo do cérebro lida, entre outras coisas, com o reconhecimento de objetos. O hemisfério direito, por sua vez, cuidaria do reconhecimento de padrões durante o jogo.

Jogar xadrez, seguindo suas regras e a técnica envolvida, obriga o jogador a usar os dois hemisférios. Portanto, a prática regular ajuda a desenvolver ambos os hemisférios.

Previne o Alzheimer

A Escola de Medicina Albert Einstein da Universidade Yeshiva realizou um estudo cujos resultados renderam dados muito significativos sobre a prática regular do xadrez. Ao exigir uma atividade de exercício mental, evita que o cérebro se deteriore.

Jogar xadrez parece reduzir consideravelmente o risco de sofrer de demência e também combate seus sintomas. Isso também parece se aplicar a transtornos como depressão e ansiedade.

Ajuda a tratar a esquizofrenia

O Centro de Neurociência Cognitiva em Bron, na França, estabeleceu programas diários de jogos de xadrez para pessoas com esquizofrenia. Essa prática resultou em uma melhora em sua condição em comparação com os pacientes que foram deixados de fora do programa de jogo. Especificamente, eles aprimoraram processos como atenção e raciocínio.

Melhora o pensamento das crianças e as habilidades de resolução de problemas

Parece que as crianças que começam a jogar xadrez desde cedo melhoram suas habilidades de resolução de problemas. A melhora também foi observada na leitura e em suas notas de matemática.

Afinal, para uma criança, o xadrez pode ser um ótimo quebra-cabeça para resolver. Requer constantes mudanças de estratégia que devem se adaptar aos movimentos do oponente.

Cria autoconfiança

O xadrez também tem um grande impacto na autoestima. Independentemente de você ganhar ou perder, jogar xadrez permite analisar os jogos e observar onde você errou. Isso nos dá muitas informações sobre nós mesmos.

A prática nos ajuda a melhorar como jogadores. Chega um momento em que realmente gostamos do jogo de estratégia e nos sentimos muito mais confortáveis ​​e confiantes. Isso aumenta muito o nível de resistência mental e autoconfiança.

Fortalece as habilidades de planejamento e previsão

Jogar xadrez requer autocontrole e habilidades de planejamento. Essas habilidades são desenvolvidas no córtex pré-frontal, uma das áreas do cérebro que se desenvolve posteriormente.

Crianças e adolescentes se beneficiam especialmente com este jogo de estratégia porque ele ajuda a desenvolver essa parte do cérebro. É um excelente método que os ajudará, como adultos, a tomar decisões em muitos aspectos de sua vida.

Benefícios do xadrez

Jogar xadrez durante a reabilitação

Pessoas se recuperando de um derrame ou de qualquer outro acidente fisicamente debilitante podem se beneficiar muito com a prática regular do jogo de xadrez.

Ajuda a melhorar as habilidades cognitivas e motoras e também as de comunicação. Estimula a concentração profunda e a leitura e ajuda a combater a ansiedade.

Um duelo psicológico

Na realidade, jogar xadrez é um duelo psicológico que exige resistência, vontade de vencer, tenacidade, prontidão para o combate e muita resiliência.

Se você não joga xadrez regularmente, pode querer repensar essa decisão depois de conhecer esses dados. Pronto para o desafio?

Pode interessar a você...
A vida passa enquanto nos preparamos para viver
A mente é maravilhosaLeia em A mente é maravilhosa
A vida passa enquanto nos preparamos para viver

Sem perceber, gastamos nosso precioso tempo tentando cumprir nossos objetivos, um após o outro. Enquanto isso, a vida passa diante dos nossos olhos...



  • Sala, G., Foley, J. P., & Gobet, F. (2017). The Effects of Chess Instruction on Pupils’ Cognitive and Academic Skills: State of the Art and Theoretical Challenges. Frontiers in psychology, 8, 238. doi:10.3389/fpsyg.2017.00238
  • Demily, Caroline & Cavézian, Céline & Desmurget, Michel & Mathieu, berquand-merle & Chambon, Valerian & Franck, Nicolas. (2008). The game of chess enhances cognitive abilities in schizophrenia. Schizophrenia research. 107. 112-3. 10.1016/j.schres.2008.09.024.
  • Doggers, Peter (2017) Does Chess Improve Cognitive Skills? What Science Says. Chess.com blog. Recuperado de https://www.chess.com/news/view/does-chess-improve-cognitive-skills-what-science-says-8574