Biografia de Amos Tversky, um matemático e psicólogo cognitivo

novembro 26, 2019
Amos Tversky foi um psicólogo pioneiro mais conhecido por ter introduzido o conceito de viés cognitivo. O que podemos dizer sobre este homem brilhante?

A biografia de Amos Tversky tem início em 1937, quando ele nasceu em Haifa, cidade de Israel. É conhecido por ter sido um matemático e psicólogo cognitivo que introduziu um termo completamente novo no campo da psicologia: os vieses cognitivos.

Além disso, é considerado um pioneiro do cognitivismo, área da psicologia que estuda dos processos mentais envolvidos no conhecimento.

Ao longo de sua carreira profissional, Amos Tversky manteve uma profunda amizade com Daniel Kahneman, um dos psicólogos que goza de grande reconhecimento por ter ganho um Prêmio Nobel, no qual Tversky também colaborou.

Por tudo isso, descobriremos mais sobre esse psicólogo aprofundando-nos na sua biografia.

Os mecanismos da mente humana

Biografia de Amos Tversky

Como mencionamos acima, Amos Tversky nasceu em Haifa. Seu pai era veterinário e sua mãe era uma assistente social que, mais tarde, se tornou membro do parlamento do partido dos trabalhadores (Mapai). Tversky também tinha uma irmã 13 anos mais velha que ele.

Durante a sua adolescência, Tversky não apenas se interessou por críticas literárias, mas também se tornou o líder do Nahal, um movimento juvenil que lutava contra o serviço militar.

Mais tarde, Amos Tversky serviu como paraquedista das Forças de Defesa de Israel, onde ganhou uma condecoração por sua bravura.

“É assustador pensar que você pode não saber algo. É ainda mais assustador pensar que o mundo é comandado por pessoas que acreditam saber o que está acontecendo”.
-Amos Tversky-

Após essas experiências, já em 1961, Tversky se formou na Universidade Hebraica de Jerusalém. Quatro anos depois, concluiu seu doutorado na Universidade de Michigan e trabalhou como professor e pesquisador em psicologia e economia.

Seu último trabalho foi no Centro Avançado de Estudos em Ciências Comportamentais da Universidade de Stanford. Trabalhou neste local até 1996, quando morreu de um melanoma aos 59 anos.

Amos Tversky e Daniel Kahneman

A amizade entre Amos Tversky e Daniel Kahneman não passou despercebida; os dois psicólogos trabalharam juntos em várias ocasiões.

A primeira publicação que fizeram foi um artigo intitulado “Crença na Lei dos Pequenos Números”, que teve uma grande influência no campo da economia. Os dois ainda fizeram inúmeras publicações subsequentes, como: “Julgamento Sob Incerteza: Heurística e Vieses” e “Na Psicologia da Previsão”.

O trabalho que realizaram em conjunto foi tão importante que, 6 anos após a morte de Tversky, quando Daniel Kahneman recebeu seu Prêmio Nobel, ele disse: “[…] o prêmio me é concedido em grande parte pelo trabalho que fiz muitos anos atrás anos com meu amigo e colega Amos Tversky, que faleceu em 1996″.

Seu discurso completo pode ser lido no texto Daniel Kahneman: Prêmio Nobel de Economia 2002.

Amos Tversky e Daniel Kahneman

Prêmios e reconhecimentos

As contribuições de Tversky para o campo da psicologia cognitiva foram muito importantes. Por esse motivo, recebeu vários prêmios e reconhecimentos em sua carreira de pesquisador.

Entre eles, destaca-se o fato de ter sido eleito membro da Academia Americana de Artes e Ciências. Outro dos prêmios que recebeu foi o da APA (Associação Americana de Psicologia), por suas contribuições científicas de destaque.

Por fim, Amos Tversky recebeu doutorados honorários em várias universidades, incluindo a Universidade de Chicago, a Universidade de Gotemburgo e a Universidade do Estado de Nova York.

“A inteligência não é apenas a capacidade de raciocinar; é também a capacidade de encontrar material relevante na memória e concentrar a atenção quando necessário”.
-Amos Tversky-

Como podemos ver, Amos Tversky foi um pioneiro na psicologia cognitiva. Juntamente com seu amigo Daniel Kahneman, realizou contribuições muito interessantes para a área.

Além disso, Tversky criou um teste de inteligência que leva seu nome, cujos aspectos importantes estão incluídos no artigo Incertezas da Análise Dimensional da Inteligência.

Todas as publicações presentes na biografia de Amos Tversky são muito interessantes e podem ser entendidas tanto por aqueles familiarizados com questões de psicologia quanto pelo público em geral.

O conceito de viés cognitivo e a forma como ele combinava a psicologia e a matemática foram, sem dúvida, contribuições surpreendentes.

Se você gostaria de saber mais sobre todo o trabalho que Amos Tversky desenvolveu com seu amigo Daniel Kahneman e sobre essa amizade, recomendamos a leitura de O Projeto Desfazer: A Amizade que mudou nossa forma de pensar, escrito por Michael Lewis.

  • Fernández León, Ángel Manuel, De Guevara Cortés, Rogelio Ladrón, & Madrid Paredones, Rosa Marina. (2017). Las finanzas conductuales en la toma de decisiones. Fides et Ratio – Revista de Difusión cultural y científica de la Universidad La Salle en Bolivia13(13), 127-144. Recuperado en 12 de agosto de 2019, de http://www.scielo.org.bo/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2071-081X2017000100009&lng=es&tlng=es.
  • Fonseca Patrón, Ana Laura. (2016). El debate sobre las heurísticas. Una disputa sobre los criterios de buen razonamiento entre la Tradición de Heurística y Sesgo y la Racionalidad Ecológica. Valenciana9(17), 87-115. Recuperado en 12 de agosto de 2019, de http://www.scielo.org.mx/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2007-25382016000100087&lng=es&tlng=es.
  • Lewis, M. (2016). The undoing project: A friendship that changed the world. Penguin UK.
  • Pascale, R., & Pascale, G. (2007). Toma de decisiones económicas: el aporte cognitivo en la ruta de Simon, Allais y Tversky y kahneman. Ciencias Psicológicas1(2), 149-170.