O que é e para que serve a bioneuroemoção? – A mente é maravilhosa

O que é e para que serve a bioneuroemoção?

8, janeiro 2016 em Curiosidades 19 Compartilhados
O que é a bioneuroemoção

Assim como sustenta Enric Corberá, diretor do Instituto Espanhol de Bioneuroemoção: “A bioneuroemoção estuda o significado biológico dos sintomas que se manifestam em nosso corpo, compreendendo que na natureza tudo é informação e, de algum modo, essa informação se estabelece mediante aprendizagens em nosso inconsciente”.

A bioneuroemoção investiga a forma ideal de poder entrar no inconsciente para modificar aprendizagens, administrando as emoções. É o que Enric Corberá chama de “Arte de Desaprender”.

“Ficamos doentes inconscientemente, tomamos consciência, e nos curamos inconscientemente”
– Enric Corberá –

Por trás de toda emoção costuma haver uma crença em alguma coisa, que nos obriga a atuar de uma determinada forma. Teremos que transcender essa crença para curar nossa vida.

Uma das bases da bioneuroemoção é a busca de pensamentos irracionais para curar as emoções que esses pensamentos nos produzem. Nisso consiste a “Terapia Racional Emotiva” criada pelo Albert Ellis.

O que é a bioneuroemoção?

Ellis parte do princípio de que o estado emocional é  causado pela nossa interpretação dos acontecimentos e não os acontecimentos em si mesmos. Portanto, se formos capazes de modificar nossas crenças e pensamentos irracionais, seremos capazes de criar um estado emocional menos doloroso e mais racional.

Albert Ellis trabalha com 11 crenças irracionais, que são as seguintes:

  • Preciso ser amado e aprovado pelas pessoas importantes.
  • Devo alcançar o sucesso e não cometer erros.
  • As pessoas que não se comportam de forma correta devem ser culpadas e castigadas.
  • As coisas devem ser como eu acredito que devem ser. Se não forem assim, será uma catástrofe.
  • A infelicidade humana é causada pelo externo. Eu não controlo, e por isso não posso administrar falhas e preocupações.
  • Devo me preocupar e controlar tudo o que for perigoso ou ameaçador ao meu redor.
  • Posso ser mais feliz evitando, em vez de enfrentar as dificuldades e as responsabilidades da vida.
  • Precisamos confiar e depender de alguém mais forte do que nós.
  • Meu passado é a causa de hoje eu estar como estou; continua exercendo influência em meus sentimentos e meus comportamentos atuais.
  • Devo me preocupar com os outros quando eles têm problemas e devo sentir quando eles estão tristes.
  • Cada problema deve ter uma solução ideal, sendo uma catástrofe não alcançá-la.

Todas essas crenças nos inundam na tirania dos “tenho que…” e os “deveria…”, que denotam que fazemos coisas por obrigação e sem querer fazê-las, o que nos produz emoções negativas.

Como funciona a bioneuroemoção?

A bioneuroemoção utiliza três técnicas para encontrar a informação aprendida e, se for possível, modificá-la. Busca-se a informação em três arquivos cerebrais:

– A idade cronológica. São analisados os conflitos de uma pessoa ao longo de sua vida, até encontrar a situação que os desencadeia.

– O projeto/sentido. Trata-se do período que abrange a vida de uma pessoa dos noves meses antes da concepção até os três anos. Nesse período de tempo são analisados os conflitos vividos pelos pais.

– A árvore genealógica. São estudadas as datas de nascimento, falecimento, doenças, profissões dos nossos familiares, para procurar semelhanças e compreender de onde e de quem vem a situação desencadeante.

“Quem não conhece sua história está condenado a repeti-la”
– Napoleão Bonaparte –

Depois de utilizadas as técnicas anteriormente mencionadas, sairá à luz a conexão entre a emoção que sentimos e a doença que temos.

Ao descobrir a conexão emoção-doença passaremos a um estado de quarentena no qual nossa mente lutará para não desaprender, e nós refletiremos para que possamos desaprender. Depois de desaprender a crença e a emoção que a produz, nossa doença já não tem uma causa, e o mais comum é que ela desapareça.

O que é a bioneuroemoção?

Como chegamos ao nosso inconsciente?

Para chegar à emoção que causa uma doença, é necessário escavar em nossa mente nos fazendo uma série de perguntas:

  • Onde? Como? Quem? Quando? Com essas perguntas estabelecemos o momento no qual foi criada a emoção que está  nos afetando.
  • O que você diz a si mesmo internamente nesse momento?
  • O que sente ao pensar isso?
  • Que emoção experimenta?
  • Em que parte do seu corpo a experimenta?
  • O que é que você não tem falado nesta situação?

Com todas essas perguntas, averiguaremos o elo entre emoção e doença, e dessa forma poderemos desaprender e curar nosso corpo.

No que consiste desaprender?

Desaprender é esquecer o que se aprendeu. É necessário esvaziar nossa mente das coisas que aprendemos para poder deixar entrar novas coisas e aprender.

Desaprender é eliminar os elos entre algumas de nossas emoções e nossa doença, que estão nos prejudicando fisicamente e bloqueando nossa cura.

Recomendados para você