Como recuperar a baixa autoestima

· março 10, 2015

Em várias ocasiões de nossas vidas, sofremos de muitos problemas… problemas que nos afetaram psicologicamente e deixaram sequelas significativas em nosso ser. Algumas dessas graves consequências afetaram nossa forma de pensar, viver e também de ver a nós mesmos, diminuindo nossa autoestima e nos fazendo sentir inferioridade ou incapacidade de superar os obstáculos que a vida nos coloca em prova.

A autoestima pode ser definida como a valorização que temos sobre nós mesmos. Ela se forma ao longo da vida, principalmente na fase da adolescência. Ter uma baixa autoestima é como ter uma distorção de pensamento, ou seja, uma forma de pensar sobre si mesmo que não é correta. Alguns dos pensamentos que compõem a baixa autoestima são os seguintes: auto acusação, pensamento polarizado, leitura de pensamento, razão emocional, entre outros.

Técnicas de superação

Superar o problema de baixa autoestima, um sentimento sobre nós mesmos que se formou ao longo dos anos, é muito difícil. No entanto, existem muitas técnicas, métodos e formas para mudar nossa maneira de pensar. Essas técnicas podem nos ajudar a melhorar a baixa autoestima.

As consequências de se ter uma baixa autoestima podem afetar não somente nossas emoções, mas também nossa saúde e nossa vida. São um obstáculo para poder triunfar e conseguir o sucesso tão desejado em nossa profissão. Além disso, ela nos prejudica nos estudos e na vida pessoal, assim como no relacionamento com outras pessoas. A baixa autoestima pode gerar tristeza, melancolia, depressão, timidez e outros sentimentos negativos.

Algumas técnicas utilizadas para melhorar o valor que damos a nós mesmos, podem nos ajudar muito. Um exemplo disso pode ser: não mais nos compararmos com outras pessoas. A comparação com os que estão ao nosso redor pode nos levar não apenas a ter uma baixa autoestima, mas também a perder nossa própria identidade. Sempre existirão pessoas com mais sucesso do que nós, ou pessoas que têm mais oportunidades e por isso suas vidas são melhores, por isso é importante não viver segundo a vida das outras pessoas. Não devemos nos comparar, nem ter os mesmos objetivos que elas. Devemos ter nossa própria identidade e criar projetos pessoais para a nossa vida.

Outra maneira de melhorar o problema da autoestima é mudar nossa forma de pensar, transformando o que é negativo em positivo. Sempre teremos obstáculos e problemas difíceis para resolver em nossas vidas, no entanto, esses problemas podem também nos ensinar algo bom.

A aceitação é outra maneira de melhorar, assim começaremos a nos sentir bem com nós mesmos. Devemos aceitar nosso corpo, nossa forma de ser e aceitar aquilo que temos. Outra forma de superar os medos internos e aumentar o amor próprio é ter um projeto de vida, uma estratégia pessoal para poder aumentar a nossa autoestima.