Como reprogramar a mente - A Mente é Maravilhosa

Como reprogramar a mente

19, julho 2015 em Psicologia 33 Compartilhados
reprogramar a mente

Se você continuar com a mesma conduta de sempre, não mudará a sua existência. É simples assim. Se há algo de que você não gosta, mude. As pessoas costumam se queixar de tudo, mas estão suficientemente “cômodas” para dar um salto e agir de modo diferente. Não se esqueça deste mantra: “Se você realmente deseja um resultado diferente, faça algo diferente.”

Parece muito lógico e simples quando colocado em palavras, mas, na prática, nem sempre é assim. É que as pessoas são seres de costumes, que fazem por repetição, por comodidade, por não pensarem em outra opção, etc. Entretanto, também somos os primeiros a nos queixarmos ou a criticarmos o que acontece conosco. Não seria mais fácil colocar mãos à obra e desenhar o nosso próprio destino? Pode ser que você diga que o destino já está escrito, mas também é verdade que é preciso “ajudar um pouquinho o seu futuro”.

Muitos anos se passaram para que o seu cérebro ficasse programado como na atualidade, além de diversas experiências e acontecimentos. Isso foi criando a sua personalidade, a forma como se relaciona com as pessoas, as crenças que você passa aos seus filhos, as conquistas em seu trabalho, etc. A boa notícia é que é possível reprogramar a mente como se pode fazer com um computador ou um celular. Esse “reset” serve para que possamos enfrentar o nosso presente e, sobretudo, nosso futuro, de uma maneira melhor, eliminando tudo aquilo que não nos faz bem ou que nos impede de avançar.

Se você quiser mudar algo em sua vida, a primeira coisa que deverá fazer é se perguntar qual mudança você quer fazer. Não é necessário que outras pessoas saibam essa resposta. Faça o exercício estando sozinho na sua casa, no seu quarto, enquanto toma seu banho de imersão ou até mesmo quando vai viajar. A segunda pergunta é “Por que quero mudar?”. Talvez porque não seja feliz, porque está buscando o amor que não chega, porque tenta uma graduação ou ser promovido no trabalho. Pode, inclusive, não haver uma razão pontual além de ser uma pessoa melhor.

Pense nos passos que deveria seguir para poder mudar a sua conduta e em quanto tempo estima que conseguirá fazê-lo. Seja objetivo e equilibrado: não é bom que a data-limite seja muito próxima nem muito distante.

Nossa programação vem desde nossa infância, desde o primeiro momento da nossa vida. Está condicionada pela criação dos nossos pais e pelos ensinamentos dos nossos mestres. Se bem que é certo que a nossa personalidade tem uma influência relevante, as relações são mais que importantes. Se deseja se reprogramar, como faria com o seu computador, você precisa desenhar esse novo software ou programa de acordo com a sua necessidade e requerimentos.

Está comprovado por estudos médicos dá área da neurociência que as pessoas “conversam” consigo mesmas umas 14h por dia. Dessa comunicação, 90% das palavras ou da linguagem são negativas. “Não entendo nada”, “não posso fazer isso”, “é muito difícil”, “sou muito tonto”, “sempre chego tarde demais”, “isso não é para mim”, são só algumas das frases mais frequentes que passam pela nossa mente. Se continuarmos com o exemplo do computador, seriam como os vírus que vão destruindo o sistema. O mesmo acontece dentro de você. Tudo o que deve fazer é aplicar um bom antivírus e eliminar todo o malware que se apoderou de uma das partes mais valiosas do seu organismo, como é a mente.

Seus pensamentos e as suas crenças do passado são os que criam o seu presente e, por fim, estão definindo o seu futuro. Se você não considerar que é um líder hoje, também não será amanhã. Se acredita que não encontrará o amor da sua vida nessa jornada, também não o fará na próxima. Tudo isso por não reprogramar o cérebro como se deve. Você precisa modificar as suas ideias para conseguir alcançar os seus objetivos.

Como a sua mente tem a tendência de “falar”, comece a repetir afirmações positivas quando se der conta de que essa conversa está indo para o lado negativo. Assim, dissipará o mal, como as nuvens do céu quando há vento.

Três passos para reprogramar a mente

1. Repetição: programe a sua mente repetindo uma afirmação todas as vezes que puder. Isso provocará uma atividade neuronal maior e, como dissemos antes, eliminará as más ideias. Mude, aos poucos, os padrões de pensamento que danificam o cérebro.

2. Recordações: a mente fará com que você vá esquecendo o que deseja mudar porque terá aquilo que se chama “resistência a mudanças”. Imagine que, dentro do seu cérebro, há uma pessoa que controla a programação e que é um tanto reticente a mudar os hábitos que vem repetindo há anos. Você deverá ser um chefe estrito e disciplinado para que o seu “empregado” cumpra com o que está dizendo. O problema é que você não pode despedi-lo; deve lidar com ele.

3. Visualização: a cada dia, separe 5 ou 10 minutos para pensar nesse seu objetivo. Imagine que já esteja vivendo essa situação, sinta da mesma forma que o fará nesse momento. Procure acrescentar cada vez mais detalhes a esse retrato, até que a cena fique completa.

Recomendados para você