Como se libertar do ego?

Às vezes a autoestima sobe tanto que cega a imagem que temos de nós mesmos, fazendo-nos acreditar que somos mais importantes ou melhores que os outros. Se você acha que precisa diminuir um pouco seu ego, aqui estão alguns passos a seguir.
Como se libertar do ego?

Última atualização: 15 março, 2022

O ego é aquela parte do nosso pensamento que limita nossa visão da realidade. Ele só nos permite ver nosso ponto de vista, é rígido e controlador e, portanto, é prejudicial e destrutivo. O ego influencia as decisões que tomamos, porque internalizamos uma falsa ideia de nós mesmos, geralmente com tendências ao narcisismo e ao egoísmo, e com base na qual exigimos que os que nos rodeiam ajam de certa forma. Assim, livrar-se do ego nos permitiria ampliar nossa forma de entender o mundo, ser mais flexíveis e tolerantes.

Essa não é uma tarefa fácil, pois exige um grande exercício de reflexão, além de aceitar os erros e ceder. No entanto, o trabalho pessoal para alcançar um equilíbrio que nos permita estar em harmonia com nós mesmos e com os outros sempre valerá a pena. Ao nos livrarmos do ego elevado, o medo do fracasso se perde e nos preparamos para explorar novos lugares que não foram alcançados antes pelo medo.

O ego ou falso eu

A palavra ego é sinônimo de um “falso eu”. Quando isso aumenta, cria uma cegueira ou falsa imagem de si mesmo, aumentando a percepção do próprio valor. Isso faz com que quem sofre acabe pensando que tem mais direito à dignidade e ao respeito. Ou seja, nos faz pensar que estamos acima dos outros, o que nos leva a agir de forma tirânica e agressiva.

Muitas vezes o ego é confundido com alta autoestima, mas é o contrário. O ego aumenta a percepção de suas próprias qualidades, esquecendo ou não levando em conta seus próprios erros e os direitos dos outros. Em vez disso, a autoestima consiste na admiração baseada na realidade, aceitando erros e evitando o auto-engrandecimento. Além disso, não considera a superioridade ou inferioridade de ninguém.

Assim, o ego só pode levar a um conjunto de emoções negativas. Frustração, raiva e controle são seus principais componentes, já que alguém com um ego elevado não aceita que as coisas não sejam como eles querem. É importante fazer um exercício pessoal para se livrar do ego e, assim, aumentar a autoestima. Para fazer isso, você pode seguir alguns passos, que, embora sejam simples, exigem paciência e mente aberta para realmente se aceitar.

Como se livrar do ego

Para se livrar do ego, é preciso trabalhar alguns passos que podem parecer muito simples a priori, mas que exigem um trabalho interior importante. Especialmente, porque significa evitar ou atacar a própria coisa que o alimenta.

  • Liberte-se da necessidade de ser o melhor. Elogiar a si mesmo e se sentir importante é necessário, mas também identificar seus aspectos a melhorar. Devemos estar cientes de que todos somos valiosos em um aspecto ou outro e que não se trata de ser o melhor, mas de melhorar a nós mesmos.
  • Pare de se sentir ofendido. Esse sentimento vem quando algo ou alguém não atende suas expectativas ou te critica. Nem tudo precisa ser pessoal, então, ao invés de encarar tudo como uma ofensa e um dano a si mesmo, esteja aberto à mudança e às opiniões dos outros.
  • Esqueça  de estar certo. O ego elevado leva à necessidade de estar sempre certo, pois consideramos que tudo o que pensamos ou fazemos é a coisa certa. Assim, pratique dar o braço para torcer, para considerar outras opções e entender outros pontos de vista.
  • Não se focar só nas conquistas. Alcançar o sucesso em algo é satisfatório e uma fonte de bem-estar. No entanto, não devemos centrar a vida em torno delas e deixar que sejam os pilares da nossa forma de nos relacionarmos com o mundo. Não somos só as conquistas, somos o esforço e a motivação que tivemos quando algo não deu certo. Tendo isso em mente, também será mais fácil valorizar esses fatos nos outros.

Em suma, para se livrar do ego, você precisa se libertar da necessidade de pensar constantemente em si mesmo. Abrir-se aos outros e levá-los em consideração o ajudará a diminuir a perspectiva que você tem sobre si mesmo. E, embora possa ser complicado no início, o resultado será uma vida repleta de bem-estar e paz interior.

Pode interessar a você...
As 4 leis do desapego para a liberação emocional
A mente é maravilhosa
Leia em A mente é maravilhosa
As 4 leis do desapego para a liberação emocional

O desapego saudável é aquele que permite que você seja você mesmo em liberdade e plenitude, aquele que o leva a se amar e depois amar os outros.