O complexo de Napoleão

· fevereiro 9, 2019

O complexo de Napoleão é um termo usado para descrever o complexo de inferioridade sofrido por algumas pessoas com baixa estatura. As pessoas que sofrem desse complexo precisam lidar com certos sentimentos de inadequação pessoal associados à falta de altura.

Portanto, as pessoas com o complexo de Napoleão muitas vezes compensam a sua baixa estatura com comportamentos negativos em suas vidas: podem se tornar mais agressivas e ciumentas. Esse complexo também é conhecido como o complexo napoleônico ou o complexo do ‘homem baixinho’. Não é um transtorno mental, por isso não aparece no Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais (DSM).

Apesar disso, existem muitos estudos psicológicos que refutam ou confirmam a existência desse complexo. Neste artigo falaremos sobre as características e a origem do complexo de Napoleão.

Características do complexo de Napoleão

Parece que os sentimentos e pensamentos negativos, tanto em relação aos outros como a si mesmo, são mais prováveis ​​em pessoas de baixa estatura. Portanto, de acordo com essa lógica, pode-se considerar que muitas das pessoas com baixa estatura que agem defensivamente ou são agressivas sofrem, até certo ponto, com o complexo de Napoleão.

Este complexo parece ser mais comum nos homens, especialmente naqueles que se desenvolvem em um ambiente competitivo. Portanto, o complexo de Napoleão pode ser descrito como um mecanismo de defesa contra certos estigmas sociais sobre a altura.

Também devemos ter em mente que o complexo de Napoleão pode ser associado a um estereótipo social depreciativo. Às vezes, torna-se um estigma que segue qualquer atitude de pessoas baixinhas. Assim, nem todas as pessoas de baixa estatura são agressivas ou propensas a gritar e falar muito para buscar a atenção dos outros e, dessa forma, demonstrar o seu valor.

Complexo de Napoleão

A origem do nome

O complexo de Napoleão refere-se ao famoso imperador francês Napoleão Bonaparte. De acordo com algumas crônicas da época, Napoleão tentava recuperar a autoridade que a sua falta de centímetros poderia comprometer endurecendo o seu tratamento em relação aos demais.

Inclusive, alguns pesquisadores consideram que o complexo do homem baixinho motivou em grande parte a sua atitude tirânica e a sua ambição de expandir o império francês. Tudo para compensar a sua baixa estatura. Eles também associaram esse complexo de inferioridade a outros governantes tirânicos, como Hitler e Mussolini.

No entanto, o fato deste complexo ter ficado conhecido com o nome de Napoleão não é algo tão bem-sucedido quanto você pensa. Napoleão media aproximadamente 1,70 metros, e a altura média na França da sua época era de 1,69 metros. Então, estava dentro da média.

No entanto, existem várias razões que podem apoiar a ideia de que Napoleão poderia ter essa percepção. Uma delas é que ele sempre estava acompanhado pela Guarda Imperial, homens em sua maioria com uma estatura acima da média. Assim, existem várias pinturas que retratam o imperador menor em estatura do que a sua guarda.

Outra razão pode ser a campanha difamatória que os ingleses fizeram a Napoleão Bonaparte. Dizem que ele, apesar do seu status, costumava comemorar e se embebedar com soldados de baixa patente. Assim, Napoleão ganhou fama de se divertir com soldados de baixa categoria, algo que os ingleses usavam para espalhar rumores sobre a baixa estatura do imperador.

Mito ou realidade

Existe uma grande variedade de estudos científicos e sociais que procuram provar ou refutar a existência do complexo de Napoleão. Alguns pesquisadores consideram que este complexo não tem base científica e que a sua definição não vai além de ser um estereótipo social. Por outro lado, há pesquisadores que demonstraram uma certa predisposição dos homens baixos para serem mais ciumentos e agressivos.

Em 2007, foi realizado um experimento na Universidade Central de Lancashire que sugere que o complexo de Napoleão é um mito. Esse estudo consistia em duas pessoas batendo uma na outra nas articulações dos dedos com paus.

Como variável, o pulso foi medido e constatou-se que os homens mais baixos não apresentaram maior tendência à raiva após receber o golpe. Em vez disso, homens altos e baixos estavam predispostos a reagir agressivamente. Assim, os pesquisadores consideram que o complexo de Napoleão é, em essência, um estereótipo para pessoas com estatura menor.

Lidar com a raiva

Conclusão

Em contrapartida, um estudo realizado na Universidade de Vrije, na Holanda, apoiaria a existência do complexo. O estudo consistia em várias pessoas de diferentes estaturas jogando o jogo do ditador: um jogo que testa o quão justo e honesto um indivíduo pode ser com os outros. Verificou-se que pessoas com estatura menor reagiam mais agressivamente quando competiam no jogo psicológico.

Além disso, alguns psicólogos, como o britânico Lance Workman, consideram que as pessoas baixas não são mais agressivas. No entanto, para Workman, o ciúme excessivo seria verdadeiro. Portanto, relaciona o complexo de Napoleão ao ciúmes, e não à agressividade.

A controvérsia em torno do complexo de Napoleão é inegável. Assim, alguns o utilizam como um estereótipo social para justificar as atitudes negativas de pessoas de menor estatura. Outros, por outro lado, o consideram um mecanismo de defesa para pessoas baixas em comparação com pessoas de maior estatura.

De um modo ou de outro, falamos de um fenômeno que, ao ser estudado, produziu resultados contraditórios, alimentando um dos legados indiretos daquele homem que um dia quis conquistar o mundo.

  • Knapen, J. Blaker, N. & Van Vugt, M. (2018). “The Napoleon Complex: When Shorter Men Take More”. Psychological Science, Vol. 29, N° 7, pp. 1134–1144. University of Victoria, Canada.