Comunicação assertiva: expresse o que você sente sem culpa

Comunicação assertiva: expresse o que você sente sem culpa

abril 18, 2016 em Psicologia 39 Compartilhados
Mulher que não consegue manter a comunicação assertiva

comunicação assertiva não é tão fácil como pensamos, pois pode ir acompanhada de sentimentos de culpa por expressarmos o que realmente queremos dizer.

Quantas vezes você se calou para evitar se sentir culpado? Isso acontece quando temos medo da assertividade que, na realidade, implica expressar o que queremos ou pensamos de uma forma clara, ainda que possa expressar um desacordo ou uma crítica, ainda que não seja o que os demais queiram ouvir ou que, a princípio, vá gerar um ambiente melhor.

Quando você disser “sim” a outra pessoas, tenha a certeza de que não está dizendo “não” a você mesmo.
Compartilhar

Aprendendo a dizer o que queremos

imagem-de-mulher-em-lobo

A palavra “assertividade” está relacionada à segurança. Uma sensação de pisar firme e que lhe permite dizer o que quer no exato momento em que deseja se expressar. Provavelmente já aconteceu mais de uma vez de você guardar algo para si que realmente queria compartilhar com os demais. Isso não é ser assertivo, isso é insegurança.

É evidente que nossas palavras podem ofender, podem não agradar e, inclusive, podem ser levadas como um verdadeiro insulto. O importante é saber expressá-las sem a intenção de ferir o outro, ainda que talvez o façamos sem querer, porque a outra pessoa não quer ouvir o que estamos dizendo.

As verdades doem, conhecer as opiniões alheias, às vezes, é desagradável, mas devemos aprender a lutar contra esse medo de nos calar, quando na realidade queremos nos expressar.

A aceitação social nos rodeia de tal forma que uma pessoa que sempre falou muito, de repente, torna-se cautelosa. Dessa maneira, ela evita ver como os demais rejeitam suas palavras e como o que diz não é aceito por todos. A comunicação assertiva fica, então, relegada a um segundo ou terceiro plano, estando ausente em toda interação.

É difícil conseguir ser assertivo? É difícil conseguir uma comunicação assertiva eficaz? Se você for uma pessoa segura de si mesma, com grandes capacidades comunicativas, será muito mais fácil se comunicar assertivamente. Acontecerá o oposto se você for uma pessoa manipulável, insegura e se sofrer de instabilidade emocional.

Características das pessoas assertivas

Quer saber se você é uma pessoa assertiva? Se sua comunicação é assertiva? Preste atenção a todas as qualidades que as pessoas assertivas devem cumprir:

  • Expressam claramente seus desejos e sentimentos, independentemente de serem positivos ou negativos;
  • Resolvem os problemas confiando em seu próprio critério, não no dos demais;
  • Dizem “não” sem pudor e sem dar desculpas;
  • Não mentem e não discutem;
  • Aceitam as críticas e entendem a postura de seu interlocutor;
  • Chegam a acordos, oferecem alternativas, negociam, etc.

mulher-janela-paisagem

Se você se identificou com essas características, você é uma pessoa assertiva. Se não, hoje vamos ver que passos podemos dar para libertar essa assertividade que mora em nós, mas que mantemos escondida.

Confie em você mesmo

A confiança em si mesmo é o primeiro passo para conseguir expressar o que você verdadeiramente deseja. Ninguém além de você pode ter essa confiança tão desejada. Ela deve nascer de você, é você quem deve buscá-la.

No entanto, além dessa confiança e segurança em si mesmo, você deve saber que orientações seguir para conseguir expressar o que você realmente é, e não o que os demais querem ouvir. Vamos lá!

mulher-com-frasco-de-vaga-lumes

  • Sinta-se bem consigo mesmo: porque você tem o direito de decidir, de se expressar, de ter um pensamento próprio;
  • Mostre-se seguro da sua capacidade de escolha: porque você tem o direito de escolher o que quer e o que deseja, assim como também decidir o que quiser;
  • Transmita firmeza e convicção: se você não transmitir isso, os demais tentarão manipulá-lo e você cairá nas garras da “não-assertividade”. Esteja seguro do que você quer e, assim, conseguirá transmitir isso;
  • Respeite as opiniões dos demais: porque toda opinião é respeitável e não há uma melhor que outra, sempre e quando tenham coerência. Ninguém deveria impor sua opinião.

Estas são algumas das coisas que você deve ter em conta se deseja começar a se comunicar assertivamente. Leve em conta também que você deve ter consciência e identificar se o momento é o adequado, considerando a sensibilidade do outro e controlando suas emoções para não ser muito agressivo.

Dizer o que queremos sem nos sentirmos culpados

Se você conseguir fazer isso, alcançará uma grande conquista: poder expressar o que sente sem se sentir culpado por isso. Algo que todos deveríamos fazer, sem nos sentirmos culpados nem más pessoas, sem nos sentirmos obrigados a dizer sempre o que os demais gostariam de ouvir. A comunicação assertiva nos liberta da sensação de culpa.

Você nunca deveria se sentir culpado por dizer o que realmente quer expressar.
Compartilhar

Libere a assertividade que mora em você, sempre tendo empatia com seu interlocutor. Seja sensível para expressar seus desejos da melhor maneira, sem se sentir culpado e sem ferir o outro. A comunicação assertiva está em você. Use-a.

mulher-campo

Recomendados para você