Você é corajoso porque voltou ao lugar onde partiram seu coração

Você é corajoso porque voltou ao lugar onde partiram seu coração

Abril 11, 2016 em Psicologia 2 Compartilhados
Você é corajoso

Sêneca dizia que quando o sol se esconde, vemos melhor a sua grandeza. A maioria de nós passa pela vida sempre procurando “mais”: ser mais rico, mais bonito, mais inteligente, mais amado. Assim, neste estado de querer sempre ter mais que os outros, nos esquecemos de que a busca da grandeza esconde a nossa “pequenez”. Na realidade, desfrutar as pequenas coisas e realizar pequenos atos que demonstram a nossa coragem é um sinal de grandeza.

Aquela pessoa que realiza um ato heróico, que luta contra o opressor, que realiza grandes feitos para os outros é muito valente, mas aquele que vai visitar um amigo doente, que consola uma criança que chora, que se atreve voltar ao lugar onde partiram o seu coração, também é muito corajoso.

homem-corajoso-enfrentando-o-mar

O eneatipo do cético e a sua virtude oculta: a coragem

O eneagrama é uma técnica utilizada pelos psicoterapeutas, coaches, psiquiatras, que classifica a personalidade em nove tipos diferentes chamados de eneatipos. É um mapa de como nos comportamos, de como somos e como nos relacionamos com a forma de ser do outro.

Os nove eneatipos são os seguintes: o perfeccionista (ira), o ajudador (orgulho), o motivador (vaidade), o diferente (inveja), o desapegado (avareza), o cético (medo), o entusiasta, (gula), o dominante (luxúria), e o pacificador (preguiça), (entre parêntesis o defeito de cada um).

A nomenclatura dos eneatipos varia conforme o autor, mas no nosso caso, o que nos interessa é o eneatipo 06 (cético ou questionador), porque o seu defeito é o medo, mas sua virtude oculta é a coragem. O eneatipo 06 está sempre em dúvida sobre alguma coisa, porque tem medo, sente o perigo e não é capaz de se decidir.

Ser corajoso é enfrentar os medos com determinação e confiança, sabendo dos riscos que corremos. No entanto, como podemos lidar com os medos e agir como uma pessoa corajosa? Citamos aqui algumas sugestões:

O começo para ser corajoso: o perdão

Quando alguém nos machuca, desejamos vingança para que ele pague por tudo que nos fez. Cada vez que pensamos na vingança, revivemos toda a mágoa e o sofrimento, e isso se torna um círculo vicioso.

O remédio contra essa dor é o perdão. Aquele que perdoa substitui uma série de comportamentos destrutivos para com a pessoa que o feriu por outros mais construtivos.

O perdão é um passo necessário para aplacar a nossa sede de vingança e nos libertar do sofrimento.

Alguns acreditam que o perdão não envolve somente uma mudança de comportamento, mas uma ação positiva sobre aquela pessoa que nos feriu. Na verdade, o perdão não é uma única ação, mas um processo que passa por várias etapas que vão se completando até alcançar o perdão total.

“Perdoar não é esquecer, mas lembrar sem se machucar”.
Compartilhar

perdoar-dando-uma-flor

Volte para onde lhe fizeram sofrer

Voltar para o lugar onde nos fizeram sofrer é um ato de valentia que pode parecer pequeno, mas nos transforma em heróis do dia a dia. Muitas vezes evitamos voltar ao lugar que nos provoca um sentimento muito intenso e recordações desagradáveis.

No entanto, para perdoar pode ser necessário regressar e enfrentar o desafio: aprendendo a controlar os sentimentos e não nos deixando levar por eles.

O que você sente quando volta para a casa onde viveu com um companheiro que o deixou? No início, sentirá frustração, tristeza e imagens do passado, felizes ou não, voltarão à sua mente. Mas não se esqueça de que precisamos viver e desfrutar o presente. Apague gradualmente essas lembranças tristes da sua mente e construa outras, que estão baseadas na sua coragem e no perdão.

Recomendados para você