O mais difícil, o primeiro passo – A mente é maravilhosa

O mais difícil, o primeiro passo

setembro 9, 2015 em Psicologia 12 Compartilhados
primeiro passo

Às vezes estamos completamente insatisfeitos com nós mesmos, em qualquer aspecto da vida. Sabemos que existe alguma coisa que precisa melhorar, ou que há uma situação que queremos mudar já faz tempo, mas percebemos que o tempo passou e ainda não fizemos nada. Nesse ponto, podemos pensar em desistir, ficando deprimidos ou pessimistas: “Eu não vou mais fazer! Está resolvido. O problema sou eu! “

As soluções que nunca terminamos de concretizar, às vezes, se referem a pequenos problemas da vida cotidiana: organizar a sala ou controlar melhor o orçamento, por exemplo. Em outros momentos, a vida nos apresenta desafios de grande complexidade, como deixar uma relação doentia ou sair de um trabalho completamente frustrante. Se for esse o caso, o primeiro passo é sempre o mais difícil.

Em seguida, propomos um conjunto de elementos-chave para que você possa reunir a energia da qual você precisa antes de dar o primeiro passo.

Começar o dia com equilíbrio

Normalmente você acorda e imediatamente está cheio de preocupações a respeito de tudo que você tem que fazer ao longo do seu dia. Se acrescentar a este fato que talvez você não tenha tempo para iniciar suas atividades já definidas, o resultado é que o seu dia começará com uma nuvem de preocupações. Por isso, é aconselhável adotar hábitos diferentes.

Comece o dia tirando 60 segundos para respirar profundamente, sentindo o ar entrar em seus pulmões e, em seguida, sair. Depois, dedique quatro minutos para agradecer por tudo o que você tem. Pense que você tem um novo dia de vida, tem a sua família, tem um teto sob o qual você dorme; ou seja, concentre-se em tudo o que geralmente você esquece, mas que no entanto, é um grande tesouro. Esta atitude irá dissipar as preocupações e vai permitir que você comece o seu dia bem.

Selecione uma ação que você deseja executar

Cada novo dia deve ser, de alguma forma, diferente do anterior. Para incorporar em você o sentimento de que está evoluindo em seus esforços, nada melhor que se propor a fazer algo que lhe permita se sentir melhor diariamente. Escolha algo que você vai fazer diferente da sua rotina habitual. Você pode escolher, por exemplo, dizer algo a alguém e que está pendente, ou dar um pouco do seu tempo para alguém que você sabe que precisa, ou, talvez, aprender algo novo, como uma palavra, um novo caminho para ir a algum lugar, experimentar um novo sabor. Não importa o que seja. A única coisa importante é que você se sinta confortável escolhendo essa opção e que você acredite que isso vai trazer algo novo em sua vida.

Torne-se consciente do seu corpo

Dedique cinco minutos do dia para pensar sobre o seu corpo. Concentre-se em todos os seus órgãos e tente percebê-los. O estômago, os intestinos, os membros, o coração, o pescoço e a cabeça. Faça uma tentativa de identificar se há alguma dificuldade com eles e pense sobre o que pode estar causando esta dificuldade. Pergunte a si mesmo se você tem dormido o suficiente e se você se sente satisfeito com o que você come. Tente comer e dormir de maneira saudável e adequada; você merece.

Quando você tiver certeza de que você já incorporou estas três etapas em sua vida diária, você estará pronto. Crie um ambiente físico e emocional adequado para dar o primeiro passo que você quer dar.

Lembre-se que, como já disse Lao-tzu, séculos atrás: “Uma viagem de mil milhas começa com o primeiro passo”.

Imagem cortesia de Aleix Cortes.

Recomendados para você